Algumas formas de gentileza

 

Resultado de imagem para kindness illustration

Respeitar as pessoas no recolhimento, na fila, nas ideias, nas escolhas, em tudo.

Oferecer o banco, o sorriso, o abraço para quem precisa mais do que você.

Nunca espirrar, tossir ou falar em cima de ninguém nem dos pratos do self- service.

Ajudar a quem precisa atravessar a rua, abrir ou fechar uma porta, a subir um degrau na vida.

Carregar um pacote, uma resmungação, um jogo de impaciência, levar a mala, sem reclamar.

Respeitar a opção pelo canal de TV dentro de casa, quando o mais idoso preferiu “aquilo”.
Em muitas casas tem mais de um aparelho de TV e na INTERNET tem tudo.

Nunca usar o som num volume mortal, acima de 50 decibéis, no Lar, na Escola, na Igreja.

Não alterar a voz ao se dirigir à pessoas do grupo, se discordam de você.

Caminhar, respeitando o ritmo de idosos, crianças e portadores de necessidades.

Resumir o assunto, quando puder, nas conversas virtuais é de extrema gentileza.

Jamais perseguir o bom humor, o otimismo e a esperança de ninguém. Nem a sua.

A maior gentileza é habitar e circular na Terra com boas intenções.

Ivone Boechat

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *