Ivone Boechat

– Ivone é Professora e Consultora em Educação, de Niterói/RJ. Tem 16 livros publicados. Promove palestras, cursos e treinamento em todo o território nacional e no exterior. Artigos: Click aqui e veja os artigos deste colunista

INGRATIDÃO

Quando a ingratidão bater na sua porta, lute, por favor, não deixe que ela entre  nas suas independências; diga-lhe que a felicidade está ocupando todo o seu espaço interior. Expulse a ingratidão, sem apertar-lhe a mão, jamais mostre lágrima ou tristeza  pelo desencanto, porque isto  vai dar alegria ao inimigo; todo risonho,  feche a porta …

Orgulho

Tem gente vaidosa e prepotente que a humildade passa longe, com medo do vírus do orgulho, um perigo iminente. Encostar no fingido, metido a monge, é pegajoso, cansativo, uma cruz. Felizmente, a vida tem uma luzinha, preste atenção, ela pisca e reluz, costuma acender, quando se encosta de leve no fio do orgulho, dá choque …

Outono

Primavera, verão, outono, outono, última estação que o trem da vida atravessa, antes de chegar ao inverno. Então é tempo de catar falhas e folhas pelo chão, tempo de desviar o olhar da contramão. No outono, hiberno para limpar as lentes e contabilizar o que vivi: sei que não vou retornar, àquelas primaveras que não …

Mãos úteis

  Na velhice, quero minhas mãos, assim, iguais  as de minha mãe e minha avó, símbolo da bondade: manchadas, enrugadas, cansadas, com certificado real de serviço e utilidade, prontas para servir até o fim. Não quero mãos inúteis, tecendo o crochê do mal, encolhidas, economizadas, siliconadas, imprestáveis, incapazes de desfazer um nó, escravas de belezas …

ECO

Ivone Boechat   Quanta beleza existiu, um dia na minha infância, éramos amigos criança, muitos ninguém mais viu. Gritos de saudade ouve-se nos cantos da idade, sem eco, sem memória, sem víeis, tentando reter a fraternidade; as crianças se procuram na memória, vivem outros mundos, estão em outros papéis mantidos na própria história.  

Prece de Natal

Senhor, não permite que as crianças peçam esmolas neste Natal! Enxugue a lágrima da mãe cujo filho não voltou, sara as dores do mal, sensibilize aquele que abandonou… Que os homens entendam o significado da estrebaria como símbolo de humildade, amor, comunhão; ouve, ó Senhor, as  orações, que a mensagem dos anjos domine os corações. …

Pinheirinho

O pinheirinho guarda segredos, saudades, esconde medos, abriga esperanças, acende lembranças, enredo de muitas idades; no pinheiro, há lágrimas perdidas, pedidos pendurados por carências, adiados, na efervescência da vida; o pinheirinho é você mesmo, erguido, cheio de fantasias, sofrido… enfeitado, ignorando maldades, acendendo esperança, apagando falsidades. Ivone Boechat