A Gospel Music Brasil lança sucessos da Som & Louvores no digital

Títulos que marcaram época já podem ser novamente desfrutados pelo público, agora no formato digital

A carta de Paulo aos Romanos, capítulo 13, verso 7, diz para dar a cada um o que lhe é devido, entre isso, a honra. Isso se torna bem verdadeiro quando falamos do Sr. Orlando Vieira do Nascimento. Este homem de valor impactou o coração de milhares de pessoas produzindo canções de qualidade que fizeram diferença e marcaram gerações. Sim, estamos falando da gravadora Som & Louvores, que tinha sede no Rio de Janeiro e São Paulo, com filiais em Porto Alegre, Recife, Curitiba e Goiânia. Essa conceituada e notória empresa atuou no mercado da música gospel, cristã contemporânea, de 1985 a 2000. De lá para cá, seu catálogo, um verdadeiro tesouro, ficou parado.

A Som & Louvores teve real importância na história da música gospel. Muitos cantores, hoje de renome, passaram a ser conhecidos a partir da gravadora, como o grupo Altos Louvores (com nomes como Sérgio Lopes, Léa Mendonça, Marquinhos Gomes, Eyshila, Ronald Fonseca, Jozyanne, Liz Lanne e Roberta di Angellis), Cassiane, Álvaro Tito, Rose Nascimento, Marcos Antônio, J. Neto, Oseias di Paula entre outros.

Na foto, o Pastor Orlando, fundador da Som & Louvores, sua esposa, a Sra. Marilene Cordeiro, e a filha, Camille Vieira.

O fundador e proprietário, Orlando Vieira do Nascimento, mais conhecido como “Orlando V.N.”, tem uma história de compromisso com Deus, lealdade e gratidão com todos os que fizeram parte da gravadora. Suja esposa, a Sra. Marilene Cordeiro de Lima, relembra que a secretária do seu esposo era a dona Rosicleudes Alves de Souza (dona Lili).  “A dona Lili começou na Som & Louvores, se não me engano, com 15 anos de idade e trabalhou conosco por 22 anos. Ela é uma pessoa de extrema confiança. Para mim, foi e continua sendo uma irmã; socorre-me quando preciso. O pastor Orlando tem grande respeito por ela; ele teve outras secretárias, como Dona Zilda e Dona Jusicleyde”, declara a Sra. Marilene.

Harpa de Ouro.

Depois de mais de 20 anos, os apreciadores da boa música poderão se deleitar com essas canções que tanto sucesso já fizeram. A Gospel Music Brasil, distribuidora de conteúdo digital do mercado cristão, com seu feeling profissional, resgata essa preciosidade e passa a relançar, agora no mercado digital, vários títulos do catálogo da Som & Louvores, com várias obras editadas pela Editora Brazil Deluxe.

A seguir, alguns dos primeiros álbuns que já foram lançados neste ano. Em 30 de abril, “Glorificando” (voz e playback), Eyshila. “Gemidos da Alma”, Irmãos Levitas. “Um Milagre”, Ravel. “Confissão” (voz e playback), Rayssa. “Nascer de Novo” (voz e playback), Rayssa e Ravel. “Brilhou a Luz”, Thalyta. Em 28 de maio, os 45 volumes da Harpa de Ouro (gravada pelo Coral Orlando VN / com as adaptações dos hinos da Harpa Cristã) com sucessos como “Chuvas de Graça” (Jose Rodrigues, Orlando V.N.), “Saudosa Lembrança” (Adriano Nobre, Orlando V.N.), “Plena Paz” (Adriano Nobre, Orlando V.N.), “Precioso Sangue” (Henry Maxwell Wright, Orlando V.N.) dentre tantos outros de igual excelência. No dia 18 de junho, 02 volumes da coletânea Santa Ceia. E, de acordo com a Gospel Music Brasil, muito mais novidades virão ainda para junho e julho.

A cantora e compositora Rayssa Peres, ex-dupla com seu irmão, Ravel, divide com os leitores um pouco da sua história de trabalho na gravadora, seu carinho e respeito pelo Pr. Orlando. “A Som & Louvores foi a primeira casa que abraçou o meu ministério. Eu era adolescente quando o Pr. Orlando esteve em minha casa. Eu e o Ravel cantamos e ele ficou extremamente impressionado e apaixonado pelo nosso ministério, tanto que fez 3 CDs: um solo meu, um solo do Ravel e um CD da dupla. Na época, não havia internet, o único meio de comunicação era o rádio, não existia mídia social, nada disso. A Som & Louvores tem uma importância muito grande no meu ministério e um lugar especial na minha vida. O Pr. Orlando sempre foi muito profissional, sério no que fazia. Ele cumpria tudo que o que se comprometia a fazer. Fico muito feliz que o catálogo desta importante gravadora sai agora no digital; que ele se propague nas mídias sociais para que todo mundo possa compartilhar conosco da nossa história, da nossa vida, do começo de tudo. Um beijo no coração de vocês!”

Também com respeito e admiração, o cantor e ex-senador Magno Malta fala do seu afeto pelo Pr. Orlando. “Gosto muito do Orlando. A minha história com ele é bem mais profunda do que simplesmente a história entre um dono de gravadora e um artista. Eu sou muito grato a Deus por ele, pelo que fez por mim. Bati na porta da Som & Louvores e ele olhou para mim como um cara famoso. Eu fui contratado naquele mesmo dia. Ele me deu advanced achando que eu era um astro, e eu não era! (Risos) A minha história com ele é algo muito forte! Quando eu já era senador, ele foi ao meu gabinete. A minha secretária me disse que o Sr. Orlando V.N. queria falar comigo. Eu disse para ela: ‘Então, fecha aí e vem todo mundo para cá.’ Quando o Orlando entrou, falei para todos baterem palma para ele. Eu tenho muita gratidão pelo Pr. Orlando, ele foi parte da engrenagem de Deus para mim, para eu chegar aonde cheguei”, relembra Magno Malta fundador, em 1994, do grupo de pagode gospel “Tempero do Mundo”.

Nesta situação tão conturbada que o mundo enfrenta devido à prolongada pandemia da Covid-19, esses lançamentos, e os que ainda virão, tornam-se um bálsamo para todos. É qualidade e harmonia, fé e esperança que se recebe ouvindo e cantando. O desejo da Gospel Music Brasil é que todos os projetos de qualidade se espalhem para que o mundo seja mais permeado por essa mensagem de paz, alegria, fé e salvação.

Confira as obras no canal YouTube da Gospel Music Brasil: www.youtube.com/gospelmusicbrasil

E também no Spotify: https://open.spotify.com/user/gospelmusicbrasil

Por Ana Paula Costa
Jornalista – Assessoria de Imprensa Gospel Music Brasil
anacostacomunicacao@gmail.com
www.youtube.com/gospelmusicbrasil

Conheça o humorista cristão Vini Rodrigues, que dá vida ao personagem Jacinto Manto

Vinicios Rodrigues, o humorista cristão Jacinto Manto, está entre os artistas mais vistos do Tik Tok. Ele iniciou a sua história de humor no fim de 2015, quando publicou seus primeiros vídeos, mas passou a levar a sério a carreira em 2016. Ele teve depressão nesse período, então, para se distrair, começou a produzir conteúdos na internet.

Desde a sua conversão a Cristo, ele frequenta a igreja pentecostal: “Sou pentecostal, então decidi criar um personagem que representasse essa ‘classe’ de cristão. Meu primeiro vídeo a fazer sucesso foi o ‘Crente Pentecostal Pedindo Pizza’. Depois disso, entendi que seria algo legal para a galera consumir e comecei a criar novos vídeos com o personagem” – conta Vinicios, mais conhecido como “Vini”, e completa dizendo que sempre pediu a Deus para que pudesse trabalhar com a sua criatividade. Hoje, “graças a Deus, trabalho com o que gosto e sou realizado”.

Membro da Igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), situada no bairro da Mooca, em São Paulo, Vini, o Jacinto Manto, acredita que, assim como todo ser humano, o cristão também precisa sorrir, dar boas gargalhadas. Ele conta que foi o humor que o tirou da depressão e que, em diversas igrejas que vai, ouve testemunhos de seguidores que estavam em depressão, mas conforme foram assistindo aos seus vídeos foram abraçados pela alegria dele e hoje são pessoas melhores. Recebe também muitos comentários de pessoas que não professavam a fé cristã, mas depois de verem que fé e alegria caminham juntas, se achegaram a Deus. “Eu sou feliz, eu sou ‘da zueira’, essa é a minha essência! Deus me fez assim, então eu transbordo essa alegria. Os comentários positivos me motivam cada vez mais a continuar, embora analise até os elogios, pois sei que, como todo ser, às vezes erro, e não posso ser apoiado por erros”, declara o humorista.

Sobre os limites que ele mesmo impõe ao seu trabalho de humorista cristão, Vini diz ser um assunto bem delicado, pois algumas pessoas se ofendem pelo simples fato de relacionar a palavra “Deus” a um conteúdo humorístico e que é difícil fazer humor e não desagradar ninguém. Contudo, não brinca mais com “línguas estranhas” como fazia no começo e também não é a favor de ofender outras religiões; fora isso, “eu tenho brincado com quase tudo”.

Vini conta que seu principal objetivo ao criar seu personagem e suas histórias é, além de dar boas risadas e divertir as pessoas, “é refletir sobre alguns exageros que nós, cristãos evangélicos pentecostais, temos”. Ele explica isso de modo bem humorado: “Eu pontuo com humor o fato de gritar enquanto se prega, os jargões engraçados (vaso, varão, tocha, terra, canela de fogo etc. (risos), o fanatismo de alguns e por aí vai. É para reflexão e muitas risadas”.

A família de Vinicios gosta das performances do Jacinto Manto, embora parte dela seja mais conservadora. Ele conta que, vez por outra, uma tia sua manda mensagens dizendo, “você não acha que passou dos limites?” (risos). O seu pastor gosta, mas lhe deu algumas orientações como não brincar com línguas estranhas. “Sempre que vou criar algum conteúdo que imagino ser polêmico, envio para pastores próximos ao meu pastor, Silas Malafaia, para analisarmos juntos os riscos. Sobre a congregação, varia bastante, muitos gostam, chegam para tirar fotos ao final do culto e tal. Mas sei que têm que não apoiam o meu trabalho”, comenta o youtuber.

Depois que começou o trabalho na internet, Vini passou a ser convidado para ministrações e hoje tem também a vertente do Stand Up do Jacinto Manto nas igrejas. “É aproximadamente uma hora de muita risada, finalizando com um período de ministração, quando conto minha superação sobre a depressão e oro com a galera; isso tem sido muito especial! Já estive nas principais igrejas do Brasil e com os principais líderes do segmento evangélico. Hoje, eles entendem que não se trata apenas humor, mas de um propósito”, comemora.

Atualmente, o humorista faz parte do cast da empresa paulista Gato Produções, especializada em gerenciamento artístico. O seu canal no YouTube possui mais de 2,7 milhões de inscritos e mais de 164 milhões de visualizações. Em maio de 2017, Vini foi o primeiro humorista cristão a participar do programa “Conversa com Bial”, da Globo. Ele responde a muitas perguntas no seu canal YouTube sempre com muito humor. As questões, por vezes, são até delicadas, mas ele explica que o fato de ser cristão, conhecer a Bíblia e temer a Deus facilita muito para colocar o limite para encaixar humor com a verdade da Bíblia.

O youtuber também gosta de humorizar em camisetas descoladas que têm mensagens cristãs. Ele diz que, em alguns casos, gosta de pegar ideias que já são bem aceitas e dar uma “pentecostalizada”. “Gosto de criar de maneira que o público se sinta representado pelas camisetas. ‘Menos Mimimi, Mais Aleluia’, ‘Keep Calm and Gira no Manto’, essas são as mais famosas, mas temos outras também. Eu as vendo nos shows e pelo Instagram @MantoStore… já aproveitando para fazer o jabá (risos).”

Eu sou muito grato a Deus pela vida de vocês que me apoiam com palavras, que se divertem comigo e, principalmente, por orarem pelo meu trabalho. Acreditem na liberdade e na alegria que vem de Cristo Jesus. Que Deus abençoe os caminhos de vocês.” (Vini Rodrigues – Jacinto Manto)

 

Conheça mais sobre o humorista nas Redes Sociais!
Instagram Vini do Tô Solto:
https://www.instagram.com/vinidotosolto
YouTube Tô Solto: https://www.youtube.com/TôSoltoo
Twitter Vini do Tô Solto: https://twitter.com/vinidotosolto
Facebook Tô Solto: https://www.facebook.com/tosoltooficial
Spotify: https://open.spotify.com/artist/6A3OIry69tkUAEhQpcVsKv

 

Por Ana Paula Costa
Jornalista – Assessoria de Imprensa Gato Produções
anacostacomunicacao@gmail.com

Lançamento: O Poder da Igreja – Quatro pontos fundamentais sobre a Igreja de Cristo

“O poder da Igreja” é uma primorosa obra literária! Com muita propriedade, o escritor Gustavo Melo, autor e organizador do livro, aborda quatro pontos fundamentais sobre a Igreja de Cristo: o seu real propósito, o seu verdadeiro chamado, o poder transformador da mensagem que ela anuncia e como é, verdadeiramente, ser uma Igreja poderosa usada por Deus.

Esses quatro pontos resumem o que as pessoas, hoje e em todos os tempos, precisam ver em nós. Essa foi a razão pela qual me senti desafiado e encorajado por Deus a escrever este livro. O meu objetivo é que a Igreja de Jesus seja encorajada a viver plenamente, por meio dEle e para Ele, a sua forma mais sublime, à qual fomos chamados. Assim, poderemos levantar um grande exército para Deus nestes dias tão instáveis que estamos vivendo.” (Gustavo Melo)

SOBRE A OBRA
O mundo vem enfrentando situações caóticas ao longo do tempo, mas, atualmente, calamidades têm assustado e atingido as pessoas de modo ainda mais avassalador e assustador. Há de se entender que o Grande Dia da volta de Jesus se aproxima. Quando? Ninguém sabe, mas somos, desde sempre, advertidos a nos preparar para que não sejamos deixados para trás. Neste contexto tão diverso, no qual alegria e dor se misturam, Salvação e perdição são confundidos por muitos, a Igreja de Cristo deve cumprir o seu papel de modo eficaz. Entretanto, ela precisa conhecer profundamente a sua identidade, para que e por que fora chamada. Ao entender esse glorioso chamado, ela estará apta a cumprir plenamente o Ide de Jesus (Marcos 16.15).

O conteúdo deste livro traz o relato das ricas experiências ministeriais do autor, durante mais de 20 anos, em diversas nações, como Índia, México, Afeganistão entre tantas outras. Essas vivências estão combinadas com os eternos ensinamentos da Palavra de Deus para que os cristãos vivam como Igreja gloriosa e triunfante aqui na terra.

Gustavo Melo conta uma das suas experiências enquanto escrevia sobre o caminho do vento, explicando como é possível ser guiado pelo vento do Espírito e conduzido por Ele a lugares no qual nunca imaginamos. Ele discorria sobre Felipe, um homem comum que, de repente, é levado pelo vento do Espírito e, quando menos percebe, estava sentado junto com o Ministro de finanças da Etiópia. O autor continuava a escrever esse capítulo no avião quando, de repente, começou a tremer ao se dar conta de que, apenas há algumas horas, ele estava praticamente na mesma situação que Felipe, pois acabara de estar na Casa Branca, em Washington, DC, participando de uma reunião na qual também participou o Vice-Presidente dos Estados Unidos, Mike Pence.

O Poder da Igreja” é uma obra que cativa o leitor pela riqueza e intensidade do conteúdo. As experiências relatadas se apresentam como exemplos estimuladores de uma vida abundante, frutífera e eficaz como Igreja de Cristo. A mensagem do livro ilumina o coração dessa Igreja, conduzindo-a à consciência da urgência do cumprimento do seu real chamado. Uma obra-prima a ser lida degustando cada palavra.

Gustavo Melo: perfil e trajetória

Arquivo Pessoal

Autor do livro “Igreja em Ação”, editado e distribuído pela Editora Abba Press, Gustavo Melo tem um mestrado em Teologia e um doutorado em Missiologia pelo Seminário Teológico Midwest, em Sikeston, Missouri.

Desde 1999, trabalha especialmente com missões, implantação de igrejas e liderança. Nesse mesmo ano, ele começou a estabelecer igrejas em aldeias indígenas no México e, em 2000, fundou as primeiras igrejas Restaurando Nações (Restoring Nations), na Índia.

Um dos principais objetivos do seu chamado e ministério é estabelecer igrejas, treinar líderes para se tornarem pastores nativos e ajudar as pessoas por meio de obras comunitárias e sociais, assim como ele tem feito no Hope Home – Índia.

Gustavo Melo é também o fundador do movimento Kingdom Generation, um evento realizado anualmente em várias nações do mundo.

O escritor tem trabalhado intensamente ao redor do mundo oferecendo liderança apostólica, treinamento e conferências sobre missões, reuniões de reavivamento e libertação, além de cursos de capacitação para liderança.

Atualmente, pastoreia a igreja Restaurando Nações (Restoring Nations) em Houston, Texas, EUA.

Deixe-me adverti-lo de que ‘O Poder da Igreja’ vai sacudir você! O sofá lhe será incômodo e espero que assim seja, porque, uma vez que isso aconteça, é sinal de que Deus está lhe chamando para algo glorioso e extraordinário! Deixe Deus falar com você e surpreenda-se com o que vai acontecer.” (Gustavo Melo)

Obra: O Poder da Igreja
Autor e organizador:
Gustavo Melo
Capa: Brochura
Páginas: 184
Cor: Preto e Branco
Medida: 16 x 22
ISBN: 9798692437686
Preço: R$ 24,00 (preço de lançamento)

 

ONDE COMPRAR
– Livros na Rede:
http://livrosnarede.com.br/index.php?route=product/product&product_id=9875

– RN Cosmos – Igreja Restaurando Nações Brasil
Estrada de paciência 1.251 – Cosmos, Rio de Janeiro (RJ)

– Igreja Kyrios
Rua Heliodoro Ébano Pereira, 227/ 267, São Paulo (SP)

Abaixo, datas e locais nos quais o autor estará realizando o lançamento no Brasil:
São Paulo
12/11/20 – Igreja Cristã Mundial – 20h
Rua Alfredo Batista Pizolato, 279 – Vila Figueira, Suzano (SP)

Rio de Janeiro
08/11/20 – Projeto Vida Nova – 19h
Estrada Padre Roser, 224 – Irajá, Rio de Janeiro (RJ)

Rio de Janeiro
15/11/20 – RN Cosmos – Igreja Restaurando Nações Brasil – 19h
Estrada de paciência 1251, Cosmos, Rio de Janeiro (RJ)

Belo Horizonte
17 e 18/11/20 – Igreja Batista Getsêmani – 19h30h
Rua Cassiano Campolina, 360, Dona Clara, Belo Horizonte (MG)

Siga o escritor Gustavo Melo no Instagram: https://www.instagram.com/apgustavo

Por Ana Paula Costa
Jornalista – Assessora de Imprensa Escritor Gustavo Melo
anacostacomunicacao@gmail.com

Especial – Conheça a história da carioca Miriam Treistman. Ela criou o método online que ensina hebraico com aulas em estúdio e in loco

Aprendendo hebraico bíblico e moderno de forma leve e descontraída          

A carioca Miriam Treistman criou o método online que ensina hebraico com aulas em estúdio e in loco, direto de Israel, para iniciantes e amantes da língua

 

Professora, mestra em Sociologia da Educação e apaixonada pela língua hebraica, Miriam mora há treze anos em Israel. Mãe de dois filhos, ela fala português, hebraico, inglês e espanhol. Quando decidiu morar em Israel, ela imediatamente iniciou o mestrado em Sociologia da Educação em hebraico. “Estudei pedagogia no Brasil, fui professora de turma e também de hebraico e de cultura judaica. Meus sonhos sempre foram ser professora e morar em Israel. Quando decidi que isso era o que eu queria fazer da vida, cheguei aqui e fui logo estudar, porque entendi que só estudando bastante eu me adaptaria e realmente conseguiria falar a língua no nível que desejava. Eu já sabia a língua cotidiana, mas queria aprendê-la profundamente, queria estudar poesia, literatura em hebraico”, conta entusiasmada.

Já em Israel, trabalhou com pesquisa em educação durante alguns anos e depois como professora particular de português e hebraico. Posteriormente, trabalhou criando conteúdo didático em uma Startup que desenvolve aplicativos para ensino de línguas. Foi daí que ela teve o insight do curso online com o hebraico. Em janeiro de 2020, Miriam completa treze anos em Israel. Ela gestou o curso durante todo o ano de 2017 e fez o seu lançamento oficial em janeiro de 2018.

O curso de hebraico bíblico do Hebraico Simples – www.hebraicosimples.com – é um curso que introduz o aluno à leitura bíblica em hebraico. Miriam explica que o curso é 100% online, com aulas objetivas, interativas, dinâmicas e muito criativas. Ela diz que o seu objetivo é levar o aluno a aprender o hebraico para chegar aos significados originais do texto bíblico, porque os já traduzidos trazem invariavelmente a característica do tradutor. “Depois, o aluno vai encontrar um módulo inteiro de alfabetização que funciona; as pessoas realmente saem alfabetizadas na língua hebraica,” ela completa.

A escola Hebraica Simples oferece os cursos de hebraico moderno e de hebraico bíblico. No curso de hebraico moderno, Miriam ensina a pessoa a se comunicar no mercado, durante uma consulta médica, no primeiro dia de trabalho, quando encontra um amigo na rua, ao tomar um café, às coisas relacionadas ao dia a dia em Israel. No hebraico bíblico, os alunos se familiarizam com o alfabeto através dos nomes bíblicos, aprendem os principais conceitos linguísticos do hebraico e leem as passagens bíblicas em seu idioma original.

Ela esclarece que o bíblico e o moderno são a mesma língua, “mas uma é arcaica, com a qual a Bíblia foi escrita e a outra é a língua moderna, a que se fala hoje em dia nas ruas de Israel”.

 

Novo formato

A grande novidade do curso em relação ao formato anterior é o fato de muitas aulas serem realizadas in loco, que significa ir aos lugares onde as histórias aconteceram, estudar sobre elas e ler as passagens da Bíblia ali. O curso alterna aulas internas e externas. Algumas lições são dadas em estúdio, como se fossem a sala de aula, onde Miriam explica os fundamentos da língua, sempre ilustrando com passagens bíblicas para exemplificar os assuntos abordados naquele momento. Outras são apresentadas com passeios pelo país, para que a pessoa tenha também um pouquinho do prazer de estudar em Israel mesmo sem estar lá.

Falamos sobre Jonas e a baleia em Yafo (Jaffa), porque foi de lá que Jonas fugiu; sobre a mulher de Ló, no mar Morto, porque as estátuas de sal estão lá até hoje. Fomos para o rio Jordão, para o deserto, viajamos Israel inteiro. Obviamente, também fomos a Jerusalém, falamos sobre os templos e o museu do livro, que guarda até hoje o pergaminho mais antigo da Bíblia encontrado”, explica Miriam emocionada.

 

Ponto de vista definido

A professora ensina todas as bases da língua hebraica, passando pelos verbos, substantivos, adjetivos, dando ao aluno as ferramentas para que ele possa, por exemplo, reconhecer um verbo e, depois, se não conhecer o significado dele, ser capaz de procurá-lo no dicionário.

Eu não me estendo em interpretações ou em teologia. Isso eu prefiro deixar para os rabinos, pastores e para os mais entendidos sobre o assunto. Enxergo as coisas e as explico muito do ponto de vista linguístico. A minha preocupação é realmente dar as ferramentas para que as pessoas possam fazer sua própria leitura e, obviamente, a partir dela, realizar suas próprias interpretações. Essa é a real necessidade de se criar esse curso, seu grande objetivo”, conta Treistman.

Para Miriam, é difícil prever a real evolução do ensino online, entretanto, ela prossegue dizendo que este é um campo enorme, com opções infinitas e muito espaço para a criatividade dos pedagogos, de todas as pessoas que lidam com produção de conteúdo. “Eu não acho que isso é o futuro do ponto de vista absoluto, que vai tomar o lugar do ensino presencial, porque ele também tem a sua importância, mas entendo que eles vão caminhar juntos, se complementando”, conclui.

Acredito muito no que faço e trabalho com muito carinho. Sou mesmo apaixonada pela língua hebraica e considero um grande privilégio que eu tenha a oportunidade e a capacidade para ensiná-la. Então, eu realmente me emociono com os feedbacks que recebo de alunos dizendo que estão conseguindo aprender e se desenvolver. Muitos e muitos me contam que estão realizando um sonho, o que para mim é absolutamente incrível, porque tudo isso também faz parte de um sonho meu, pessoal e profissional. E convido a todos que querem dialogar e aprender mais, dividindo também o conhecimento comigo, a caminharem juntos na trilha do aprendizado do hebraico bíblico e moderno, para fazerem turismo ou mesmo morarem em Israel. Enfim, o caminho está aberto, a luz, acesa e os horizontes são infinitos. Meu coração e meu conhecimento estão disponíveis para todos que querem entrar neste caminho e percorrer a fantástica trilha do aprendizado de hebraico.” (Miriam Treistman.)

 

Por Ana Paula Costa
Jornalista e Assessora de Imprensa Hebraico Simples
anacostacomunicacao@gmail.com
www.hebraicosimples.com
www.facebook.com/HebraicoSimples
www.instagram.com/hebraicosimples

Alice Melody comemora dez anos de carreira.

Jovem está se preparando para lançar um livro

 

Volta Redonda – A cantora gospel Alice Melody acabou de completar 15 anos de idade e está comemorando seus dez anos de carreira. A jovem, que desde os cinco anos se dedica em levar a palavra de Deus através de seu trabalho, conta que para 2018 o que não vão faltar são novidades. Para começar, de presente de Natal aos fãs, ela lançará ainda este ano um videoclipe e uma música nova, que em breve serão divulgados. E em janeiro do próximo ano ela dará início ao tour do CD “Um Grande Sonho” (Big Dream), onde realizará pocket shows em shoppings e igrejas.

– Acredito que nesses dez anos de ministério evoluí bastante em vários aspectos. Minhas músicas ficaram mais voltadas para o público jovem, as letras melhoraram muito, surgiram novos projetos, novas canções – diz.

Inclusive, a jovem está se preparando para lançar um livro em fevereiro de 2018. A obra “Onde a Noite Não Chega” é voltado para os jovens e tem como tema a distopia adolescente. “Já estou em fase de finalização do livro. Desde pequena sempre gostei de escrever poesias, redações, até entrei para a Academia de Letras e Músicas do Brasil. Sempre tive esse interesse pela escrita, e como gosto muito de ler, achei legal escrever esse livro, com esse foco na distopia adolescente”, conta.

Desde o início da carreira de Alice, todas as músicas gravadas são compostas por ela mesma, e sempre voltadas para a mensagem de fé. A jovem artista terminou o nono ano e vai cursar o Ensino Médio. “Pretendo cursar três faculdades: Música, Cinema e Design, e para começar a me preparar, ano que vem começarei um curso de Cinema no Rio de Janeiro aos finais de semana, para começar a investir nessa área de minha carreira”, fala.

Celebrando: Alice Melody está cheia de novos projetos para 2018 (Fotos: Divulgação)

Celebrando: Alice Melody está cheia de novos projetos para 2018 (Fotos: Divulgação)

Apoio

Os pais de Alice Melody, Kely Vidal e Gledson Vidal, sempre fazem questão de acompanhá-la em todos os compromissos da jovem.

– Nossa preocupação é porque esse mundo artístico é muito ilusório, que fascina muito, por isso achamos importante estarmos próximos a ela, para não deixar a Alice perder o foco, o chão. A gente sabe que o jovem se dispersa muito fácil, o brilho cativa, por isso gostamos de acompanhar ela, que é nossa filha única – diz a mãe, ressaltando que farão isso enquanto puderem.

Inspiração

Segundo Alice, o CD “Um Grande sonho” foi lançado há pouco tempo, e gradativamente ela vai apresentar os novos singles.

– Gosto de compor e de cantar. Minha inspiração para compor é algo que vem de Deus. Vem a melodia na minha cabeça e faço a música, é algo natural. Já compus mais de 30 músicas, fora as que não foram gravadas – detalha.

Alice já tem três CDs: “Brincadeira de criança”, “Turminha da fé” e “Um grande sonho”, além do DVD “Hora de brincar”.

– Um dos planos para o futuro é fazer um DVD ao vivo para comemorar os meus 10 anos de carreira. Aguardem que vem novidade por aí! – finaliza.

 

Serviço

As músicas de Alice Melody podem ser encontradas nas plataformas digitais Deezer, Spotify, iTunes e Google Play. Mais informações no Instagram (@alicemelodyoficial) e pelo telefone (24) 98846-7136.

Por: Roberta Caulo

Fonte:Diário do vale

Lugar Secreto

Depois de dar um boxe na tristeza , dor e dúvidas , o cantor Bruno Lee entra no Lugar Secreto,
Bruno Lee assinou a pouco contrato com a gravadora Central Gospel Music e já nos dá uma prévia dessa parceria de sucesso promissor, a música Lugar Secreto é título do novo álbum produzido por Wagner Carvalho no Rio de Janeiro, a canção retrata um momento de intimidade com Deus composta por Bruno em momento especial de sua vida;
Bruno Lee que já está no terceiro álbum da carreira vive uma intensa maratona de trabalho , casado e pai de duas meninas está sempre acompanhando da família nos cumprimento de agendas e nos momentos de buscar forças espiritual em sua congregação ,Igreja Evangelica Projeto Vida ;
Em Outubro esteve divulgando o novo projeto em Angola África do Sul, além de rádios , TVs e outras mídias em diversos estados brasileiros;
Bruno Lee presenteia seus fãs e amigos no dia 1° de Dezembro com o lançamento do novo álbum nas plataformas digitais , no YouTube o clip da música Lugar Secreto e o DVD Vou dar um Box produzidos pela Central Gospel Music , as fotos e filmagens foram feitas pela Line Filmes, tudo preparado com muito carinho para prestigiar o público que acompanha a trajetória do jovem cantor.
Acompanhe as notícias, agendas e toda novidade da carreira de Bruno Lee em suas redes sociais

http://brunoleeoficial.com.br

Email:brunolee@brunolee.com.br

contato@brunolee.com.br

 

Por:Gledson Vidal

  1. Assessor de Marketing

 

 

Alice Melody “Meus 15 anos”

Meus 15 anos!
Não é um filme, mas parecia um conto de fadas no país das maravilhas, o aniversário de 15 anos da cantora Alice Melody teve comemoração pra lá de especial, no domingo dia 29 de Outubro Alice realizou mais um Grande Sonho; reunir os amigos e familiares para festejar essa data querida;
Cada detalhe sonhado e planejado pela aniversariante, o ponto alto da festa foi o momento da valsa com o príncipe , enquanto os convidados aguardavam ansiosos a entrada do misterioso príncipe de Alice Melody, a menina fazia uma belíssima declaração de amor por aquele com quem ela dançaria a primeira valsa, e para surpresa de todos Alice anuncia o Rei Jesus com quem dançou a música only hop causando muita emoção aos convidados, em seguida dançou com o avô sr Antonio e com seu pai Gledson Vidal, Alice foi homenageada por amigos que não puderam comparecer através de vídeos no telão, além de clipes dos melhores momentos da sua vida, o restante da festa foi de muita alegria ao lado dos amigos na pista de dança.
Alice resume esse momento de sua vida com uma passagem bíblica;
“Até aqui me ajudou o Senhor”.

 

Fonte : assessoria da cantora

Fotos: João Paulo Fontes Siqueira

 

Testemunho de restauração a vida do Pastor Fabiano Bezerra Isidoro

Pastor é curado de parasita no cérebro, pneumonia , meningite, e paralisia cerebral.
Este meu testemunho também foi publicado no mensageiro da paz em maio de 2016 e a pedido de muitos irmãos esta sendo publicado aqui no Jornal Gospel News.

Pastor Fabiano Bezerra Isidoro, membro da Assembléia de Deus em José de Anchieta 2 Serra (ES), presidida pelo pastor Eriveltro Medeiros, viveu um grande milagre na sua vida.
No início de 2014, após se sentir mal e ir ao hospital, sua luta começou. Ele foi diagnosticado com um tipo de parasita  no cérebro ( bixo de porco) , durante sua internação contraiu pneumonia, tuberculose, anemia profunda e paralisia cerebral. Chegou a pesar 30 kg, tomou mais de 150 litros de soro , mais de dois litros de transfusão de sangue e esteve face a face com o anjo da morte. Mas  o todo poderoso interveio e mudou o curso de sua historia.
Segundo o Pastor Bezerra como é Conhecido, ele começou sentindo  fortes dores na cabeça e fraqueza no corpo, ao ponto de mem mesmo poder levantar da cama e trabalhar no táxi na capital vitoria. Mas nunca imaginou que seria algo tão serio. Apenas quando a unidade de saúde de vitoria fez alguns e o encaminhou para internação com a máxima urgência, ele  percebeu a gravidade da situação.
Os médicos não souberam precisar como se deu, ou o nome específico, mas as imagens da ressonância magnética não deixavam dúvidas: havia vermes na minha cabeça que estavam comendo a massa cefálica por dentro . eles me alertaram que era o início da tremenda dor de cabeça. Mas o meu caso foi ficando mais grave, pois em decorrência do tratamento eu tive pneumonia aguda, tuberculose, anemia profunda, pequena paralisia cerebral e ainda por cima, tive meningite recorda o Pastor Bezerra.
Apesar do susto e preocupação com o diagnóstico, afirma que o Senhor lhe trouxe a memória os planos e promessa que tinha lhe feito.
Conforme relata os pais que revezavam dia e noite no Hospital Praia do Canto em vitoria por mais de dois meses, Presbítero Jair Isidoro e Missionária Maria da Penha Bezerra, os médicos chegaram a dizer, que já não havia mais o que fazer pelo filho. E que começassem a se preparar pois não me restava muitos dias de vida.
Pois eu estava muito fraquinho e debilitado , só pele e ossos uma caveira ambulante, pesando 30kg e eu que pesava 72kg .
Certa noite eu e minha mãe vimos entrar no quarto com portas fechadas , o anjo da morte pessoalmente e eu tive que enfrentar cara a cara, minha mãe se arrepiou da cabeca aos pés, e dizia ela : Fabio clame o nome de Jesus porque satanás esta aqui, eu tremia de pavor , pois olhei dentro dos olhos daquele demônio, eu não podia falar nada o terror me abateu de uma tal forma e o gelo da morte me sufocando, e aquele demônio falava assim eu vou te levar, aquele espirito que Elifaz viu quando veio visitar Jó, ele só viu o vulto, mas eu vi ele pessoalmente, não foi visão pois minha mãe também o viu, foi a meia noite que aquele ser maléfico apareceu e eu tremia todo em cima daquele leito de hospital, e quando ele estendeu as mãos esqueléticas para mim focar, apareceram dois anjos do Senhor, e o quarto se encheu de um luz e falou com aquele demônio,
” Recifes -se daqui e não toques no meu Servo.
E aquele demônio tentou de todas as formas querendo me levar, foi então que o anjo do Senhor desembainhou uma espada e deu ordem O Senhor te Reprenda e sai daqui satanás. E ele dando um estrondo desapareceu. Testemunha o Pastor Bezerra emocionado.
Segundo ele se lembra , toda a igreja clamavam por sua vida incessantemente. E o seu restabelecimento se deu a pós a visita do irmão Abimar: ” ele foi usado por Deus e me disse assim: tu sabes por que estas aqui ? É permissão minha diz o Senhor. Mas eu vou te tirar daqui para que contes desse hospital para você poder contar este testemunho e também trazer muitos que estão em trevas para minha gloriosa luz.
E de fato este milagre aconteceu , passados alguns dias fiz outra ressonância magnética e já não tinha mais nada. Sai do hospital em junho de 2014 andando para a gloria de Deus. No mesmo ano concluir meu seminário e fui ordenado Pastor.
Na sua total simplicidade, mas total disponibilidade nas maos do Senhor, por onde é chamado pra contar seu testemunho, muitas pessoas são curadas e fortalecidas na fé e voltam pra Jesus.
Não podemos nunca duvidar das promessa do Senhor para nós. Ele e fiel e na hora certa- não na nossa ele vai nos atender. Romanos 4:20
O Pastor também tem seu facebook na internet e conta seu testemunho e contatos para ministrações.
Fabiano Bezerra Isidoro Pastor e Capelão da CGADB

Ensinar é aprender

Ensinar não é transmitir conhecimentos. O educador não tem o vírus da sabedoria. Ele orienta a aprendizagem, ajuda formular conceitos, a despertar as potencialidades inatas dos indivíduos para que se forme um consenso em torno de verdades e eles próprios encontrem as suas opções.

A etimologia revela que o substantivo aprendizagem deriva do latim “apprehendere”, que significa apanhar, apropriar, adquirir conhecimento. O verbo aprender deriva de preensão, do latim “prehensio-onis”, que designa o ato de segurar, agarrar e apanhar, prender, fazer entrar, apossar-se de. Ensinar: palavra latina insignire, quer dizer “marcar, distinguir, assinalar”. É a mesma origem de “signo”, de “significado”.

A principal meta da educação se processa em torno da auto-realização. Logo, ela propõe a reformulação constante de diretrizes obscuras para alcance dos objetivos, comprometidos com a valorização da vida.

O professor, como agente de comunicação, transformou-se num dos mais pobres recursos e dos mais ricos. Quando se imagina dono da verdade, rei do currículo, imperador do pedaço, mendiga e se frustra. Quando se apresenta cheio de humildade, de compreensão e vontade de aprender, resplandece e brilha!

Os estudantes estão abastecidos por uma carga de informações cuja capacidade de assimilação nem comporta. O ser humano tem potência de semi-deus, com emoções de um mortal.  O avanço da era espacial em que vive tornou o homem angustiado pela consciência de sua fragilidade para absorver e superar os desafios à sua volta.

É mister que se reestruture o conceito de Escola ou se reconheça a sua derrota. Os que nela atuam não podem continuar a caminhar distantes da realidade, em marcha lenta, porque assim, estão concorrendo para o fracasso. Repetindo uma expressão muito antiga, “a Escola não sabe a força que ela tem.”

Deve-se abolir, de imediato, a cultura do supérfluo, selecionando conteúdos mais significantes e atuais. Não se pode contribuir para que o desinteresse se instale e, conseqüentemente, esvazie o espaço da aprendizagem permanente.

O educador deve se preparar para estar apto perante a onipotência da máquina e não se assustar com a sua eficiência. Estar sempre atento aos transbordamentos da ciência e não se embrutecer na resposta.

De que valem as “reformas” educacionais, se mudanças radicais não ocorrem? Elas passam, os problemas maiores continuam, gerações se substituem e, no universo de perguntas não respondidas, resultados positivos não se operam, muitas vezes.

Os enlatados culturais intoxicam como os outros, se transformam em “pacotes culturais” e saem por aí, empacotando a sensibilidade, a criatividade, que tanto contaminam a educação. Um exemplo? Entende-se barulho como música! Poesia como cafonice, família como utopia, Pátria como sucata.
Quem ama educa, educar é educar-se a cada dia, sem a pretensão de preparar para a vida. O poder de adivinhar o futuro o educador não o possui. Ele orienta, para que, em situações imprevisíveis, se processem alternativas. Educar não é ensinar, é aprender.

Ivone Boechat

Como educar netos na adversidade?

 


Quase ninguém se manifesta sobre a injustiça social que sobrecarrega os avós! E tudo é muito parecido: os filhos se casam, não perguntam a opinião dos pais na escolha do cônjuge, até porque empinam o nariz e dizem: “quem vai morar com ele sou eu”. Mas…morar onde, cada vez mais? Na casa dos pais!

E aí, quando começam a chegar os filhos dos filhos? Quem vai ter que ninar, levar à escola? Alguns pais por comodismo não se importam de ensinar uma religião, também são os avós que assumem o comando. Se o menino é educado foram os pais que souberam educar! Se, porventura, forem rebeldes? Culpa dos avós que deram “tudo”… Quando o casamento do filho que foi e voltou com as malas é equilibrado, harmônico e pacífico, fica menos penosa a tarefa de abrigar.  Se o motivo da volta for “somente” uma crise financeira, menos mal. Casa de pais, onde “come um comem dez”. Menos mal ainda, se quem voltou aceita as regras da casa! Mas…nem sempre aceita e começa a exigir e ocupar muito, mas muito ESPAÇO!

É preciso refletir sobre o peso que filhos descarregam sobre o ombro dos avós. Sei que os avós, se puderem e tiverem saúde, recursos, espaço, disponibilidade e VONTADE, ajudarão com a maior boa vontade. Caso contrário, ajudam também, com o maior sacrifício. Avós com aposentadoria minúscula e saúde precária são sacrificados com todas as armas do ABUSO.

O que fazer? Filhos devem ser educados para que haja uma grande expansão da consciência para torná-los capazes de distinguir entre o que é AJUDAR e o que é ABUSAR! Quem não gostaria de ajudar os filhos na hora da necessidade, na carência, na aflição, socorrendo? Portanto, está proposta uma reflexão sobre o assunto: educar filhos para administrar suas próprias crises, evitando transferir para seus pais as adversidades que lhe sobrevierem. Evidentemente aquelas que puderem ser evitadas. Há filhos que não respeitam os parâmetros da justiça e saem descarregando absolutamente TUDO nos ouvidos alheios e de pessoas idosas quem não podem dar a solução.

O ninho paterno estará sempre de portas abertas aos filhos. Os filhos devem se preparar cada vez melhor para administrar uma eventual situação de retorno ao antigo Lar. O respeito é o melhor caminho de volta! Vovô e vovó estão se divertindo com um programa na TV ? Ensine seu filho a ir brincar lá fora, em outro espaço, jamais chegar, meter a mão e mudar o canal. A criança educada entende. Os avós advertiram o neto? Nunca discordem em público, divergências não se discutem com plateia. Tudo pode ser resolvido, sim, com perspicácia.

Pense nisto!

Ivone Boechat