Ton Carfi e a participação especial de Dilsinho na canção “Infinitamente Mais”

Em mais um trabalho incrível, o cantor e compositor Ton Carfi lança, pela Som Livre, a bela canção “Infinitamente Mais”, uma composição de Samuel Messias, que contou com a participação mais que especial do cantor Dilsinho. O single já está em todas as plataformas digitais e no YouTube com um videoclipe no canal oficial do cantor.

A canção “Infinitamente Mais” faz parte do álbum “Tríade” (2019). O cantor relata que, embora ela estivesse em um álbum com várias músicas lindas também, ele e sua equipe resolveram acreditar no seu potencial e dar a ela uma atenção especial. Ton diz ainda que isso acontece quando um álbum é lançado e não um single, pois, devido ao volume de canções, fica difícil dar atenção para todas as músicas. Então, algumas canções são escolhidas para receberem uma atenção maior na divulgação. “‘Infinitamente Mais’” é uma música que se mostrou especial sem termos olhado para ela no álbum Tríade. Isso porque essa composição começou a ser compartilhada e postada nas redes sociais por muitas pessoas. Foi então que resolvemos acreditar mais nela e dar uma atenção maior apostando no seu potencial. Foi o mesmo que aconteceu com a música ‘Minha Vez’, que eu já a havia lançado no álbum ‘História de Davi’, e depois resolvemos lançá-la mais uma vez no meu dueto com o Livinho. A música estourou, e foi um grande sucesso”, explica Ton.

Foto/João Carlos Rocha.

Ele ainda diz que a ideia de ter a participação do Dilsinho em uma música vinha da época do lançamento do álbum “Tríade”: “Era para ele (Dilsinho) ter cantado essa música comigo no álbum. Só que, na época, ele estava fazendo um trabalho em estúdio, gravando um outro disco dele, e o único período que ele tinha para gravar foi justamente aquele. Estávamos em uma época pré-pandemia, ele ainda estava em uma sequência de shows e tinha tirado aquela semana para gravar o seu projeto. De forma que ele não conseguiu estar comigo nesse primeiro trabalho. Então, na ocasião, ele comentou: ‘Vamos regravar essa música num outro momento, ou então uma outra música. Eu quero cantar com você’. E esse momento chegou! Chegou a hora de gravarmos juntos a canção ‘Infinitamente Mais’, alegra-se Ton.

O cantor relata que ele e o Dilsinho já se conheciam, tendo sido apresentados anteriormente pelo Bruno, do Sorriso Maroto, durante a Festa da Música, no Rio Grande do Sul. Nessa época, o Dilsinho ainda não tinha carreira nenhuma, não era conhecido, e Ton diz lembrar-se de o Bruno ter comentado: “Olha, uma hora esse menino ainda vai estourar nas paradas de sucesso, vai explodir…”. E, hoje, isso se tornou uma realidade, uma vez que ele é um dos top 10 da música brasileira.

Ton conta que gravar com o Dilsinho foi algo muito especial, “pois ele é uma pessoa de muito boa índole, muita luz, um ser humano muito humilde e simples”, e que os seus encontros, as conversas dos bastidores, sempre foram muito bacanas. Ton acrescenta: “Nós compartilhamos acerca de experiências e fatos engraçados que cada um viveu na carreira, na estrada.” 

Quando perguntado sobre suas parcerias, Ton Carfi demonstra se sentir muito feliz com cada uma: “Eu tenho feito excelentes parcerias, trazendo algumas especiais para a minha carreira. Antes do Livinho, Jefferson Moraes e, agora, o Dilsinho, eu fiz a primeira parceria com o Bruno Cardoso, do Sorriso Maroto. Depois eu fiz com o cantor Buchecha. Eu amo isso, essa parceria com pessoas de outros gêneros musicais.” 

E o cantor ainda completa: “Já há muito tempo eu perdi esse preconceito de que música gospel e secular não se misturam. Tirei esse rótulo que separa o que é um e outro gênero. Eu acho que tudo o que fala de coisas boas, de coisas que Deus criou, é tido como música de Deus. Então, se a pessoa canta sobre o amor de um homem para com uma mulher, de um amor puro, isso é música de Deus, é música cristã. Penso que essa forma de companheirismo, amizade, lealdade, se está protestando contra alguma injustiça social, isso é música de Deus. Então, para mim, esse rótulo de ser ou não de Deus não existe mais. Existem músicas que embora não elevem nem falem o nome de Deus especificamente, ou positivamente das coisas que Deus fez, são músicas que retratam a realidade da nossa sociedade. E a arte é isso. Muitas pessoas falam que existem músicas que incentivam essa ou aquela coisa, mas não é assim. Ela apenas retrata o que já está acontecendo. Então eu sou uma pessoa muito aberta em relação à música, em relação aos cantores. Eu conheço muitos cantores do estilo secular que são mais corretos em seu caráter do que pessoas do estilo gospel, e vice-versa também. Então, para mim não existe mais esse preconceito, esse rótulo. Pelo contrário, eu não gosto disso. E lidar com as críticas é um fato que eu enfrento na minha carreira desde o início, até pelo estilo de música meio alternativo que eu faço: a música eletrônica, um hip hop, um trap… Também, não raro, recebo críticas pela forma como me visto, pela forma como me porto, entre outras coisas, mas, infelizmente, a gente tem que lidar com isso. Também encaro com muita naturalidade a questão de gravar com cantores de outros gêneros, de músicas seculares, porque Jesus Cristo também era criticado quando se assentava com todo tipo de pessoas e comia com elas, sem fazer distinção entre as pessoas ou se preocupar com a religião ou credo que seguiam. Então, se Jesus não agradou a todos, quem sou eu para agradar?”, compartilha Ton o seu ponto de vista em relação às parcerias que faz na música.

Sobre os bastidores do projeto “Infinitamente Mais”, as cenas do clipe foram gravadas no Estúdio do Chefe, no Rio de Janeiro, Capital, e as cenas do menino foram gravadas em uma floresta em Petrópolis (RJ). A direção de vídeo ficou a cargo do Dil, e quem produziu a música foi o Edi Oliver. Direção geral de Ton Carfi e Ricardo Porpeta.

A mensagem que Ton Carfi deixa para todas as pessoas que ouvirem essa música ou assistirem pelo YouTube é que venham a entender “que o nosso Deus não é um Deus de escassez. Nosso Deus não é um Deus de miséria. É um Deus que veio para trazer vida, e vida abundante. Ele é um Deus que tem ‘infinitamente mais’ do que tudo aquilo que pedimos ou pensamos. Às vezes, ficamos com vergonha de pedir algo para Deus porque pensamos que é pedir muito, então a gente não recebe porque não pede. Mas Deus é poderoso para realizar e nos dar muito mais do que tudo aquilo que pedimos ou pensamos. Nós temos que tomar posse dessa plenitude e vivê-la em Cristo. Essa é a mensagem que eu quero deixar.”

Ouça a canção “Infinitamente Mais” – Ton Carfi & Dilsinho nas plataformas digitais: https://somlivre.lnk.to/Infinitamente_Mais

Acompanhe Ton Carfi nas Redes Sociais!
Instagram:
https://www.instagram.com/toncarfi
Facebook: https://www.facebook.com/toncarfioficial
Twitter: https://twitter.com/TonCarfi
YouTube: https://www.youtube.com/TonCarfi

 

Por Ana Paula Costa
Assessoria de Imprensa Som Livre
anacostacomunicacao@gmail.com
www.somlivre.com
www.facebook.com/somlivre
www.instagram.com/somlivre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *