Esther Marcos se derrama em adoração em seu novo single “Santo dos Santos”

Esther Marcos lança pela Uni Records “Santo dos Santos” com a participação muito especial do coral “One Service” (@oneserviceproject). Composta por Tiago Cardoso, a música é totalmente voltada para a adoração a Deus. Uma canção pela qual “podemos declarar que o nome de Jesus é adorado nos céus e na terra”, enfatiza Esther. A canção já está em todas as plataformas digitais, com o respectivo videoclipe no canal oficial da Uni Records no YouTube.

Esther compartilha sobre a experiência marcante de gravar com o coral One Service: “Cantar pela primeira vez com o coral foi algo extraordinário, uma experiência fantástica! A sensação é a de realmente estarmos reunidos como Corpo de Cristo louvando a Deus. A ideia de ter a participação do coral surgiu quando eu estava ouvindo e estudando essa canção, antes de me reunir com o meu produtor, Ed Oliver. Eu sentia que faltava algo para completá-la. E foi então que Deus me falou ao coração que seria importante ter várias vozes louvando nesta canção. Eu refleti sobre isso e me reuni com a Uni Records. Eles pensaram no ‘One Service’, um grupo com o coração totalmente voltado para a obra de Deus. Quando nos encontramos e gravamos, senti na hora que esta canção realmente era para ser com o coral. Caso contrário, não teria ficado tão linda e especial como ficou.”

Esther ainda diz que esta canção é muito especial para ela por retratar o clamor que ecoa aos quatro cantos pela presença de Jesus: “É especial e tremendo demais ouvir a Igreja toda, como um Corpo, declarando o quão digno, poderoso e santo o Senhor é. Jesus é o Reis dos reis!

Mais do que entoar um louvor, Esther explica que o significado desta canção a imbui de um sentimento maior de adoração, uma vez que adorar a Deus faz parte do seu dia a dia. “Nascemos para adorar, nossa vida precisa glorificar a Deus. Por isso, o que vivemos no secreto transborda no público; então, entoar esta canção é só a extensão daquilo que meu coração já declara a cada novo amanhecer”, compartilha a cantora.

Esther Marcos é de família evangélica paulista. Seus pais são pastores da congregação independente “Reflexão em Cristo”, na qual ela congrega. Ainda criança, a arte já a conquistara, e participar de alguma novela era um sonho seu. O que se tornou realidade com sua atuação na novela “Carrossel”, do SBT, fazendo o papel de Margarida. Com o término da novela, participou de dois filmes, quando recebeu a grande oportunidade com a qual tanto sonhara, protagonizar a novela de uma grande emissora. Entretanto, isso não fazia parte dos planos de Deus para Esther. Aos 12 anos, quando estava para assinar seu tão sonhado contrato, algo inusitado aconteceu. “Deus começou a enviar pessoas para falarem comigo; foram cinco com a mesma palavra. Ouvi missionários, pastores e empresários. Contudo, meu coração não estava aceitando a vontade do Senhor. Eu não via sentido em Deus escolher alguém que já estava encaminhada na vida, que estava vivendo algo que, até ali, Ele tinha permitido e, principalmente, alguém que não sabia cantar”, Esther conta.

Fotos/Janeazul Produções

Ainda que não fizesse sentido, um fato muito incisivo a fez mudar de postura e se colocar à procura da real vontade de Deus para ela. Esther e sua mãe voltavam de um almoço quando foram paradas por um morador de rua que lhe disse sem titubear: “Deus vai fechar todas essas portas, porque o seu propósito de vida é adorá-lo e pregar o Evangelho. É necessário que você renuncie a tudo o que conquistou até aqui e vá viver os planos de Deus.”

Após o SBT, Esther Marcos lançou projetos musicais junto à gravadora MK Music. Recentemente, assinou contrato com a Uni Records e tem lançado projetos abençoados: “A Uni Records, Criative, Marcelo, a família do Ivanildo e o Ed Oliver são resposta de Deus, pessoas que Ele colocou no meu caminho para me ajudarem a cumprir a Sua vontade”, afirma Esther.

E foi sob oração que escolheram o lugar da gravação do clipe. Ela queria um local que lhes permitisse total contato com a natureza, para que fosse possível retratar ao máximo o que a canção diz. “Sentimos a presença e o cuidado do Espírito Santo em cada momento da gravação. Começamos a gravar ainda de madrugada, e Deus nos abençoou com um céu lindo! Tenho certeza de que, por intermédio desse clipe, as pessoas vão sentir a glória de Deus”, comenta a cantora.

Esther Marcos conta que eles acordaram muito cedo para a gravação e que estava “um frio de congelar”! Como ela não estava preparada para uma temperatura tão baixa, passou a orar pedindo a Deus que a capacitasse a dar o melhor de si mesmo naquela condição climática totalmente desfavorável. Então, depois que ela e o coral oraram e ouviram o comando, ação, “foi como se o frio tivesse ido embora! Tenho certeza de que evangelizamos muitas pessoas naquele local, já que era um ponto turístico e muitas pessoas paravam para ouvir e ver o que estava acontecendo”.

O single foi gravado no estúdio do produtor Ed. Oliver. Gravadora: Uni Records. Direção Executiva: Criative Music. Produção: Janelazul Produções. Roteiro e Direção: Roobertchay Rocha. Direção de Fotografia: Adrián Guajardo. Produtor Musical: Ed Oliver. Bateria: Junior Guedes. Baixo: Jhonny Anderson. Guitarra: Ed Oliver. Vocais: Ed Oliver. Teclados: Klayton Galdino. Masterização e Mixagem: Thiago Silvagomes. Protools: Thiago Silvagomes.

Oro para que, ao ouvir esta canção, você possa derramar a sua melhor adoração a Ele! E, assim como eu, sinta como se estivesse no céu, junto com toda a Igreja de Jesus e os anjos declarando Santo, Santo e Santo, Rei dos reis. Toda honra e toda glória somente a Ti!” (Esther Marcos)

Ouça Santo dos Santos” via streaming: https://ada.lnk.to/santodossantos

Siga Esther Marcos nas Redes Sociais!
Instagram:
https://www.instagram.com/esthermarcos
Facebook: https://www.facebook.com/esthermarcos
Twitter: https://twitter.com/esthermarcos

Por Ana Paula Costa
Jornalista – Assessora de Imprensa Uni Records

anacostacomunicacao@gmail.com
www.unirecords.com.br
www.instagram.com/unirecordsoficial
www.facebook.com/unirecordsoficial
www.youtube.com/c/UniRecords

Banda Aclame lança “Calor da Alma”, perdão e retorno à casa do Pai

Calor da Alma” é o lançamento da banda de rock cristão Aclame. Esta canção é o grito da alma de alguém que esteve longe de Deus e, arrependido, volta-se para Ele pedindo perdão e aconchego junto a Deus. Com sede na cidade de Belo Horizonte (MG), a Aclame é formada por Deyze Oliveira (voz), Lucas Fergon (guitarra), Sidney Gomez (baixo), Hemerson Oliver (bateria) e Diêgo Andrade (teclado).

A composição é do guitarrista da banda, Lucas Fergon. Ele conta que esta oração cantada fala de um tempo em que esteve “meio afastado de Deus e, depois de muitas decisões das quais me arrependi, reconheci que precisava urgente do perdão dEle”. Sempre que precisava tomar uma decisão, Lucas esperava o amanhecer, para fazê-la com mais segurança. “Sempre considerei o sol como meu amigo, pois, ao acordar e ver o sol, eu tinha certeza de mais um dia de vida; assim, as decisões ficavam mais claras”. Ele explica que, durante o tempo em que não estava tão firme com Deus e acabou por tomar muitas decisões erradas, ele sentia como se o sol estivesse distante dele. “Foi então que me lembrei das orações de Davi, pelas quais ele suplicava pelo perdão de Deus e se lembrava dos Seus grandes feitos. Esta canção também nos remete ao filho pródigo, que, depois de sair da casa do pai, errar muito e se perceber sozinho, volta arrependido à casa do pai pedindo perdão. O pai o perdoa e o recebe com festa. E, para as pessoas que precisam do perdão de Deus ou do perdão de alguém, que elas possam olhar para trás e se lembrarem dos momentos bons do primeiro amor. E terem a certeza de que recomeçar é a melhor opção após o erro”, declara o compositor.

Foto/Luciana Sather.

A escolha de “Calor da Alma” para este lançamento aconteceu em uma das suas reuniões periódicas sobre os próximos trabalhos. Sidney diz que eles sempre pedem a Deus para conduzi-los nessas escolhas. Então, “o Senhor colocou esta música em nosso coração.  E, por unanimidade, nós a escolhemos dentre as opções que tínhamos para este momento”.

O single foi gravado no Studio Quantize Philippe Braga. A produção foi de Diego Andrade e Lucas Fergon. Estúdio, Ministério Aclame (MA). Mixagem e masterização, Rudigo Calixto. Voz e bateria, Studio Quantize Philippe Braga. 

A canção “Emanuel”, lançada em abril deste ano, alcançou 10 mil visualizações no YouTube na segunda semana de lançamento. O feedback do público foi uma alegria a mais para a Aclame. “Recebemos muitos testemunhos de renovação de fé e reencontro com o Senhor por meio dessa canção, dando-nos a certeza de que a meta está sendo alcançada. A mensagem do Senhor foi e continuará sendo divulgada para todos, mas, principalmente, para aqueles que se encontram aflitos, sentindo-se sozinhos”, salienta Hemerson.

Sobre este novo projeto, a banda deixa uma mensagem especial: “A canção ‘Calor da Alma’ fala de perdão, de reconhecer o erro e se arrepender. Fazendo uma analogia com a parábola do filho pródigo, entendemos que o filho que ficou na casa do pai também precisava do perdão dele, pois, igualmente, ele tinha algumas questões que precisavam ser resolvidas entre ele e o pai. O irmão que partiu precisava de perdão pela decisão errada de tentar seguir sozinho. Isso nos faz entender que ninguém está isento de errar. Quem se afastou dos caminhos do Senhor precisa do perdão dEle, mas os que estão perto, que frequentam uma igreja, também podem precisar do Seu perdão. Se, um abandono, uma frustração ou má escolha, inveja do irmão ou desamor fizeram você deixar o Reino ou pecar estando nele, lembre-se sempre: Deus é Pai perdoador. Ele quer você por inteiro. O Reino e o caminho para ele são os mesmos. A casa do Pai é a mesma. O coração do Pai é o mesmo. Ele já o perdoou. Perdoe-se também. Volte-se para o Senhor e participe da festa que Ele já preparou para você!” (Aclame) 

Confira a canção “Calor da Alma”: https://onerpm.link/334947604737

Ouça a Aclame nas plataformas digitais:
Spotify
: https://spoti.fi/3di25Ev
Deezer: https://bit.ly/2OMm9oS
Amazon Music: https://amzn.to/3wY6V1c
Apple Music: https://apple.co/3aeeHua

Siga a Banda Aclame pelos canais!
Instagram: https://www.instagram.com/bandaaclame
Facebook: https://www.facebook.com/aclameoficial
YouTube: https://www.youtube.com/c/BandaAclame
Deezer: http://www.deezer.com/artist/100666332
Spotify: https://tinyurl.com/t75e7fr4

Por Ana Paula Costa
Jornalista – Assessora de Imprensa Banda Aclame
anacostacomunicacao@gmail.com

 

Kátia Rosa, Aliança do Tabernáculo, lança “Como na primeira vez”, oração, avivamento e entrega

A cantora, compositora e pastora Kátia Rosa, do Aliança do Tabernáculo, lança a canção autoral “Como na primeira vez”, pela Fluve Som Livre, com o respectivo videoclipe no YouTube. A música, no estilo Worship, é uma oração de entrega e um clamor por avivamento cantados em suave melodia. “Mais do que nunca, precisamos ser cheios do Espírito Santo. Nesta canção, clamamos a Ele que nos encha com o seu fogo. As demandas da vida podem nos roubar a intimidade com Deus, então, temos de buscar estar cheios deste fogo maravilhoso que é o Espírito Santo de Deus, como na primeira vez”, declara Kátia.

Ela conta que a canção foi composta durante uma fria madrugada de julho. Ao ler e meditar na passagem bíblica de Joel 2.27-30, a canção fluía naturalmente: “Fui surpreendida por Deus e, conforme Ele me levava a meditar na Palavra, a canção ia sendo ministrada ao meu coração.” Ela entende que a mensagem desta música tem um significado muito forte, que é o fato “de Deus querer anunciar a chegada do grande avivamento por intermédio dos seus ministros”.

Foto/Jackson Gonçalves.

Como na primeira vez” foi gravada no Mosch Stúdios, em São Paulo, e as cenas do videoclipe, na Praia do Bosque, situada na Ilha de Guriri, na cidade de São Mateus, região Norte do Espírito Santo. Kátia Rosa se emociona ao lembrar que “a presença de Deus foi notória durante toda a gravação do clipe”.

Os profissionais que trabalharam em “Como na primeira vez” foram: Produtor, Ryan Dias. Mixagem, André Malaquias. Masterização, André Malaquias. Direção e edição, Albino Júnior. Imagens: Kaptar. Os músicos atuantes na gravação do single foram: Matheus Charles (teclados); Ryan Dias (guitarras); Michel Barcellos (contrabaixos); André Lima (bateria); Aramis (cordas); Daniel Quirino e Vania Telles (vocais). No videoclipe, atuaram: Ryan Dias (piano); Jeferson Dutra (guitarras); Júnior Nogueira (contrabaixo); Wandrei Lima (bateria); Joílson Alves, Daniel Oliveira, Angelo Aguiar e Júnior Freitas (cordas).

Falando sobre a canção “Não quero ser mais eu”, lançada em maio de 2021, Kátia Rosa conta que tem recebido testemunhos de várias pessoas dizendo que essa canção é para elas a própria história de vida. Elas dizem que, ao ouvirem essa canção, sentem como “se um rio de vida tomasse conta de todo o seu ser promovendo cura e libertação dos fardos que carregavam. É maravilhoso saber que essa música chega a muitos lugares, possibilitando que muitas pessoas sejam ministradas por meio dela”.

A cantora capixaba deixa uma mensagem especial ao público sobre este novo single: “Assim como fui despertada no meio da madrugada e conduzida pelo Espírito Santo a colocar em pauta a passagem do avivamento que aconteceu em Joel, creio piamente que assim também Deus pode fazer no seu coração, trazendo um avivamento sobrenatural, promovendo cura e transformação em cada um que ouvir. Deixe o rio de Deus envolver você e permita que o Espírito Santo incendeie você com Seu fogo!” (Kátia Rosa – Aliança do Tabernáculo)

Ouça Como na primeira vez” nas plataformas digitais: https://fluve.lnk.to/Como_Na_Primeira_Vez_Live

Acompanhe o Aliança do Tabernáculo nas Redes Sociais!
Instagram:
www.instagram.com/oficial_at
Instagram Kátia Rosa: https://www.instagram.com/oficial_katiarosa
YouTube: https://www.youtube.com/c/AliançadoTabernáculo

Por Ana Paula Costa
Jornalista – Assessoria de Imprensa Bucater.com
anacostacomunicacao@gmail.com

Ton Carfi lança “Só quero agradecer” collab Jottapê, agradecimento em tempos difíceis

Ton Carfi lança, pela Som Livre, a canção “Só quero agradecer”, em um collab muito especial com o cantor Jottapê. “Só quero agradecer” é uma música suave, leve e de total agradecimento a Deus, por tudo o que Ele faz pelo Seu povo. Ton Carfi e Jottapê assinam a autoria da canção. Jottapê a escreveu e enviou ao Ton, que gostou muito da composição. Autorizado pelo amigo a contribuir, Ton fez a ponte na canção. Depois, Ton a enviou para o Felipe Silva, que “fez uma produção incrível e, daí, ficou essa obra-prima!”, compartilha Ton Carfi.

Ton diz que estar vivo por si só já um motivo e tanto para agradecer a Deus. “Eu e minha esposa fomos contaminados pelo coronavírus, e estamos vivos, para a glória de Deus. Praticamente todos da minha família pegaram e, graças a Deus, estão todos bem. Tenho de ser grato a Deus porque Ele preservou minha saúde mental nesta pandemia e, também, por preservar minhas áreas pessoal, familiar, ministerial, financeira e musical. Em todos os aspectos, posso dizer que eu sou mais que vencedor em Cristo Jesus. São milhares de motivos para agradecer. A gratidão faz parte da minha vida”, informa o cantor.

Jottapê foi aluno de técnica vocal do Ton Carfi, assim como o foram todos os artistas do canal da KondZilla. Esta grande amizade começou ali. Depois, eles se encontraram na série “Sintonia”, da Netflix. Jottapê é o ator principal da série. Eles gravaram a primeira e segunda temporadas. “Eu atuo como professor dele. Era como se estivesse lecionando mesmo para ele, como na vida real. Esse feat. foi incrível! Entendo que isso também colabora muito para que as pessoas vejam que há uma verdade sendo cantada, que existe algo real e não apenas uma mera encenação”, ressalta Ton Carfi.

O cantor e compositor diz que esta mistura de sons e estilos aproxima muito o público mais jovem e quebra as fronteiras da religião e que ama essas parcerias. Ele explica que o funk é um gênero musical predominante nas comunidades, onde há muitas igrejas, onde cresceu a grande maioria dos funkeiros, das pessoas da comunidade. Ele esclarece que a maioria esmagadora pertence a uma igreja ou já pertenceu. Então, quando ele grava com um cantor de funk, essa mensagem chega ao coração das pessoas que não estão na igreja e também que estão afastadas de Jesus, principalmente, na juventude. “A realidade é que a juventude é o futuro da nossa nação, então, quanto mais a mensagem de Cristo alcançar os jovens, melhor vai ser a nossa sociedade no futuro. Eu amo essas parcerias; recebo muitas críticas por fazê-las, mas nada está à frente da missão que Deus colocou no meu coração”, enfatiza Ton Carfi.

Ton acrescenta que Jottapê e sua família estão muito felizes com a canção. Inclusive, que o pai dele chora sempre que ouve a música. Carfi ainda diz que o feat. tem uma grande proximidade com a igreja, com a música gospel e cristã e que Jottapê sempre quis cantar uma canção evangélica. “Que este single seja um instrumento para aproximá-lo mais de Deus, de Jesus”, deseja Ton.

O videoclipe foi gravado na cidade de Socorro, próxima a São Paulo, capital. Ele conta que houve interação e comprometimento de toda a equipe. Um fato inusitado aconteceu em relação ao tempo. Eles queriam duas tomadas, uma com o sol já alto e outra com o pôr-do-sol. Quando eles estavam almoçando, por volta das 13 horas, começou uma forte tempestade. Eles pensaram que seria preciso voltar em outro dia. Entretanto, faltando menos de dez minutos para o sol se pôr totalmente, o tempo abriu. “Foi incrível! Do nada, o tempo abriu. Como a música tem três minutos, fizemos mais duas tomadas do pôr-do-sol. Então, todas as cenas com o poente foram gravadas em dez minutos, porque foi o tempo do sol se pôr”, relembra Carfi.

A produção do single foi de Felipe Silva, da Music Maker, diretor musical do cantor e grande produtor musical. A produção geral do videoclipe foi do Ricardo Porpeta.

Que nós possamos agradecer a Deus pelo que temos, ao invés de ficar reclamando por coisas que não temos. Como eu digo, o fato de estarmos vivos já é motivo suficiente para agradecer. Aparentemente, estamos vencendo a pandemia com vacinas e os devidos cuidados. Então, que sejamos gratos e confiantes. Que dos nossos lábios saiam palavras de gratidão e nunca de murmuração. Que adoremos a Deus em todo o tempo e declaremos, ‘até aqui nos ajudou o Senhor’ (1 Samuel 7.12).” (Ton Carfi)

Ouça a canção Só quero agradecer – Ton Carfi collab Jottapê nas plataformas digitais: https://SomLivre.lnk.to/So_Quero_Agradecer

Acompanhe Ton Carfi nas Redes Sociais!
Instagram:
https://www.instagram.com/toncarfi
Facebook: https://www.facebook.com/toncarfioficial
Twitter: https://twitter.com/TonCarfi
YouTube: https://www.youtube.com/TonCarfi

Por Ana Paula Costa
Assessoria de Imprensa Som Livre
anacostacomunicacao@gmail.com
www.somlivre.com
www.facebook.com/somlivre
www.instagram.com/somlivre

 

A psicóloga e cantora Camila Campos lança canção autoral com o tema “Ansiedade”

A música tem a participação da cantora Lu Alone e faz parte do projeto Bíblia Terapia

A cantora, psicóloga e compositora mineira Camila Campos lança o singleAnsiedade” com a participação da cantora Lu Alone. A música autoral tem uma mensagem atemporal, mas ainda mais propícia aos dias de incertezas e medo que a humanidade tem vivido nos dois últimos anos. Camila conta que a canção nasceu pelo desejo de conciliar psicologia, música e Bíblia, três grandes pilares da sua vida: “Como psicóloga, sempre quis ajudar um pouco mais as pessoas, independentemente da idade, que estão vivendo dias difíceis e, naturalmente, ansiogênicas.” Ela acrescenta que o seu objetivo com esta canção é proporcionar alívio, serenidade e esperança a tantas pessoas que sofrem por causa da ansiedade: “Com uma letra profunda e uma melodia leve, queremos oferecer uma luz, uma direção terapêutica e fazer bem a almas aflitas!

A canção casa com o projeto “Bíblia Terapia”, um podcast no Spotify com várias mensagens. A meta desse projeto é anunciar a Palavra de Deus agregada aos conhecimentos da psicologia. Como ela mesma define, “o podcast ‘Bíblia Terapia’ é uma conexão entre Bíblia e psicologia, uma ferramenta terapêutica para auxiliar as pessoas no que tange às emoções, utilizando a fonte de maior sabedoria do mundo: a Bíblia Sagrada”.

Camila é natural de Belo Horizonte (MG). Casada com Leonardo Lacerda. Formada em Psicologia pela PUC Minas e Psicodramatista pelo Instituto Mineiro de Psicodrama (IMPSI). É especializada em “Terapia de Casal e Família” e, ainda, estudante de Teologia.

Divulgação

A psicóloga explica que, a princípio, a ansiedade não deve ser considerada uma doença, pois ela é um estado psíquico natural e necessário, uma vez “que nos movimenta e nos tira da inércia. Entretanto, ela pode se tornar patológica, ou seja, doentia, quando extrapola certo limiar e se transforma em TAG, transtorno de ansiedade generalizada”.

Ela ressalta que, em seu consultório, atende muitas pessoas ansiosas e que, todos, vivemos em uma sociedade a caminho constante da ansiedade, pois, a tecnologia, em especial o smartphone, tem mergulhado os homens em ansiedade. “Hoje tudo é muito rápido, tudo correndo, na palma da mão, áudios que ouvimos em 2.0, sendo que as pessoas não falam nessa velocidade. Então, nós nos acostumamos com uma velocidade de vida digital, impossível de ser experimentada na realidade. Daí, adoecemos”, declara Camila.

A boa notícia é que a ansiedade tem tratamento, psicológico e/ou psiquiátrico e medicamentoso. Ela enfatiza que o tratamento será eficaz se houver comprometimento do paciente e que existem coisas simples que podem ajudar: “A letra da música que estamos lançando já nos oferece várias ferramentas que podem ajudar no dia a dia, tais como, ‘jogue fora os vícios, faça exercícios, tenha equilíbrio pra se alimentar’. Por isso, creio que a música vai ajudar muita gente, porque tem conteúdo terapêutico e ferramentas de auxílio no combate à ansiedade!

A produção musical ficou a cargo de Igor Leandro. O videoclipe foi gravado no Estúdio Chama, em Belo Horizonte (MG) e tem a assinatura da Quartel Filmes.

O convite a Lu Alone para este projeto surgiu pela leveza da voz da cantora que é uma grande amiga da Camila. “Ela tem uma voz naturalmente doce e leve, que traz paz. Quem ouvir esta canção vai sentir essa paz em sua voz”, garante Camila Campos.

A orientação ‘não andeis ansiosos por coisa alguma’ está na Bíblia. Deus nos ensina a ser felizes! Com esta canção, queremos ajudar você a vencer a ansiedade doentia, aquela que o limita e o impede de crescer e viver a plenitude do que Deus tem para você. Abra o seu coração e deixe a canção entrar, para que encontre paz, alívio e luz em meio a tanta escuridão existente nos dias atuais, não uma luz qualquer, mas a luz que é Jesus. Ouça, relaxe, respire fundo, alegre-se, cante junto e siga o que a música sugere. E seja muito feliz! (Camila Campos)

 Ouça Ansiedade – Camila Campos feat. Lu Alone – via streaming: https://orcd.co/ansiedade 

Acompanhe Camila Campos nas Redes Sociais:
Podcast Bíblia Terapia:
https://open.spotify.com/show/0X9T43sy3s2NjWWxpvVtHN
Spotify: https://open.spotify.com/artist/3iL0W1842WwK01dxEdtOy5
Deezer:
https://www.deezer.com/br/artist/8729602
Site:
www.camilacampos.com
Loja: www.camilacampos.com/loja
Facebook: www.facebook.com/CamilaCamposOficial
Twitter: www.twitter.com/camilacamposp
Instagram: www.instagram.com/camilacamposp
YouTube: www.youtube.com/camilacamposministerio

Por Ana Paula Costa
Jornalista – Assessora de Imprensa Camila Campos
anacostacomunicacao@gmail.com

“Epifania” é o novo lançamento de Clovis pela Som Livre, um álbum com muito significado

O cantor e compositor Clovis lança pela Som Livre um álbum repleto de significados. O projeto “Epifania” reúne os três singles já lançados pelo cantor e mais sete faixas inéditas, com participações especiais. O público já pode conferir o trabalho em todas as plataformas digitais e o videoclipe no canal oficial do cantor no YouTube. Vale ressaltar que toda semana um clipe será lançado no YouTube até formar todas as faixas do álbum.

As dez músicas que compõem “Epifania” são: “Abajah”, “Não sei viver sem Deus”, “Deus em mim”, “Aprendiz” (feat. Cláudia Leitte), “Amor do Pai”, “A chave” (feat. Daniela Araújo), “Linha do tempo” (feat. Banda de Boca), “Deus em mim” – remix (feat. KIVITZ), “Você acredita” e “Me ensina a viver”.

Aprendiz”, feat. Cláudia Leitte é uma canção que já alcançou sucesso logo depois do lançamento. “A chave” (feat. Daniela Araújo), fala sobre a ressignificação de entender que “Jesus é chave hermenêutica para todas as coisas e que, por meio dEle, conseguimos nos conectar com Deus”. “Linha do tempo” (feat. Banda de Boca), já havia sido gravada pelo Preto no Branco e foi incluída porque, como explica Clovis, tem tudo a ver com o atual período da sua vida. Os integrantes da banda, que fazem um som orgânico, somente com a boca (razão do nome da banda), são amigos especiais do cantor. “Deus em mim” – remix (feat. KIVITZ), é uma composição do Clovis em parceria com o amigo Estevão Queiroga.

Clovis diz que a escolha do repertório foi emocionante, uma vez que eles deixaram algumas janelas abertas para serem definidas depois, o que aconteceu nos “45 minutos do segundo tempo”. Ele conta que o desejo era encontrar um caminho “que fizesse sentido para as pessoas neste mundo contemporâneo”. Houve liberdade na escolha, mas com a responsabilidade de não deixar esta flexibilidade atrasar a finalização do projeto. “Fomos experimentando sabores de músicas que já estavam prontas e que foram mencionando outras possibilidades. Quando nos reuníamos para o debate sobre isso, percebíamos que havia coisas para serem ditas. Então, voltávamos ao caderninho para mexer nas músicas… enfim foi assim e tem sido assim”, declara o cantor.

O nome do álbum tem um significado muito profundo em relação ao que ele representa para o cantor e para o que ele pretende que chegue às pessoas. “Epifania” significa revelação, manifestação de Deus. E, por extensão, uma percepção intuitiva da essência de alguma coisa ou da realidade, que se tem a partir de algo do dia a dia. Isso casa perfeitamente com o objetivo do cantor para este seu trabalho. “As pessoas vão encontrar neste álbum um ressignificado de muitas coisas já incorporadas em nosso caminho, nos desafios diários da nossa rotina. Então, o desejo para ‘Epifania’ é que, em cada canção, as pessoas sintam, observem, à luz do Evangelho, um ressignificado de coisas familiares, coisas que a gente já ouve há um tempão, mas com novas perspectivas, olhares diferentes”, explica Clovis.

Ele conta que o nome “Epifania” já estava presente em seu imaginário e, quando seu pastor, Ed René, ministrou a mensagem “Epifania do Natal”, ele se identificou muito com a percepção da interferência divina na existência humana. “Isso me fez acreditar nesse nome. E, também, conversando com um amigo, percebi que esse era um nome forte, que jogava luz sobre as outras epifanias da vida. Então, descobri que eu tive uma epifania, uma revelação maravilhosa sobre a minha espiritualidade, sobre a minha relação com a comunidade evangélica. Enfim, tudo foi fazendo sentido até que confirmamos ‘Epifania’, e o nome ficou perfeito para projeto”, acrescenta Clovis.

Cada canção que compõe o álbum toca primeiramente o coração do cantor com uma percepção muito intenso. “Essas músicas me tocam de modo muito especial e profundo, porque têm sido parte do nosso debate diário, daquilo que a gente vem construindo junto com pessoas que admiramos e curtimos. Então, a base da narrativa do CD é encurtar a distância dos diálogos, fazer com que haja sentido entre o nosso ofício como cantor cristão e o que está acontecendo na sociedade. E estamos muito felizes por ver tudo isso florescer livremente”, explana Clovis.

As músicas foram gravadas no Estúdio Playco (@playco.studio). As cenas dos videoclipes foram tomadas em Barra Grande, na Ilha de Itaparica, na Bahia, onde o cantor nasceu. Ele conta que foi muito gratificante, pois pôde ver um pouco de si, da sua origem e foi “tudo muito mais que especial”.

Eu desejo que, a partir do álbum ‘Epifania’ você se identifique de alguma forma, porque, embora o nome pareça estranho, ele expressa muito do que a gente precisa neste momento. Precisamos viver muitas epifanias, revelações, para vencermos esses tempos difíceis que temos vivido. Que você possa ver o sonho diante dos seus olhos e esperançar novamente mediante uma mudança de olhar para a vida. Que assim seja!” (Clovis)

Ouça Epifania via streaming: https://somlivre.lnk.to/Epifania

Siga Clovis nas Redes Sociais!
Instagram:
https://www.instagram.com/clovispinhoreal
Facebook: https://www.facebook.com/ClovisPinho.oficial
YouTube: https://www.youtube.com/c/CLOVISreal 

Por Ana Paula Costa
Jornalista – Assessoria de Imprensa Som Livre
anacostacomunicacao@gmail.com
www.somlivre.com
www.facebook.com/somlivre
www.instagram.com/somlivre

Com o single “Majestade”, Alessandra Martins volta a mostrar seu talento musical

Alessandra Martins lança o singleMajestade” pela Carv Music, o primeiro do novo projeto musical da cantora, o EP de mesmo nome. A canção já está em todas as plataformas digitais, com o videoclipe no seu canal oficial no YouTube.

A mensagem central da canção é a grandiosidade de Deus. “Esta música toca a minha alma profundamente, pois fala sobre o quão grandioso o Senhor é (Isaías 66.1). Ele é maior que tudo que existe ou venha a existir, pois foi Ele quem criou todas as coisas. Deus é soberano! Ele é o Deus que se assenta no Trono e caminha sobre a Terra. ‘Majestade’ traz uma mensagem de quebrantamento e do grande amor de Deus por nós. Apesar de sermos tão pequenos e pecadores, Ele nos ama incondicionalmente”, declara Alessandra.

O compositor do single é um grande amigo de Alessandra, o pastor de música e compositor Ailton Ferreira. Ele foi seu mentor na área de adoração e escreveu essa canção em 1998. Ela é admiradora do trabalho de Ailton e sempre desejou gravar suas canções. “Majestade” é uma delas, que, agora, ela interpreta.

O autor da música diz que escreveu esta canção quando passava pelo pior momento da sua vida, por um vale existencial profundo: “Mas foi nesse lugar de dor que Deus me revelou Sua grandeza. Então, eu entendi que nada do que eu havia perdido era mais importante que a presença dEle em minha vida.”

A gravação do vídeo foi realizada na igreja MSBN, Atlanta, USA, onde Alessandra congrega. A filmagem ficou por conta de Sing Play, @singplay.inc. Gravação, direção e edição por Leandro Paz. Arranjos e teclados: Joel Silva. Bateria: Junior Guedes. Baixo: Jhonny Anderson. Violão e guitarra: Duda Andrade. Mixado e masterizado por Leandro Paz. Fotografias: Raphaela Monteiro, @raphaelaphotography.

Alessandra Martins conta que o fato mais marcante da gravação foi a presença de Deus durante as mais de dez horas de gravação: “Sentimos o Espírito Santo em nosso meio com liberdade, trazendo paz e cura. Tivemos o testemunho de um irmão que estava com fortes dores no ombro e saiu de lá curado.

Desejo que, ao ouvir esta canção, você seja quebrantado e reconheça quão pequeno somos diante deste Deus tão grandioso e majestoso, mas também sinta o grande amor dEle por você. Que você se renda em entrega e adoração a Ele, nosso Deus e Pai, que nos ama incondicionalmente e nos aceita do jeito que somos.” (Alessandra Martins)

Perfil

Foto/Raphaela Monteiro.

Alessandra Martins, natural de Gurupi (TO), é a caçula de duas filhas de uma família cristã. Seus pais, avós e tias sempre foram ligados à música e daí vem toda sua herança musical. Aos 13 anos de idade, converteu-se a Jesus e passou a fazer parte do ministério de louvor da sua igreja, tendo fortes experiências com Deus. Em 2007, depois de se formar em Direito, Alessandra se mudou para os EUA para aperfeiçoar seu inglês. Ela pretendia ficar somente um ano, mas Deus tinha planos maiores e melhores para ela. Em 2008, casou-se com Adriano Borges e começou o ministério de adoração em um ministério brasileiro local. Assim iniciou sua trajetória musical no exterior. Em vários eventos, ministrou com adoradores de referência como David Quinlan, Aline Barros, Ana Paula Valadão, Asaph Borba, Abraham Laboriel, Paulo César Baruk. Por três anos consecutivos, participou do Unrestrained Worship em Atlanta – GA, cantando em português com alguns adoradores americanos como Tasha Cobbs, William McDowell, Todd Dulaney entre outros. Em 2017, nesse mesmo evento, cantou com Ana Paula Valadão representando o Brasil. Participou e foi vencedora do Festival de Música Brasileira da Revista Viver Magazine em 2011 e do Festival de Música Gospel da Geórgia – Femugg. Representando a comunidade brasileira, Alessandra cantou o Hino Nacional Brasileiro em vários eventos do Brazilian Day, em Atlanta. Em 2012, gravou seu primeiro CD, “Teu chamado”. Mãe de dois filhos, Raquel, 9, e David, 6, Alessandra desenvolve seu ministério de louvor e adoração há mais de dez anos na igreja MSBN, em Atlanta-USA, presidida pelo pastor Saulo dos Santos, onde seu esposo atua como técnico de som. Depois de nove anos do lançamento do seu primeiro trabalho, Alessandra lança o seu mais novo projeto musical, o EP “Majestade”. Agora, mais madura e preparada, ela reúne nesse trabalho canções com letras profundas, que vão expressar toda a sua essência e identidade como adoradora.

 Ouça “Majestade” nas plataformas digitais: https://onerpm.link/Majestade

 Siga Alessandra Martins nas redes sociais!
YouTube:
https://www.youtube.com/channel/UCdui5vISTvjThLwSAcHOGZg
Facebook: https://www.facebook.com/alessandracantora
Instagram: https://www.instagram.com/alessandra_martins_usa 

Por Ana Paula Costa
Jornalista – Assessora de Imprensa CARV Music
anacostacomunicacao@gmail.com
https://www.instagram.com/carv.music

Premiação Revista Show Gospel 20 Anos – On-line

Fechando o ciclo de 20 anos de existência, a Revista Show Gospel, o maior guia da música cristã nacional, traz como parte das celebrações, a Premiação Show Gospel 20 anos, uma homenagem aos artistas, profissionais e todos que estiveram nas páginas de suas 73 edições. Foram escolhidas seis categorias que saíram do Editorial da Revista, e para ajudar na escolha dos homenageados na Premiação Show Gospel, o público terá a oportunidade de participar votando e assistindo as lives e ações em torno da Revista pelo Portal Show Gospel (www.showgospel.com.br) e pelos canais do YouTube e Instagram.

O projeto nasceu com a parceria da Mônica Regina Cintra (Show Gospel) e Paulo Alberto (fundador da Criativum Assessoria e Marketing e CEO da Püblysh). Paulo, além de ser um dos colunistas e colaboradores da Revista Show Gospel há mais de 15 anos, também é amigo de Mônica Cintra, diretora e idealizadora da Revista.

A princípio, Paulo e Mônica pensaram em realizar esse evento quando a revista completasse 18 anos. O que para eles simbolizava a maioridade. Mas depois, ambos entenderam que seria melhor realizá-lo quando a Revista completasse 20 anos de existência: “Entendemos que esta marca seria uma data bem mais forte”, reforça Paulo.

O objetivo da Premiação é potencializar a trajetória da revista: “Este prêmio vem para contar a história fantástica que a Show Gospel vem desenvolvendo no mercado nesses 20 anos e, também, para honrar todos os artistas que já passaram pelas páginas da Revista nessas duas décadas.”

Por traz da concepção e preparação da plataforma de votação da Premiação está a criatividade e expertise da Püblysh. As votações serão abertas por meio do Portal da Show Gospel, com todas as indicações para o público, podendo conferir quem esteve nas matérias das edições da revista. E, então, os votos serão computados: “Depois de um tempo de votação e interação dos artistas com o público, vamos nos valer da tecnologia para computar esses votos e anunciar os ganhadores”, completa Paulo.

Devido à pandemia, Mônica e Paulo estudam o formato da entrega dos prêmios. “Estamos avaliando tudo com muita responsabilidade para entender como estarão as deliberações governamentais. Mas, a princípio, a programação consiste no anúncio das categorias, dos indicados e a abertura das votações por meio do portal. Depois, a definição da data pela qual revelaremos os artistas que foram contemplados com esse prêmio que simboliza tanto para nós e para o mercado cristão nacional, porque a revista Show Gospel foi e continua sendo uma referência para todos nós.”

Paulo deixa uma mensagem de incentivo para todos acompanharem a premiação: “Nesses últimos 15 anos, tenho parte do meu trabalho também nas páginas da Revista. Fico muito honrado com toda a atenção que a diretoria dá às minhas sugestões e às publicações dos meus artigos. Minha consideração final é de muita gratidão pela história da Show Gospel. Ao público que está em casa, digo que esta é uma grande oportunidade para revisitar a história de muitos artistas do Brasil. Se você deseja saber, por exemplo, a história da Aline Barros, nossa primeira capa, acesse a revista e leia cada matéria. Vai ser muito bom revisitar com você a história da Show Gospel e da música cristã no Brasil por meio desta premiação.”

SOBRE A PREMIAÇÃO
A ideia das categorias escolhidas surgiu por meio das editorias da Revista Show Gospel. São elas:

1- Melhor Capa

2- Fazendo a Diferença

3- Destaque

4- Profissionais do Mercado

5- Novidade

6- Evento dos 20 Anos

Na segunda-feira, dia 30 de agosto de 2021, inicia a votação para o público por meio do portal: www.showgospel.com.br

NOVIDADES
Junto à premiação, a equipe Show Gospel vai realizar lives toda quarta-feira, às 21h, com os concorrentes, pelo Instagram da Show Gospel: www.instagram.com/showgospel

A Revista disponibilizará também a Playlist Show Gospel 20 anos: “Nosso objetivo é finalizar em novembro com uma live especial revelando os homenageados”, antecipa Mônica Regina Cintra.

Trazendo à memória aquilo que pode nos dar esperança!”

Informações, fale com Mônica Regina: monicarcintra@gmail.com

Siga a Revista Show Gospel no Instagram: www.instagram.com/showgospel

 

Por Ana Paula Costa
Jornalista – Assessoria de Imprensa Revista Show Gospel
anacostacomunicacao@gmail.com

Roberta Assunção lança “Salvador das Nações”, notas de adoração a Jesus

A cantora e compositora Roberta Assunção lança o singleSalvador das Nações”, uma canção autoral em parceria com o seu esposo, Geovanni Maurício. A canção tem uma história muito peculiar. Geovanni lhe disse que gostaria de escrever um louvor que tivesse apenas palavras de exaltação a Deus. Ela concordou imediatamente, mas um pouco surpresa, uma vez que ele não é músico e, até então, não havia composto nenhuma canção. “Quando ele me apresentou a letra, pequei o violão, criei a melodia e fiz alguns complementos na letra. E foi lindo, porque, juntos, naquela noite, sentimos o fluir de Deus, uma grande alegria de compor! Assim nasceu a música, ‘Salvador das Nações’”, conta Roberta.

Ela diz que este louvor vem como um bálsamo para o coração das pessoas, principalmente, neste contexto tão difícil que o mundo vem enfrentando. Essa canção é, para ela em primeiro lugar, notas de adoração que a aproximam de Jesus. “Este louvor toca em meu coração e me traz uma plenitude de adoração, especialmente, neste momento de tantas lutas e dificuldades que o mundo tem passado. Sabemos que Jesus é o nosso Salvador! Ele pode trazer a cura, a paz que todos precisamos e que, cada vez mais, torna-se necessário e urgente declarar que Ele é o Salvador das Nações”, declara a cantora.

Roberta Assunção, mineira de Belo Horizonte, é uma adoradora polivalente! Mãe de dois filhos, além de cantora e compositora, ela é instrumentista e pastora na Igreja Batista Getsêmani. Ela canta desde criança e, aos 9 anos de idade, já estava tocando piano. Com seu amor pela música e por Jesus, participou de grupos de louvor, liderando louvores no exterior, onde morou por quase 9 anos. Ativa e muito comprometida com o Reino de Deus, Roberta liderou células e ministérios de mulheres. Sua carreira musical iniciou ao lançar seu primeiro CD, “Brilha Tua Luz” (2015), com a participação do cantor Regis Danese na canção “Fala Comigo”, tocada dentro e fora do Brasil. Em 2018, foi a vez dos singles “Graça” e “Quero agradar a Ti”. Em 2019, vieram o segundo álbum, “Graça” e o primeiro DVD ao vivo, no Teatro Minas Tênis Clube, intitulado “Tua Graça“.

A visão ministerial de Roberta Assunção está ligada a missão e privilégio. Ela explica que cantar e compor é um privilégio, um dom concedido por Deus para cumprir a missão que lhe foi delegada por Ele mesmo: “Por intermédio da música e de ministrações, quero propagar os ensinamentos de Jesus de modo simples. O meu objetivo é motivar as pessoas a uma intimidade mais profunda com Deus, a lerem a Bíblia para conhecer mais sobre este nosso Deus maravilhoso e, assim, focarem a vida no que é eterno.”

A canção foi gravada no estúdio Vinia, localizado em Engenheiro Coelho, São Paulo, propriedade do produtor musical Josué Godoi. O videoclipe, produzido e gravado no estúdio de Amós Rodrigues, em Belo Horizonte (MG).

A direção do projeto foi da própria Roberta Assunção com Amanda Fox. Arranjos, teclado e programações, Josué Godoi. Bateria, Josué Ortiz Godoi. Baixo, Jessé Martins dos Santos. Guitarra e violão, Jadiel Alves Cabral. Backing vocals, Dhebora Talita Martins, Jamil Eduardo dos Santos e Renata Cristina Pereira. Captação, mixagem e masterização, Josué Godoi. Vídeo e edição de vídeo, Amós Rodrigues.

Jesus é o Salvador das Nações. Ele é o único que pode nos conduzir até Deus. Não existe outro caminho, não há outra escolha que possa nos dar Salvação e vida eterna. Cante esta canção com todo o seu coração, adorando Jesus por tudo o que Ele é. Jesus Cristo é o Príncipe da Paz, o Cordeiro de Deus. Graça redentora que trouxe Salvação. O único digno de toda honra e louvor! Declare esta verdade comigo! Somente Ele pode nos trazer paz, cura, libertação e, principalmente, a Salvação. Jesus espera você de braços abertos. Corra para Ele em profunda entrega e adoração.” (Roberta Assunção)

Ouça “Salvador das Nações” via streaming!
Spotify: https://open.spotify.com/album/7JO5yCCGGnSDJMmtqW2Byx
Deezer:
https://www.deezer.com/br/album/241664112?deferredFl=1

Siga Roberta Assunção nas Redes Sociais!
YouTube:
https://www.youtube.com/robertaassuncao
Facebook: https://www.facebook.com/robertaassuncaooficial
Instagram: https://www.instagram.com/robertaassuncaooficial

Por Ana Paula Costa
Jornalista – Assessoria de Imprensa Roberta Assunção
anacostacomunicacao@gmail.com

Camila Campos e o seu pop rock declarando “Deus está vivo”

Camila é hoje um dos grandes nomes da música cristã no Brasil. Agregando técnica, carisma e amor pelo que faz, ela canta com intensidade e com a verdade que experimenta diariamente com Deus.

Deus está vivo” é uma canção autoral, gravada ao vivo no primeiro DVD da cantora –Camila Campos Live – em 24 de outubro de 2019. Faz parte também do EP “Fé, Esperança & Amor” – Volume 2. Esta canção é muito especial para Camila, pois intitula o álbum, composto por 12 faixas, que deu start à sua carreira no mercado da música gospel em dezembro de 2015.

Com uma nova roupagem e também ao vivo, Camila regravou “Deus está vivo”! Ela conta que a gravação na sua igreja local foi muito marcante, porque todos cantavam e interagiam com ela na mesma sintonia de fé: “A gravação ao vivo foi linda e intensa. Gravar com a igreja revelou ainda mais a intensidade da letra. As pessoas declarando que ‘Deus está vivo’ incendiava meu coração, pois aquela verdade estava sendo cantada em alta voz e, com muita energia, sacudia a terra. Ele ressuscitou e vive dentro de cada um de nós!

Camila compôs “Deus está vivo” com a experiência do filme “As crônicas de Nárnia”. Ela relembra: “Aslan, o leão, que se relaciona com a menina do filme e lhe mostra seu amor e poder. Ele é poderoso e gentil; embora inspire espanto e até medo, Aslan é lindo e bom. Deus está vivo, ‘é como um leão rugindo em mim, a Sua voz eu posso ouvir’”, declara a cantora.

A pré-produção musical e a direção geral do DVD ficaram a cargo de Marcos Roberto (Estúdio Mix BH). A pós-produção e mixagem ficaram por conta de Fernando Prado. A masterização foi de Magic Master. Direção de arte e cenografia: Quartel Design e Lion Produz. Direção e captação de vídeo: Quartel Design. A direção de imagens ficou a cargo de Amós Rodrigues. Light Designer e Light Programmer, uma realização de Sheldon Barrett. Fotos de Rodney Machado, pela Quartel Design. Os técnicos de iluminação foram Robson, Maicon e Thiago. PA/Estrutura ficou por conta de Marcelo Cunha e Ronald Faula. A projeção do som e luz foi uma realização da Tecnoproduções. A banda musical foi composta por Lucas Ezequiel, na bateria; Marlon Alves, no baixo; Caio Cabeça e Renato Laranjo, guitarristas; e Marcos Roberto no teclado e Sound Designer.

A Bíblia narra a historia de Jó, um homem íntegro, mas que sofreu muito. Ele aprendeu a conhecer Deus não somente pelas palavras, mas por caminhar com Ele. Jó aprendeu a se relacionar com Deus de modo tão profundo que, mesmo em todas as suas lutas, continuou crendo e declarando ‘eu sei que meu Redentor vive’. Quanto mais você crê em Deus e se relaciona com Ele, mais natural e fundamental a presença dEle vai se tornando para você. Então, nada poderá abalar você, que se torna cada vez mais confiante porque o Leão de Judá está ao seu lado. Você é forte não porque tem força em si mesmo, mas, sim, pela força do Leão da tribo de Judá! Deus está vivo, aleluia!” (Camila Campos)

Ouça Deus está Vivo via streaming: https://orcd.co/deusestaviivo

Acompanhe Camila Campos nas Redes Sociais:
Podcast Bíblia Terapia:
https://open.spotify.com/show/0X9T43sy3s2NjWWxpvVtHN
Spotify: https://open.spotify.com/artist/3iL0W1842WwK01dxEdtOy5
Deezer:
https://www.deezer.com/br/artist/8729602
Site:
www.camilacampos.com
Loja: www.camilacampos.com/loja
Facebook: www.facebook.com/CamilaCamposOficial
Twitter: www.twitter.com/camilacamposp
Instagram: www.instagram.com/camilacamposp
YouTube: www.youtube.com/camilacamposministerio

Por Ana Paula Costa
Jornalista – Assessora de Imprensa Camila Campos
anacostacomunicacao@gmail.com