“O Céu é o meu destino”, novo single autoral de Camila Campos

A cantora e compositora mineira Camila Campos, um dos grandes nomes da musica gospel contemporânea, desponta novamente nas plataformas digitais com o lançamento de mais um single autoral, “O Céu é o meu destino”. A canção, gravada no primeiro DVD da cantora – Camila Campos Live – em 24 de outubro de 2019, faz parte também do EP “Fé, Esperança & Amor” – Volume 2.

A mineira relata que “O Céu é o meu destino” foi composta em um momento no qual ela se encontrava cansada e angustiada devido às dificuldades da vida. Nessa ocasião, Camila foi conduzida pelo Espírito Santo ao texto de Isaías 58, versículo 11, quando então o Senhor passou a ministrar consolo e paz ao coração da compositora dizendo: “Eu estarei com você para te fortalecer. Mas, calma! Você irá morar comigo no céu, onde não mais haverá dor nem choro!”. Camila conta que essas palavras acalmaram seu coração, transformando suas lágrimas em cantos de alegria.

Conforme explica Camila, dentre as muitas canções autorais, “O Céu é o meu destino” foi a escolhida para o repertório do DVD na época devido ao contentamento peculiar que a cantora sente em falar sobre o céu: “Gosto de cantar a esperança e a alegria do céu! Essa canção é uma forma de lembrar as pessoas que as tristezas aqui da terra não podem ser comparadas à Glória que há de ser revelada… no céu! Nosso destino é o céu! E isso é maravilhoso! De forma que, seguindo o exemplo do profeta Jeremias que dizia ‘Quero trazer à memória o que pode me dar esperança’ (Lamentações 3.21), eu também gosto de trazer à memória essas coisas.

“O Céu é o meu destino” é uma canção muito rítmica, alegre e dançante, daquelas que ao ser tocada sempre leva o ouvinte a se mover e rapidamente entrar no clima da dança, fato que, segundo a cantora, torna a música muito especial para ela: “Sempre que canto essa música, eu danço (‘apesar de eu não ter nenhum talento na arte de dançar’ – brinca a compositora), e, quando a ministro no templo, eu e a igreja dançamos juntos em uma coreografia simples porém envolvente, que inunda o ambiente de uma alegria espontânea e sobrenatural.”

O desejo de Camila Campos é que este novo single, “O Céu é o meu destino”, seja um instrumento nas mãos de Deus para ministrar aos corações dos seus ouvintes, e daqueles que irão assistir ao videoclipe, um tempo de alegria, esperança e paz. “Quando os seus dias estiverem difíceis, lembre-se que você está no mundo somente de passagem, de forma que seus problemas também serão passageiros. Por isso, concentre sua esperança no céu, no seu destino que é morar com o Pai celestial!”, enfatiza.

Camila Campos contou com a colaboração de uma vasta equipe de profissionais da música, que estiveram unidos na realização do projeto. A pré-produção musical e a direção geral do DVD ficaram a cargo de Marcos Roberto (Estúdio Mix BH). A pós-produção e mixagem ficaram por conta de Fernando Prado. A masterização foi de Magic Master. Direção de arte e cenografia: Quartel Design e Lion Produz. Direção e captação de vídeo: Quartel Design. A direção de imagens ficou a cargo de Amós Rodrigues. Light Designer e Light Programmer, uma realização de Sheldon Barrett. Fotos de Rodney Machado, pela Quartel Design. Os técnicos de iluminação foram Robson, Maicon e Thiago. PA/Estrutura ficou por conta de Marcelo Cunha e Ronald Faula. A projeção do som e luz foi uma realização da Tecnoproduções. A banda musical foi composta por Lucas Ezequiel, na bateria; Marlon Alves, no baixo; Caio Cabeça e Renato Laranjo, guitarristas; e Marcos Roberto no teclado e Sound Designer.

Ouça “O Céu é o meu destino” via streaming: https://orcd.co/oceueolimite 

Acompanhe Camila Campos nas Redes Sociais:
Spotify:
https://open.spotify.com/artist/3iL0W1842WwK01dxEdtOy5
Deezer:
https://www.deezer.com/br/artist/8729602
Site:
www.camilacampos.com
Loja: www.camilacampos.com/loja
Facebook: www.facebook.com/CamilaCamposOficial
Twitter: www.twitter.com/camilacamposp
Instagram: www.instagram.com/camilacamposp
YouTube: www.youtube.com/camilacamposministerio

Por Ana Paula Costa
Jornalista – Assessora de Imprensa Camila Campos
anacostacomunicacao@gmail.com

A Gospel Music Brasil lança sucessos da Som & Louvores no digital

Títulos que marcaram época já podem ser novamente desfrutados pelo público, agora no formato digital

A carta de Paulo aos Romanos, capítulo 13, verso 7, diz para dar a cada um o que lhe é devido, entre isso, a honra. Isso se torna bem verdadeiro quando falamos do Sr. Orlando Vieira do Nascimento. Este homem de valor impactou o coração de milhares de pessoas produzindo canções de qualidade que fizeram diferença e marcaram gerações. Sim, estamos falando da gravadora Som & Louvores, que tinha sede no Rio de Janeiro e São Paulo, com filiais em Porto Alegre, Recife, Curitiba e Goiânia. Essa conceituada e notória empresa atuou no mercado da música gospel, cristã contemporânea, de 1985 a 2000. De lá para cá, seu catálogo, um verdadeiro tesouro, ficou parado.

A Som & Louvores teve real importância na história da música gospel. Muitos cantores, hoje de renome, passaram a ser conhecidos a partir da gravadora, como o grupo Altos Louvores (com nomes como Sérgio Lopes, Léa Mendonça, Marquinhos Gomes, Eyshila, Ronald Fonseca, Jozyanne, Liz Lanne e Roberta di Angellis), Cassiane, Álvaro Tito, Rose Nascimento, Marcos Antônio, J. Neto, Oseias di Paula entre outros.

Na foto, o Pastor Orlando, fundador da Som & Louvores, sua esposa, a Sra. Marilene Cordeiro, e a filha, Camille Vieira.

O fundador e proprietário, Orlando Vieira do Nascimento, mais conhecido como “Orlando V.N.”, tem uma história de compromisso com Deus, lealdade e gratidão com todos os que fizeram parte da gravadora. Suja esposa, a Sra. Marilene Cordeiro de Lima, relembra que a secretária do seu esposo era a dona Rosicleudes Alves de Souza (dona Lili).  “A dona Lili começou na Som & Louvores, se não me engano, com 15 anos de idade e trabalhou conosco por 22 anos. Ela é uma pessoa de extrema confiança. Para mim, foi e continua sendo uma irmã; socorre-me quando preciso. O pastor Orlando tem grande respeito por ela; ele teve outras secretárias, como Dona Zilda e Dona Jusicleyde”, declara a Sra. Marilene.

Harpa de Ouro.

Depois de mais de 20 anos, os apreciadores da boa música poderão se deleitar com essas canções que tanto sucesso já fizeram. A Gospel Music Brasil, distribuidora de conteúdo digital do mercado cristão, com seu feeling profissional, resgata essa preciosidade e passa a relançar, agora no mercado digital, vários títulos do catálogo da Som & Louvores, com várias obras editadas pela Editora Brazil Deluxe.

A seguir, alguns dos primeiros álbuns que já foram lançados neste ano. Em 30 de abril, “Glorificando” (voz e playback), Eyshila. “Gemidos da Alma”, Irmãos Levitas. “Um Milagre”, Ravel. “Confissão” (voz e playback), Rayssa. “Nascer de Novo” (voz e playback), Rayssa e Ravel. “Brilhou a Luz”, Thalyta. Em 28 de maio, os 45 volumes da Harpa de Ouro (gravada pelo Coral Orlando VN / com as adaptações dos hinos da Harpa Cristã) com sucessos como “Chuvas de Graça” (Jose Rodrigues, Orlando V.N.), “Saudosa Lembrança” (Adriano Nobre, Orlando V.N.), “Plena Paz” (Adriano Nobre, Orlando V.N.), “Precioso Sangue” (Henry Maxwell Wright, Orlando V.N.) dentre tantos outros de igual excelência. No dia 18 de junho, 02 volumes da coletânea Santa Ceia. E, de acordo com a Gospel Music Brasil, muito mais novidades virão ainda para junho e julho.

A cantora e compositora Rayssa Peres, ex-dupla com seu irmão, Ravel, divide com os leitores um pouco da sua história de trabalho na gravadora, seu carinho e respeito pelo Pr. Orlando. “A Som & Louvores foi a primeira casa que abraçou o meu ministério. Eu era adolescente quando o Pr. Orlando esteve em minha casa. Eu e o Ravel cantamos e ele ficou extremamente impressionado e apaixonado pelo nosso ministério, tanto que fez 3 CDs: um solo meu, um solo do Ravel e um CD da dupla. Na época, não havia internet, o único meio de comunicação era o rádio, não existia mídia social, nada disso. A Som & Louvores tem uma importância muito grande no meu ministério e um lugar especial na minha vida. O Pr. Orlando sempre foi muito profissional, sério no que fazia. Ele cumpria tudo que o que se comprometia a fazer. Fico muito feliz que o catálogo desta importante gravadora sai agora no digital; que ele se propague nas mídias sociais para que todo mundo possa compartilhar conosco da nossa história, da nossa vida, do começo de tudo. Um beijo no coração de vocês!”

Também com respeito e admiração, o cantor e ex-senador Magno Malta fala do seu afeto pelo Pr. Orlando. “Gosto muito do Orlando. A minha história com ele é bem mais profunda do que simplesmente a história entre um dono de gravadora e um artista. Eu sou muito grato a Deus por ele, pelo que fez por mim. Bati na porta da Som & Louvores e ele olhou para mim como um cara famoso. Eu fui contratado naquele mesmo dia. Ele me deu advanced achando que eu era um astro, e eu não era! (Risos) A minha história com ele é algo muito forte! Quando eu já era senador, ele foi ao meu gabinete. A minha secretária me disse que o Sr. Orlando V.N. queria falar comigo. Eu disse para ela: ‘Então, fecha aí e vem todo mundo para cá.’ Quando o Orlando entrou, falei para todos baterem palma para ele. Eu tenho muita gratidão pelo Pr. Orlando, ele foi parte da engrenagem de Deus para mim, para eu chegar aonde cheguei”, relembra Magno Malta fundador, em 1994, do grupo de pagode gospel “Tempero do Mundo”.

Nesta situação tão conturbada que o mundo enfrenta devido à prolongada pandemia da Covid-19, esses lançamentos, e os que ainda virão, tornam-se um bálsamo para todos. É qualidade e harmonia, fé e esperança que se recebe ouvindo e cantando. O desejo da Gospel Music Brasil é que todos os projetos de qualidade se espalhem para que o mundo seja mais permeado por essa mensagem de paz, alegria, fé e salvação.

Confira as obras no canal YouTube da Gospel Music Brasil: www.youtube.com/gospelmusicbrasil

E também no Spotify: https://open.spotify.com/user/gospelmusicbrasil

Por Ana Paula Costa
Jornalista – Assessoria de Imprensa Gospel Music Brasil
anacostacomunicacao@gmail.com
www.youtube.com/gospelmusicbrasil

Raquel Emerick e a dança sonora do medley “Ambiente / Sala do Trono”

A cantora e compositora Raquel Emerick lança, pela Onimusic, o medley “Ambiente / Sala do Trono”. Uma canção suave e, ao mesmo tempo, intensa, de profunda adoração. É um mix de duas músicas belíssimas, nas quais letra e melodia se juntam para uma dança de sons que agradam aos mais exigentes ouvidos.

Raquel conta que “Ambiente” foi gerada em um momento de devocional, quando ela cantava textos bíblicos e, principalmente, meditava no capítulo 4 do livro de Apocalipse, “quando o apóstolo João tem a experiência de subir e contemplar a beleza e a majestade de Jesus”. Ela se lembra desse momento com muita emoção: “Fui movida às lágrimas pelo simples entendimento do lugar para onde iremos, onde nos encontraremos com o Deus Eterno, ainda que apenas possamos desfrutar de forma espiritual da Sua presença. A cena de adoração celestial precisa capturar o nosso coração e essa foi a intenção desta música. Ela nasceu espontaneamente e eu não imaginava que  algum tempo depois iria gravá-la”.

Já a canção “Sala do Trono”, de autoria da cantora Alda Célia, é uma música que a acompanha desde a sua adolescência, sempre envolvida com a igreja local, com adoração, ensaios, canto e instrumentos. “Incontáveis lembranças me fizeram pensar em regravá-la. É mais do que uma canção, são experiências e memórias na presença de Deus e nas estações que já vivemos com Ele”, declara Raquel.

Foto/Reginaldo Emerick.

A pastora Alda Célia tem sido uma amiga de caminhada e uma referência desde a infância de Raquel Emerick. De 2015 em diante, elas ficaram muito mais próximas devido aos encontros que tiveram  em vários lugares do Brasil. “Ela é um referencial muito importante para mim do que é ser mulher, mãe e adoradora, além de possuir um coração cheio de amor e uma paixão genuína por Deus”, declara Raquel.

Ela relembra que, anos atrás, mostrou a canção “Ambiente” para um produtor local que a rejeitou com falas negativas e depreciativas. No entanto, durante a sua caminhada ministerial, percebeu algo que a fez amadurecer espiritual e emocionalmente: “Toda vez que enfrentei resistência no mundo espiritual foi porque Deus tinha um plano muito específico e incrível para o que eu fazia e, por isso mesmo, era que o inimigo tentava me parar”.

Envolvida com música desde os 6 anos, Raquel Emerick iniciou cedo as aulas de piano. Aos 13 anos, passou por um trauma que a fez pensar que nunca mais cantaria, então, voltou-se totalmente para os estudos de piano. Entretanto, aos 15 anos, já regia coral e liderava equipes de louvor. Quando fez 19 anos, foi estudar em Dallas, Texas (EUA), no Christ For The Nations (CFNI), onde se formou como bacharel em ministro de louvor e adoração. Atualmente, Raquel Emerick, mãe de Íris e Sofia, é uma das coordenadoras de louvor da Igreja Batista da Lagoinha, Belo Horizonte, liderada pelo Pr. Márcio Valadão. Além disso, possui um seminário de louvor e adoração on-line, com alunos de, até agora, 20 países. É autora de cinco livros e viaja pelo Brasil e pelo mundo compartilhando o ensino e a música, por meio do piano e da sua voz delicada, suave e muito afinada. Depois de passar por um processo doloroso de divórcio, hoje Raquel está noiva de Mitch Kelley. Ele é americano, líder de casa de oração, pastor na Parkway Church em Birmingham, Alabama (EUA). O casamento deve sair em breve e selar esta linda história de amor, restauração e promessas se cumprindo.

Os trabalhos de Raquel Emerik constam de: “Defensor” (2021); “Rasga o céu” (2021); “Restauração” (2020); “Em Jesus amigo temos” (2020 – Lagoinha one); “Meu ar” (2020 – Lagoinha One); “Soaking” (Instrumental Worship vol. 1 – 2020); “Te adoro” (2019); “Vestes de louvor” (2019); “Águas de descanso” (2019); “Por todo que eres tu” (versão em espanhol – 2019); “Nueva criatura” (versão em espanhol – 2019); “Refúgio” (2018); “Nova criatura” (2018); “Aquietai-vos” (2014); “De glória em glória” (2014).

O single e o videoclipe foram gravados no dia 24 de outubro de 2019, na Igreja Batista da Lagoinha, Belo Horizonte, matriz. Direção do projeto: Amanda Fox. Composição e voz principal de Ambiente: Raquel Emerick; Composição de Sala de Trono: Alda Célia. Arranjos, teclado e programações: Raphael Xavier. Bateria: Leander Alves. Baixo: Paulo Jonas. Guitarra e violão: Igor Nunes. Backing vocal: Márcia Veloso, Valeria Dellacenta, Wallace Dantas e Ítalo Gonçalves. Captação, mixagem e masterização: Robert Dolabella. Vídeo: Pr. Luide e equipe. Edição de vídeo: Robert Dolabella.

Eu desejo de coração que, ao ouvir ‘Ambiente / Sala do Trono’, você seja envolvido pela presença de Deus, que eleve seus pensamentos e seu espírito em adoração, transformando esta canção em um convite eterno para que você experimente mais deste Ambiente que fica ao redor da Sala do Trono. Que o seu espírito possa escutar da mesma forma que João escutou e que se sinta bem, em paz! Durante a produção, execução, gravação, pós-produção e todo o processo envolvendo este projeto, pude ver o quanto o Senhor quer fazer por intermédio desta canção. Da mesma forma, eu creio que o clipe vai levar as pessoas para um patamar mais elevado de adoração, exatamente como aconteceu na noite em que gravamos ao vivo. Desfrutem do amor de Cristo com gratidão, e, principalmente, por Ele ser o caminho, único, para  que possamos chegar a este lugar tão sobrenatural e de profunda adoração.” (Raquel Emerick)

Ouça “Ambiente / Sala do Trono” nas plataformas digitais: https://onilnk.com/l/Ambiente_Sala_Do_Trono

Acompanhe Raquel Emerick nas redes sociais!
Site:
http://www.raquelemerick.com.br
YouTube: https://www.youtube.com/c/RaquelEmerickOficial
Facebook: https://www.facebook.com/raquelemerickfernandes
Twitter: https://twitter.com/raquelemerick
Instagram: https://www.instagram.com/raquelemerickoficial
TikTok:  https://www.tiktok.com/@raquel.emerick.oficial?

 

Por Ana Paula Costa
Jornalista – Assessora de Imprensa Raquel Emerick
anacostacomunicacao@gmail.com

Ton Carfi recebe discos de ouro e de platina duplo pela Som Livre

O cantor recebeu a notícia das premiações logo depois da gravação do seu novo clipe no Rio de Janeiro (RJ), na quarta-feira (2/6).

Os expressivos números de plays (áudio, vídeo e downloads) nas plataformas digitais garantiram ao cantor Ton Carfi três discos especiais: Disco de Platina Duplo por “Minha Vez” feat. Livinho com 100,21 milhões de plays (https://tinyurl.com/dsnxr2v2), Discos de Ouro por “Pai Presente” feat. Aline Barros com 14,94 milhões de plays (https://tinyurl.com/fp23wt7f) e “Porque eu te amei” com 127,31 milhões de plays (https://tinyurl.com/974fbn8). É o reconhecimento do trabalho que Ton realiza com profissionalismo e excelência.

Ton, que é de São Paulo, esteve no Rio de Janeiro (RJ), na quarta-feira, 2 de junho de 2021, para gravar o seu mais novo clipe, “Infinitamente Mais”, que ganhou uma versão superespecial com o cantor Dilsinho. Depois da gravação, Ton e sua equipe foram para um restaurante, onde o cantor e compositor foi surpreendido ao receber os certificados pelas mãos de Márcio Moreira, marketing e A&R gospel da Som Livre, e Eduardo Prado, A&R Som Livre. “O Ton ficou superemocionado quando lhe entregamos as premiações. Essa entrega marcou um momento muito especial na carreira dele, inclusive, de lembranças de vários momentos da sua trajetória até aqui. Essa conquista simboliza também uma certificação da qualidade do trabalho de todos nós, desta equipe coesa que vem trabalhando com muito carinho na construção da carreira do Ton. Ele é muito merecedor!”, enfatiza Márcio Moreira.

Ton diz que se sente honrado com as premiações e grato a toda a sua equipe e que reconhece de onde vem toda a capacitação para que ele desenvolva um trabalho bem feito. “O fato de receber esses três discos me dá a certeza de que estou no caminho certo, fazendo corretamente aquilo para o que fui designado, aumentando ainda mais a minha responsabilidade, o meu compromisso com o Autor e Consumador da minha fé, Jesus! Assim, eu agradeço primeiramente a Deus, pois foi Ele quem me chamou para executar este ministério musical; agradeço à minha amada família; à equipe que me dá o suporte necessário para que meu trabalho alcance a excelência que deve ter tudo o que realizamos para redundar glórias a Deus, pois tudo é dEle, por Ele e para Ele. Agradeço também a todos que me seguem e curtem o meu trabalho. Eu farei sempre o meu melhor, com muito amor e compromisso, para que Deus seja glorificado e para sempre oferecer a todos canções que os levem para mais perto do Senhor”, declara o cantor e compositor.

Em abril deste ano, com o objetivo de sempre inovar em sua carreira, Ton Carfi lançou o EP “Ton Canta” – uma releitura de canções que são hits do momento nas igrejas. O projeto trouxe três belas faixas já conhecidas do público: “Algo Novo” (Erick e David do Kemuel), “Tá chorando por quê?” (Clayton do Preto no Branco) e “Tua Presença” (Samuel Messias). Até o fechamento desta edição, o videoclipe da canção “Algo Novo” (https://tinyurl.com/hbujtjz7) já havia ultrapassado três milhões e meio de visualizações no canal oficial do cantor.

Ton está na lista dos artistas mais expressivos do segmento gospel. São mais de 20 anos de uma carreira consolidada, composta de um repertório com vários hits entre os mais tocados nas rádios e igrejas do país, números expressivos de plays nas plataformas de streamings e visualizações das suas produções no YouTube. Além disso, milhões de seguidores nas Redes Sociais.

Ouça o “EP Ton Canta” nas plataformas digitais: https://somlivre.lnk.to/Ton_Canta

Acompanhe Ton Carfi nas Redes Sociais!
Instagram:
https://www.instagram.com/toncarfi
Facebook: https://www.facebook.com/toncarfioficial
Twitter: https://twitter.com/TonCarfi

Por Ana Paula Costa
Assessoria de Imprensa Som Livre
anacostacomunicacao@gmail.com
www.somlivre.com
www.facebook.com/somlivre
www.instagram.com/somlivre

Ewanes Marques declara “Não posso parar”, uma canção autoral de ânimo e força

O mais recente lançamento da cantora e compositora Ewanes Marques, o single e videoclipe da canção “Não posso parar”, pela CARV Music, chega a todas as plataformas digitais e no YouTube com a identidade de excelência que Ewanes imprime em seus trabalhos.

Como ela mesma define, a canção autoral traz “uma mensagem de ânimo e força para todos que se empenham em cumprir a vontade de Deus e executar a missão que lhe foi designada”.

No ano em que Ewanes completa seis anos de ministério, ela assume de vez a responsabilidade de compor. Para a cantora, este projeto significa o cuidado de Deus com suas promessas. “O Senhor sempre falava que me daria canções, mas sempre fugi da responsabilidade de compor. Entretanto a missão nos persegue. Rejeitei tanto esse chamado a ponto de ficar, por quase um ano, sem escrever nada; eu estava mesmo preocupada. Somente no final de 2020, fui despertada por meio de uma mentoria com a pastora Camila Barros. Ela citou uma frase que queimou em meu coração: ‘O chamado passa por nós, mas não é sobre nós’. Sim, não é sobre nós, não é para nossa comodidade, não é para o nosso deleite. Cumprir o chamado do Senhor nunca foi fácil, nunca será. Fugir desse chamado também não é coisa fácil. ‘Não posso parar’ reflete exatamente isto: o grito do espírito para a alma: ‘Não pare’! A missão não é sobre nós, é sobre Ele, por Ele e para Ele. É o Senhor quem nos capacita!”, testemunha Ewanes.

Foto/Marcos Viana.

A cantora relembra um momento em que se deparou com algo que parecia impossível, mas que, depois de ver o agir de Deus, entendeu que nunca poderia parar. Em 2014, grávida do seu terceiro filho, ela chegou a pensar que o chamado de Deus para cantar e adorá-lo por intermédio da música nunca se cumpriria, pois além de ser mãe de três crianças, o seu esposo ainda não era cristão. Desanimada, ela desistira antes mesmo de tentar. “Somente em 2015, um ano depois desse momento de incredulidade e desistência, consegui orar firmemente sobre isso e pude ver Deus se movendo. O Senhor tem princípios para o casamento e não faz confusão para cumprir Suas promessas. Assim, o que era impossível aconteceu: meu esposo se converteu a Cristo! Somente depois disso, iniciei o ministério. Deus gerava em mim o ardor pela missão, mas somente depois do meu cônjuge salvo foi que Ele me alistou para cumpri-la. E aqui estou até hoje, não posso nem pensar em parar”, declara Ewanes.

Para a cantora, a produção do singleNão posso parar” foi surreal. Ela havia recebido o convite para ministrar a Palavra de Deus no interior do Estado de Alagoas. O tema foi Neemias e sua disponibilidade para Deus operar por seu intermédio.

Neemias não esperou Deus chamá-lo, ele mesmo se alistou para edificar os muros de Jerusalém. Quando isso aconteceu, muita gente ‘sem coragem’ de fazer o que ele estava fazendo se levantou para atrapalhar. Neemias recebeu muitas palavras de desânimo e chegou a ser ameaçado, mas não considerou nada disso. Na ministração, usei a resposta de Neemias ‘estou numa grande obra e não posso parar’. E foi assim, no altar, que nasceu a canção ‘Não posso parar’, explica Ewanes Marques.

O single foi gravado no estúdio Ara Music por Thiago Araújo; as cenas do clipe, no Sítio Paraíso Fernão Velho, em Maceió (AL). A composição de Ewanes Marques teve produção musical, arranjos e teclados de Thiago Araújo. Guitarra e violão: Bruno Araújo. Bateria: Kayrone Reis. Baixo: Ykson Nascimento. Back: Gleydson Guedes, Sarah Kass e Handson Holanda. Mixagem e masterização: Thiago Gomes Silva. Videoclipe: Alex Produções. Direção artística: Ewanes Marques e Robson Moura.

Nesse tempo desafiador que a Igreja em todo o mundo está enfrentando, manter a fé saudável é a única forma de vencer. Não permita que as circunstâncias atuais roubem de você o desejo de concluir o que começou. Não se deixe desmotivar. Não ouça as afrontas. Não dê ouvidos ao que o inimigo diz a seu respeito. Você não é o que ele diz, sua identidade está em Cristo: somos filhos de Deus! Sempre que precisar acessar o céu, faça-o sem medo. Às vezes, o que precisamos não é desistir, é descansar. Se precisar parar, que seja para tomar fôlego e voltar para guerra. Não abra mão de nenhuma promessa que Deus lhe fez, faça como Neemias, quando os acusadores quiserem tirar o seu foco, diga sem medo: ‘Eu estou executando uma grande obra e não posso parar’. A missão é cumprir a carreira custe o que custar. A missão é não desistir, não recuar. Cristão, entenda, a missão tem patente alta, elevada a nível do céu. Declare comigo diante da vontade de recuar que ‘não posso parar’. Deus abençoe você!” (Ewanes Marques)

Ouça “Não posso parar” nas plataformas digitais: https://ps.onerpm.com/naopossoparar

Siga a cantora nas Redes Sociais!
Instagram:
https://www.instagram.com/ewanesmarquesoficial
Facebook:
https://www.facebook.com/Ewanesmarques
YouTube: https://www.youtube.com/EwanesMarques 

Por Ana Paula Costa
Jornalista – Assessora de Imprensa CARV Music
anacostacomunicacao@gmail.com
https://www.instagram.com/carv.music

Orgulho

Pode ser um desenho animado

Tem gente
vaidosa e prepotente
que a humildade passa longe,
com medo do vírus do orgulho,
um perigo iminente.
Encostar no fingido,
metido a monge,
é pegajoso, cansativo, uma cruz.
Felizmente,
a vida tem uma luzinha,
preste atenção,
ela pisca e reluz,
costuma acender,
quando se encosta
de leve no fio do orgulho,
dá choque no coração,
é perigosa a voltagem,
explode, falta luz.
Ivone Boechat

Rosário Negro e seu reggae em mais um single autoral – “Pai e Filho”

O cantor e compositor Rosário Negro, mineiro de nascimento e baiano de alma e coração, desponta novamente nas plataformas digitais e no YouTube com seu lançamento, o single autoral “Pai e Filho”. O videoclipe oficial, gravado em estúdio e lançado no YouTube recentemente pela Fluve Digital / Som Livre, já conta com aproximadamente 17 mil visualizações até o fechamento desta edição. É o reggae de Rosário Negro conquistando o público!

A inspiração para compor essa nova canção aconteceu enquanto Rosário meditava na mensagem da Palavra de Deus, descrita no Evangelho de João, capítulo 3, versículo 16, que diz: “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu filho unigênito, para que todo o nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” (Versão Bíblica Revista e Atualizada.) Rosário conta que, colocando-se no lugar de pai e refletindo como pai, chegou à conclusão que jamais teria coragem de entregar nenhum dos seus quatro filhos, mas Deus entregou Seu único filho por amor à Sua criação. “Não há amor maior!”, arremata o compositor.

Foto/Lívia Bittencourt.

Diante disso, percebe-se que a mensagem central da canção “Pai e Filho” não poderia ser outra senão a reflexão acerca do incomparável amor de Deus por seus filhos que, mesmo sem merecer, foram alvos de um amor tão grande. “E, por isso, como filhos de Deus, temos que seguir o exemplo de amor do Pai e amar os nossos irmãos como Jesus nos ensinou”, enfatiza Rosário.

Ao ser questionado se teve alguma parceria na composição da letra da canção, Rosário responde: “Sim. Não somente nesta, mas em todas as canções eu tenho um parceiro fiel: o Espírito Santo! É ele quem me inspira e me faz entender que sou apenas um instrumento da Sua obra.

Na execução desse projeto, Rosário contou ainda com o apoio de grandes profissionais.  Conforme diz o cantor, trata-se de “irmãos e parceiros, bênçãos em minha vida”. São eles: Lívia Bittencourt, na direção artística, fotografia e vídeo clipe; Tico Paranhos e Edson Reis Filho nos arranjos e produção musical; e Janet Magalhães, backing vocal (“presente de Deus para minha vida.”).

O clipe foi gravado no Studio Toca dos Gatos, empresa do segmento musical com a qual Rosário vem realizando todas as suas produções. A intenção de, desta vez, realizar a gravação em estúdio e não em um cenário externo, foi mostrar que também nesta parte da produção artística existe leveza e beleza, quando tudo é feito para Deus. Rosário testemunha: “Havíamos feito os arranjos básicos para a gravação desse projeto. Passaram-se aproximadamente dois meses e marcamos a data para gravar. Porém, eu estava há mais de dez anos sem ao menos entrar em um estúdio, totalmente desatualizado dos métodos de trabalho desse campo, mas Deus nos abençoou de tal forma que conseguimos gravar o clipe na primeira tentativa. Com isso, ficou claro para mim que o Senhor já estava abençoando este novo projeto.”

No tocante à aceitação do público ao seu estilo musical, o reggae, o cantor e compositor declara que quando pensou em gravar não tinha nenhuma pretensão pessoal em se tornar conhecido ou aceito. Tratava-se apenas de um registro para matar a saudade de um estilo tão agradável e pouco conhecido popularmente como o reggae. “A resposta do público ao nosso trabalho foi tão surpreendente que acredito firmemente que quando Deus coloca a mão sobre um projeto o Seu fluir transforma todas as coisas”, acrescenta.

Para aqueles que vão assistir ou ouvir “Pai e Filho”, é quase impossível ficar parado e não entrar no balanço do reggae de Rosário Negro. Ao público, especialmente aos que amam adorar o Senhor embalados pela música e pela dança, Rosário Negro deixa a seguinte mensagem: “Este é o tempo de demonstrarmos de quem somos filhos. Jesus nos mostrou o caminho em que devemos andar, e, através dEle, o Pai foi revelado na plenitude do seu imensurável amor. Deus é amor! Viva esse amor! Espalhe esse amor! Shalom!”.

Ouça “Pai e Filho” via streaming: https://fluve.lnk.to/Paiefilho

Acompanhe Rosário Negro nas Redes Sociais!
Facebook: https://www.facebook.com/rosarionegroreggaeoficial
Instagram: https://www.instagram.com/rosarionegroreggae
YouTube: https://www.youtube.com/c/RosarioNegro

 

Por Ana Paula Costa
Jornalista – Assessoria de Imprensa Rosário Negro
anacostacomunicacao@gmail.com

 

Aliança do Tabernáculo lança “Não quero ser mais eu” – o desejo de ser transformado pela Palavra de Deus

O ministério Aliança do Tabernáculo, de estilo pop gospel, foi criado em 2005, com o objetivo de anunciar o Reino de Deus por intermédio de louvores, levando Salvação, libertação e cura a milhares de pessoas.

A história do grupo começa com uma inspiração divina dada e confirmada através de intensas orações à cantora, compositora e vocalista, Kátia Gomes Rosa. Ela relata que o seu desejo era dar ao grupo um nome forte e diferente, que transmitisse a verdadeira essência do ministério. E, assim, nasceu o Aliança do Tabernáculo (AT), cujo nome faz lembrar o pacto de Deus firmado com o povo santo no deserto de que Sua presença gloriosa, bem como Sua fidelidade, estaria para sempre com eles. Desta forma, cada vez que uma pessoa, ao ouvir e cantar os louvores da Aliança do Tabernáculo, é tocada pela magnífica presença do Espírito Santo, o propósito do grupo se cumpre.

E, assim, inspirada e agradecida por tudo o que Deus vem fazendo através desse ministério de adoração, e ciente de que a obra santa não pode parar, é que o AT lança seu novo single intitulado “Não quero ser mais eu”. Trata-se do novo trabalho do ministério, uma composição de Kátia Rosa, vocalista e líder do ministério Aliança do Tabernáculo. O single já está em todas as plataformas digitais, bem como através de um videoclipe no YouTube.

A canção é baseada na carta de Paulo aos Romanos, capítulo 7, versículos 14 a 20, na qual o apóstolo relata sobre o seu desejo de ser transformado pela Palavra de Deus. Assim, esse novo trabalho traz como mensagem central essa subjetividade do cristão adorador, ou seja, esse ardente desejo de transformação genuína do ser interior, aquela vontade que queima no coração de não ser mais ele mesmo, mas alguém transformado, mais parecido com Cristo, capaz de resistir ao pecado e transcender o físico e natural.

Sobre os bastidores da produção do single “Não quero ser mais eu”, Kátia Rosa conta que parte do clipe foi gravado em pontos estratégicos de Conceição da Barra, litoral norte do Espírito Santo, local agraciado com belas paisagens e um clima de paz. Kátia é capixaba. Outra parte do clipe contou com o cenário burguês e boêmio da Avenida Paulista, além de imagens do Viaduto do Chá, no Centro de São Paulo, revelando assim um contraste de ambientação e emoções humanas.

Ainda segundo a cantora, a intenção primeira da produção do single sempre foi a de levar a mensagem da Palavra de Deus aos quatro cantos da terra através do louvor, e que desse propósito algo interessante aconteceu: “Já tínhamos gravado o clipe dessa canção com uma proposta diferente da atual, cuja gravação foi realizada à noite com iluminação artificial. E, de repente, decidimos mudar de perspectiva fazendo uma mesclagem de cenas, onde algumas aconteceriam durante o dia, com iluminação natural, tendo a minha participação, e outras seriam realizadas à noite com a participação de alguns figurantes.”. A intenção desta nova proposta, conforme atesta a vocalista, é dar ao seu público o claro entendimento do livre arbítrio que Deus nos dá, ou seja, o poder de escolher caminhar na luz ou nas trevas.

A canção oficial desse novo sucesso, “Não quero ser mais eu“, foi gravada no Mosh Estúdio, em São Paulo. Trata-se de um lançamento Fluve Digital / Som Livre. Com interpretação do Aliança do Tabernáculo, o projeto contou com a produção de Ryan Dias; mixagem e masterização de André Malaquias; direção e edição de Albino Junior; imagens de Albino Junior, Kaptar e Paulo Nunes. Local das imagens: Av. Paulista, Viaduto do Chá, Centro de São Paulo e Conceição da Barra (ES).

Aos admiradores do grupo, Kátia Rosa que, agora, lidera sozinha o Aliança do Tabernáculo, deixa o seguinte recado: “Que a mensagem dessa canção encontre abrigo e penetre de forma sobrenatural em corações sem direção, mentes desorientadas, pessoas sem rumo, com almas aflitas e destruídas pelo pecado. Que elas encontrem paz e refrigério ao ouvir essa canção ou assistir esse clipe; que elas encontrem o seu lugar de descanso debaixo das asas do esconderijo do Altíssimo. É certo que enquanto estivermos neste corpo mortal o pecado não vai deixar de existir, mas em Cristo nós podemos encontrar forças para resisti-lo, e como diz a letra dessa canção: ‘Que o espírito vença a carne, pois eu renego a natureza do pecado. EU NÃO QUERO SER MAIS EU!’”.

Ouça Não quero ser mais eu” nas plataformas digitais: https://fluve.lnk.to/naoquerosermaiseu

Acompanhe Aliança do Tabernáculo nas Redes Sociais!
Instagram:
www.instagram.com/oficial_at
Instagram Kátia Rosa: https://www.instagram.com/oficial_katiarosa
YouTube: https://www.youtube.com/c/AliançadoTabernáculo

Por Ana Paula Costa
Jornalista – Assessoria de Imprensa Aliança do Tabernáculo
anacostacomunicacao@gmail.com

Com a força de um testemunho, André e Felipe lançam “Prossiga” feat. Midian Lima

André e Felipe, uma das maiores duplas do segmento cristão, apresenta ao público a bela e forte canção “Prossiga” com a participação da cantora Midian Lima. O selo é da gravadora Uni Records. Composição de André, Felipe e Matheus Pereira, a música traz uma mensagem de fé, coragem e perseverança sob a certeza do cuidado e do agir de Deus.

André explica que o verbo que dá título à canção indica uma ação contínua entre o sonhar e o realizar: “Durante o planejamento e a execução dos nossos projetos, dos ideais que alimentamos muitas vezes desde a adolescência, existe um caminho a ser percorrido, durante o qual enfrentaremos dificuldades, poderemos ser machucados por espinhos, teremos de derrotar gigantes… Enfim, se quisermos ser vencedores, será preciso prosseguir com fé e propósito. Os bem-sucedidos sempre prosseguem a despeito de todas as lutas, porque confiam em Deus e vislumbram as bênçãos que já os esperam.

Midian Lima é uma cantora cujo trabalho há muito é apreciado pela dupla. André e Felipe lhe mostraram duas músicas, mas foi com “Prossiga” que ela se identificou mais e quis fazer o feat. com a  dupla. “Midian é uma mulher de Deus, uma pessoa que tem uma unção tremenda na voz! Gravar com ela foi uma grande alegria para nós. O público vai vibrar com este trabalho”, garante André.

Felipe conta que “Prossiga” os tocou muito porque é um retrato, um relato da própria história deles. “Enfrentamos muitos desafios e os superamos, porque Deus sempre esteve conosco. O processo de produção desse single foi muito especial, pois tivemos participação muito ativa na criação, desde a guia para deixar no estúdio até um palpite de uma guitarra, de um violão, a execução da bateria. O fato de o estúdio ser do Ed Oliver, responsável pelos arranjos, quem assinou o projeto e toda a parte musical do projeto, deixou-nos muito à vontade”, relata o cantor.

Sobre “prosseguir”, os irmãos paranaenses relembram uma experiência que tiveram no início da carreira. Na época, foi preciso muita fé e persistência para vencerem a barreira do “não tem jeito”. De família simples, muito jovens ainda, eles não tinham condições financeiras para gravar o primeiro CD. “Não tínhamos como realizar nosso sonho. Mas, com a certeza de uma fé consciente, nosso pai nos disse: ‘Nós servimos ao Deus que é o dono do ouro e da prata, Ele pode realizar o desejo do coração de vocês’. Então, ele nos propôs uma campanha de 21 sábados de oração no monte. Depois desses 21 sábados, Deus nos respondeu por meio de um casal de empresários que bancou toda a gravação do nosso CD”, relembram com alegria.

O videoclipe de “Prossiga” foi gravado no Bourbon Atibaia Resort, em São Paulo. E quem assina a produção é a renomada produtora Porqueeu Filmes, de Gabriel Braga, que grava para grandes artistas, como Jorge & Mateus, Luan Santana, Marília Mendonça entre outros.

André teve uma experiência muito particular e forte com a canção que ele mesmo interpreta. No primeiro ano da pandemia do coronavírus, assim como milhares de pessoas, ele enfrentou uma profunda tristeza. Com muitos projetos em andamento, ele se viu obrigado a parar, ficando psicológica e emocionalmente afetado. Triste e desmotivado, ele chegava a pensar, “será que o meu tempo encerrou por aqui? Será que tudo que eu tinha de fazer eu já fiz? O que vai ser daqui para frente?” Mas ao ouvir esta canção, algo novo aconteceu. “‘Prossiga’ é a música que Deus mandou como resposta para tudo que eu estava passando, para tudo que eu estava indagando. Eu senti muito fortemente a presença de Deus quando eu a ouvi. No ano passado, ela foi o meu bálsamo. ‘Prossiga’ estará sempre em meu coração e nos meus lábios”, emociona-se André.

Ele diz também que buscou ainda mais a presença de Deus nesse período e entendeu que precisava ter mais momentos com a família e também com o Felipe. “Conseguimos ter tempo de qualidade para, juntos, refletirmos e crescermos como indivíduos cristãos e profissionais que cumprem juntos o ministério dado por Deus”, relata André.

“Desde o início, quando compusemos “Prossiga” com o nosso parceiro Matheus Pereira, o propósito é o de impactar as pessoas, motivando-as a nunca desistir. Talvez eu esteja falando com você, que abandonou seus projetos de vida devido a esse caos em que vivemos atualmente. Mas saiba que Deus não se esquece de você, Ele não nos desampara. Que esta música seja para você como a voz de Deus a lhe dizer: ‘Não pare, não desista dos seus sonhos, prossiga. Eu ainda posso e vou realizar o desejo do seu coração, os sonhos que você sonhou e os projetos que você engavetou.’ Então, quando a tempestade passar e você ver os seus projetos e sonhos realizados, perceberá que valeu a pena se esforçar e prosseguir apesar de todo sacrifício que teve de fazer e dos vales que precisou atravessar. Que esta música seja um instrumento de Deus para alcançar o seu coração e mudar seus pensamentos. Que, pela graça de Deus, o Espírito Santo aja em sua vida assim como Ele tem agido em nossa vida, particularmente nestes tempos tão difíceis. Prossiga com fé e propósito!” (André e Felipe)

Ouça “Prossiga” via streaming: http://www.unirecords.com.br/Prossiga

Siga André e Felipe nas Redes Sociais!
Site oficial:
www.andreefelipe.com.br
Facebook: www.facebook.com/andreefelipeoficial
Instagram: www.instagram.com/andre_e_felipe
Twitter: www.twitter.com/andre_e_felipe
YouTube: https://www.youtube.com/c/AndreeFelipeOficial

Por Ana Paula Costa
Jornalista – Assessora de Imprensa Uni Records

anacostacomunicacao@gmail.com
Site: www.unirecords.com.br
Instagram: www.instagram.com/unirecordsoficial
Facebook: www.facebook.com/unirecordsoficial
YouTube: www.youtube.com/c/UniRecords

Em novo single, Camila Campos exalta o amor “Incondicional” de Deus

A cantora Camila Campos lança o seu single, “Incondicional”, de autoria do amigo Anderson Freire, que coleciona vários sucessos em sua carreira como cantor e compositor. A canção foi gravada e interpretada pela cantora no seu primeiro DVD – Camila Campos Live – em 24 de novembro de 2019. “Incondicional” faz parte do EP “Fé, Esperança & Amor” – Volume 2.

Camila relata ser muito marcante e especial para ela esta canção, uma vez que representa vários dos seus momentos a sós com Deus. “Eu tenho buscado muito me relacionar com Deus, não pelo que Ele faz ou por Suas bênçãos, mas simplesmente pelo Deus que Ele é: o Todo-Poderoso criador dos céus e da terra. Então, esta música fala disso, de estar na presença do Pai somente porque essa presença nos basta, não apenas para pedir coisas”, completa a cantora.

Sobre o processo de composição da música “Incondicional” e da liberação autoral para gravá-la, Camila conta que ela e Anderson Freire estavam na casa de uma amiga em comum, quando ele ofereceu uma de suas canções para ela gravar no DVD ainda em projeto nessa época. Então, ele começou a tocar e cantar várias canções de própria autoria, e quando foi a vez de “Incondicional” ela não teve dúvidas. Imediatamente se identificou com a canção e exclamou: “É esta! Quero esta!”. Prontamente, Anderson se dispôs a liberar a música, bem como a gravação.

A cantora mineira ainda revela que esta música surgiu em um momento de extrema dificuldade para ela, no qual aprendeu, ainda mais, a adorar o Senhor incondicionalmente. E que, portanto, se pudesse definir o DVD “Camila Campos Live” em apenas uma frase, esta seria: “A graça de Deus me basta!”. E completa dizendo: “Quero incentivar as pessoas a adorarem a Deus pelo que Ele é, não só pelo que Ele faz. Que a presença de Deus seja o nosso prazer!”.

A pré-produção musical e a direção geral do DVD têm a assinatura do produtor Marcos Roberto (Estúdio Mix BH). A pós-produção é de Fernando Brado. Mixagem: Fernando Prado. Masterização: Magic Master. Direção de arte e cenografia: Quartel Design e Lion Produz. Direção e captação de vídeo: Quartel Design. Direção de imagens: Amós Rodrigues. Light Designer e Light Programmer: Sheldon Barrett. Fotos: Rodney Machado, pela Quartel Design. Técnicos de Iluminação: Robson, Maicon e Thiago. PA/Estrutura: Marcelo Cunha e Ronald Faula. Som e luz: Tecnoproduções. Bateria: Lucas Ezequiel. Baixo: Marlon Alves. Guitarras: Caio Cabeça e Renato Laranjo. Teclados e Sound Designer: Marcos Roberto.

A nova versão dada por Camila Campos à canção “Incondicional” está bem diferente da original interpretada por Anderson Freire: “Posso dizer que esta versão, ficou a minha cara, um pop rock. Mas mantivemos a essência da letra e da melodia. Espero que ele (Anderson Freire) goste”, completa a cantora com satisfação, dizendo acreditar que, assim como ela foi tocada pela canção, muitas vidas serão alcançadas por meio desta música.

Camila Campos encerra deixando uma mensagem especial a todos que irão ouvir ou assistir esta bela canção, “Incondicional”: “A presença de Deus é que faz a diferença em nossa vida. Sem a presença dEle não somos nada. Mas precisamos entender isso para além de uma barganha. Estar em Sua presença não pode ser uma troca: eu louvo, Deus me abençoa. NÃO! A cada dia precisamos ‘viver’ essa presença como sendo o suficiente. Só de estar com o Pai me basta. Só de ser amado e salvo pelo Poderoso me basta. E as bênçãos… são consequências! Elas vêm porque estamos próximos do Abençoador, não porque merecemos, mas porque Ele, em Sua infinita misericórdia, nos abençoa!”.

 Ouça via streaming: https://orcd.co/incondicionalcc 

Acompanhe Camila Campos nas Redes Sociais:
Spotify:
https://open.spotify.com/artist/3iL0W1842WwK01dxEdtOy5
Deezer:
https://www.deezer.com/br/artist/8729602
Site:
www.camilacampos.com
Loja: www.camilacampos.com/loja
Facebook: www.facebook.com/CamilaCamposOficial
Twitter: www.twitter.com/camilacamposp
Instagram: www.instagram.com/camilacamposp
YouTube: www.youtube.com/camilacamposministerio

 

Por Ana Paula Costa
Jornalista – Assessora de Imprensa Camila Campos
anacostacomunicacao@gmail.com