Biografia de Aline Barros é destaque na mídia secular

O segundo semestre deste ano foi dominado pelas biografias. As editoras, graças à proximidade do Natal, apostaram no gênero e intensificaram os lançamentos nas últimas semanas, provocando uma verdadeira guerra mercadológica.
Com nomes curtos e capas em preto e branco, as biografias, geralmente de políticos e astros da música, apresentam histórias de orgias, desabafos, drogas e crueldade. Nadando contra a corrente, Aline Barros lança sua autobiografia, um relato de superação e amor a Deus.
Publicado pela Thomas Nelson Brasil, “Fé e Paixão” conta a trajetória de desafios e vitórias, do início de sua carreira no Rio de Janeiro ao reconhecimento internacional. Semelhante a um diário, a cantora gospel mais popular do país dá lições de vida e de valorização da família.
A carioca ganhou o Grammy Latino na categoria melhor álbum de música cristã em língua portuguesa em 2004, 2006 e 2007. Comoveu milhares de pessoas em Porto Rico, Londres, Coreia do Sul, Venezuela e muitos outros países.

Fonte: O Verbo / Livraria da Folha

“Quero me manter virgem até o dia em que me casar. Fui criada em uma família cristã”, diz Miley Cyrus

Estrela da TV, estrela da música, estrela do cinema. Quarta pessoa mais bem paga do show biz “antes dos 30”, com faturamento anual de US$ 48 milhões (aproximadamente R$ 82 milhões). Miley Cyrus construiu sua carreira como uma garota de família conservadora, seguindo as regras da igreja cristã e mesmo namorando famosos como Nick Jonas, dos Jonas Brothers, com o modelo Justin Gaston e também com o ator Liam Hemsworth a atriz afirma que quer se casar virgem.
Miley nasceu dia 23 de novembro de 1992 em Nashville, Tennessee, filha de Billy Ray Cyrus, grande galã da música country norte-americana e sua mulher Letícia. A pequena estrela cresceu em uma fazenda de 2 km² com cinco irmãos e, quando bebê, foi apelidada pela mãe de “Smiley” – “sorridente”, em inglês.
Logo cedo, aos 11 anos de idade, Miley iniciou suas aventuras no showbiz, seguindo os passos do pai, que na época estrelava o seriado “Doc”. Ela fez uma bateria de testes para séries de TV, mas como era muito inexperiente, acabou não conseguindo um papel.
Dois anos depois, em 2005, Miley agarrou a oportunidade que iria mudar completamente sua vida: ela foi escalada para o papel principal na série “Hanna Montana”, a maior aposta da Disney para a TV naquele ano. Ela interpretava uma adolescente com dupla personalidade — de dia era uma garota comum e de noite uma famosa cantora pop.
Em 2006, o programa já era a atração mais assistida entre jovens de 6 a 14 anos. O sucesso continuou com a trilha sonora, que atingiu o topo das paradas da Billboard. Miley se tornava também, uma sensação da música com disco de platina triplo e uma mega turnê pelos Estados Unidos, com ingressos esgotados em todas as cidades.
Na estrada com a turnê “Best Of Both Worlds” de 2007, Miley anuncia o namoro com o cantor Nick Jonas, da banda Jonas Brothers que também são da Disney. Na época, ele tinha apenas 14 anos e chegaram a juntar as turnês. “A gente se ama”, contou ela à revista “Seventeen”. O namoro duraria dois anos.
No mesmo ano, em julho, Miley foi capa da revista “People” ao lado do pai. “A preocupação é manter os pés dela no chão”, disse Billy Ray à publicação. O cantor também revelou que Miley frequentava a igreja todas as semanas e também ficava de castigo, caso fizesse algo de errado.”Quero me manter virgem até o dia em que me casar. Fui criada em uma família cristã”, disse ela.

Fonte: O Verbo / Guia-me

Marina de Oliveira vence o Grammy Latino 2010

Marina de Oliveira é o nome do vencedor da 11ª edição do Grammy Latino 2010 na categoria Melhor Álbum de Música Cristã em Língua Portuguesa: Marina de Oliveira, com o CD Na Extremidade (MK Music).  Esse é o primeiro Grammy Latino conquistado por Marina, que foi indicada no ano passado com o CD Eu Não Vou Parar.
A categoria em que ela concorreu foi criada no ano de 2004. Marina de Oliveira foi a Las Vegas com outros dois indicados da gravadora: Bruna Karla e Kleber Lucas. Todos a parabenizaram e comemoraram ao receber a notícia. Na mesma categoria concorreram ainda Paulo César Baruk, Soraya Moraes, padre Zezinho e a banda católica Rosa de Saron.
O prêmio foi um reconhecimento da Academia Latina de Gravação (Laras) pelo CD Na Extremidade, lançado este ano. Para a música gospel brasileira teve um gostinho de homenagem por tudo que Marina fez pelo segmento ao longo desses quase 25 anos de ministério. “Gostaria de agradecer ao meu Deus por ter sido a fonte de minha inspiração nestes 25 anos como cantora evangélica. Gostaria de oferecer este Grammy a minha família, a minha mãe principalmente. Também aos meus produtores, músicos, técnicos e engenheiros. E é claro à minha gravadora, MK Music e a todos que trabalham lá, por nunca terem me deixado desistir. Este Grammy é de todos vocês. Muchas gracias” agradeceu Marina, muito emocionada após receber o gramofone das mãos da apresentadora Barbara Palacios.
Marina está nos Estados Unidos desde sexta-feira (5) acompanhada por sua mãe e Presidente da MK, Yvelise de Oliveira, a Diretora Administrativa da gravadora, C ristina Xisto, e o relações públicas Laudeli Leão. A cantora caprichou na produção para participar da festa. O vestido em tom rosa claro com nude, da estilista Marta Macedo, da grife Martu, demonstrou o glamour que a ocasião pede. Todas as celebridades da música latina – gospel e secular – passaram pelo tradicional tapete verde da estrutura montada no Mandalay Bay Events Center, em Las Vegas.
Após o anúncio do resultado, Marina recebeu centenas de mensagens de congratulações pela internet: twitter, facebook, orkut etc. “Estou duplamente feliz: Pela minha filha Marina, que mereceu esse prêmio, e pela MK ter conquistado mais um gramofone. A MK trabalha muito, e o Senhor recompensou todo o nosso esforço. Parabéns Marina, parabéns a toda família MK, que se dedica com força e talento dia-a-dia para levar o melhor da música gospel ao povo de Deus”, declarou a Yvelise de Oliveira, após vibrar com mais essa vitória, o quarto Grammy Latino da gravadora .
Rogério Vieira, produtor do CD Na Extremidade, também falou sobre a conquista. “Estou perplexo, esse Grammy tem um sabor especial. Mais do que todos que eu já consegui. Agradeço a Deus por esse projeto e, se eu pudesse dedicaria ao Sérgio Menezes pela pessoa que ele foi nas nossas vidas. Não sei como agradecer a Marina e a dona Yvelise por essa oportunidade e por tudo que ela representa para nossa música no Brasil. Depois de tudo que aconteceu no momento que mais precisei, as duas sempre me estenderam a mão. Estou emocionado e sem palavras. Que vitoria linda”!

Fonte: Radio Itaperuna FM

Aline Barros vai participar do “Show da Virada”

O Show da Virada deste ano da Rede Globo vai contar com a presença da cantora Aline Barros.
Transmitido todos os anos pela emissora, o evento que reúne diversos artistas vai ao ar no dia 31 de dezembro, com uma pausa para a queima de fogos, ao vivo, das principais capitais do país e continua no dia 1º de janeiro.
Esse ano os shows serão gravados nos dias 23 e 24 de novembro em São Paulo, no Credicard Hall. Aline Barros será a única representante da música gospel na atração.

Fonte: MK Music

“Creio que Jesus morreu na cruz pelos meus pecados”, diz Justin Bieber

O galã teen domina a web. Foi descoberto no YouTube, tem quase 6 milhões de seguidores no Twitter. Canta músicas de sucesso. Sua turnê e álbum estão entre os 20 mais bem-sucedidos do país. O novo álbum está chegando em algumas semanas e o filme sobre sua vida será lançado ano que vem. No início do mês atraiu fãs o suficiente para fechar temporariamente uma livraria onde promoveu o livro “Justin Bieber: Uma biografia não autorizada”
Mais de 1.000 garotas adolescentes e pré-adolescentes, além de um punhado de rapazes, muitos acompanhados dos pais, esperaram em uma longa fila que se estendia pelo centro popular de compras. Queriam ter a chance de conhecer o jovem cantor canadense. Todos garantiram as pulseiras que funcionavam como senhas quando compraram o livro sobre a ascensão de Bieber à fama alguns dias antes.
A loja fechou as portas e cobriu as janelas com cortinas pretas enquanto os fãs entravam para ter seus livros autografados e posar para uma foto ao lado da estrela pop de 16 anos.
Antes da confusão dos fãs começar, Bieber falou com a Associated Press sobre seu livro e suas ambições futuras.
Associated Press: Suas fãs já conhecem bem a sua história, por que contá-la novamente em um livro?
Bieber: Não sei se elas sabem de tudo que vivi. Nunca tive a chance de contar eu mesmo. Contei muitas coisas em entrevistas, pessoas têm escrito artigos, mas não sou realmente eu falando. Agora consegui escrever todos os meus pensamentos e dizer-lhes o que estou sentindo, sabe? São coisas diferentes.
AP: Uma das revelações é sobre sua religião e fé. Como você concilia isso com as tentações de Hollywood?
Bieber: Hollywood é … um lugar assustador. Há muitas coisas acontecendo, um monte de coisas ruins, mas também muitas coisas boas. Consegui realizar o meu sonho e fazer um monte de coisas boas. Na real, eu nem sequer penso sobre religião. Tipo, eu sou cristão, acredito em Deus, creio que Jesus morreu na cruz pelos meus pecados. Acredito que temos um relacionamento, posso falar com ele. De verdade, Ele é a razão pela qual estou aqui, então preciso me lembrar disso. Assim que começo a esquecer, tenho de religar isso e pensar ‘sabe, é por isso que estou aqui’.
AP: Você já realizou um monte de coisas. Que rumo você pretende tomar em seu futuro?
Bieber: Eu me vejo aos 30 anos provavelmente já casado. Eu não sei. Parece algo distante para mim. Quero ser um pai ainda jovem. Não quero ser velho e não poder mais chutar uma bola de futebol, sabe? … Eu me vejo fazendo uma transição suave de adolescente, tá bem, de galã adolescente, para um cantor adulto. Quero fazer essa transição como Usher e Justin Timberlake fizeram.
AP: Pretende manter seu foco na música?
Bieber: Exatamente. As pessoas sempre dizem: “Seu cabelo é a sua marca registrada”, esse tipo de coisa. Eu sou assim, não. Sabe, minha voz é a minha marca registrada.

Fonte: MSN/ Gospel Prime

Cantora Gospel morre cantando durante culto

A cantora gospel Milaine Marcelino Nascimento morreu no domingo (31) à noite vítima de parada cardiorrespiratória fulminante durante um culto na Igreja Evangélica Avivamento Bíblico em Sarandi (a 12 quilômetros de Maringá). Ela estava cantando no momento em que passou mal e caiu desacordada no palco.
Em Maringá há 10 anos, a cantora de 29 anos frequentava assiduamente a Igreja Assembleia de Deus do Jardim Alvorada e não tinha histórico de problemas de saúde. “Ela era uma jovem muito amável, carismática, todos aqui na igreja gostavam muito dela”, contou o pastor Osmir Coutinho.
Nos dois últimos anos Milaine percorreu vários Estados divulgando o CD de música gospel gravado em 2008. Atendendo a convites ela se apresentou no Nordeste, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e até mesmo nos países vizinhos Argentina e Paraguai.
iGoospel.com – Portal gospel com notícias,música,videos,chat,bate-papo evangélico e muito mais acesse: www.igoospel.com / www.chat.igoospel.com / www.busca.igoospel.com.
Milaine está sendo velada na Igreja Assembleia de Deus, na Rua Pastor Anísio Francisco da Silva, 732, no Jardim Alvorada. O sepultamento será no Cemitério Municipal de Londrina às 16 horas.

Fonte: odiario

Johnny Cash entra para o Hall da Fama da Música Gospel

O cantor e compositor Johnny Cash, morte em 2003, é um dos quatro novos integrantes do Hall da Fama da Música Gospel americano.
Cash cresceu ouvindo canções gospel, tendo se aproximado da religião e música cristãs como forma de se livrar de seus vícios. Durante quase meio século de carreira, vendeu mais de 50 milhões de discos e ganhou 11 prêmios Grammy.
O músico morreu em 12 de setembro de 2003 após anos de saúde fragilizada devido aos diabetes e excessos, especialmente do álcool. Sua morte ocorreu apenas quatro meses depois da esposa, June Carter Cash. A história do casal pode ser vista no longa “Johnny & June” (2005), de James Mangold.
A cerimônia de introdução de Cash será realizada no dia 24 de janeiro, no Tennessee. Na ocasião, também serão apresentados os outros recém-incorporados DeGarmo & Key, The Golden Gate Quartet e Bill “Hoss” Allen.
Criado em 1971, o Hall da Fama da Música Gospel atualmente conta mais de 150 integrantes.

Fonte: O Verbo / eBand

Ja Rule será pastor de jovens em filme americano

O Rapper Ja Rule vai estrelar o filme baseado na fé “I´m in Love with a Church Girl” (Estou Apaixonado pela Garota da Igreja), de um ex-presidiário que hoje é um pastor.
O Rapper Ja Rule estrela em “I’m in Love with the Church Girl,” filme escrito pelo pastor Galley Molina, um ex-presidiário de San Jose, Califórnia. O filme está previsto para ser lançado em 2011.
O filme também é estrelado pela cantora e atriz Adrienne Bailon (integrante do já dissolvido Cheetah Girls), o Cristão convertido Stephen Baldwin e renomado artista da música Toby Mac.
“I’m in Love with a Church Girl,” um filme lançado direto para DVD, foi escrito pelo próprio Pastor Galley Molina, ainda em sua cela na prisão. Ele conta a história de como estava no topo da principal rota do tráfico de drogas, em meados da década de 1990 e como sua vida mudou depois que alguém levou a repensar sobre sua fé.
Ele agora é o pastor de jovens da Igreja Evergreen Valley, em San Jose, Califórnia.
“Em 1996, foi condenado a cinco anos de prisão,” disse ele. “Durante esse tempo, mesmo antes de eu ser preso, eu já estava frequentando a Igreja. Não é que eu fui embora e depois encontrei a Deus. Deus e eu já tínhamos algum tempo juntos. Deus usou isso. E a isso se deve o slogan do filme ‘às vezes Deus usa medidas extremas para lidar com situações extremas.’”
Enquanto ele estava lançando a idéia do filme, os estúdios queriam transformá-la em filme sobre gangues de rua e de violência, disse ele. Mas ele se recusou a usar o glamour do mundo do rap. Ele comentou, “Você provavelmente não vai ouvir hip hop no filme, mas é tudo orquestra de cordas de grandes jovens com lindas canções de adoração.”
Molina está orgulhoso em anunciar que ele montou todo o elenco. Ele afirmou que escolheu tanto Baldwin como Bailon por sua sólida formação cristã e de seus talentos, e ele conhecia Ja Rule de seus tempos de música.
“Ja Rule tem ministrado. Ele é um amigo querido. Estamos orando muito por ele. Ele tem estado aberto, tem sido tão [receptivo] para a Palavra,” disse Molina.
Molina também fundou sua própria companhia de produção independente, Reverence Gospel Midia, da qual ele espera lançar dois filmes ao ano com fundamentos de fé. “I’m in Love with a Church Girl” é seu filme de estréia para a empresa.
O pastor de jovens tinha a intenção de contar sua história em um livro, mas decidiu fazer um filme. Ele observou que o filme iria interpor tanto o público secular como o Cristão.
Um rapaz de rua, disse ele, diria: “Nossa, muito bom, gostei, uma história bem legal,” enquanto um Cristão diria “Aleluia Deus, é uma grande história, isso é inspirador.”
“Eu percebi que você não pode estabelecer limites. O povo de Deus é o povo de Deus,” observou.

Fonte: Portal Eu Creio

Banda Dissonia no Gospel Party – A Festa! (2ª edição) dia 06 de Novembro

Banda Dissonia, de São José – SC, de rock alternativo cristão, com três anos de estrada e foco em músicas próprias com letras de edificação e evangelismo. Tem como influências musicais bandas como Foo Fighters, Incubus, Dead fish, P.O.D, Rodox, Oficina G3, Resgate, Hillsong, 4/1, Red Hot Chili Peppers, Blink 182, Brooke Fraser, Flyleaf, U2, As Tall As Lions entre outras.
Integrantes:
Mauricio Fischer – Voz e Guitarra  – Congrega na Igreja do Nazareno – Barreiros
Bruno Arceno – Guitarra – Congrega na Igreja Luterana de Barreiros
Raphael Donida – Baixo – Congrega na Igreja Luterana de Barreiros
Harry Tiefense – Bateria – Congrega na Igreja Luterana de Barreiros
É importante salientar que nós quatro temos histórias semelhantes, de anos vividos longe de Cristo e tocando em bandas seculares até o momento em que fomos encurralados e resgatados  pelo amor de Cristo. Em gratidão a este amor estamos dispostos falar dele através da linguagem através da qual melhor nos expressamos e pela qual Deus usou como importante instrumento na nossa conversão, que é a música.
Desde já agradecemos pelo incentivo e pelo carinho, por serem nossos aliados nesta missão que estamos dispostos a cumprir!

Em Cristo,
Banda Dissonia

Confira mais sobre a banda neste site http://jornalgospelnews.com.br/bandas/