Mãos úteis

Resultado de imagem para maños de abuelo

 

Na velhice, quero minhas mãos, assim,

iguais  as de minha mãe e minha avó,

símbolo da bondade:

manchadas, enrugadas, cansadas,

com certificado real

de serviço e utilidade,

prontas para servir até o fim.

Não quero mãos inúteis,

tecendo o crochê do mal,

encolhidas, economizadas,

siliconadas, imprestáveis,

incapazes de desfazer um nó,

escravas de belezas fúteis,

prefiro mãos abençoadas,

protetoras e amáveis,

iguais  as de minha mãe e minha avó.

Ivone Boechat

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *