O MISTÉRIO DO MILAGRE

cegoO assunto a seguir é um tanto delicado, portanto leia com muita atenção para se obter a correta interpretação. Existe uma tênue linha de diferença entre cura e milagre; lembrando que ambos os casos são ações exclusivas da Providência divina, exceto casos de charlatanismo e curandeirismo. Geralmente se fazem correntes de oração para curar alguém que está em estado terminal de câncer ou outra doença, por alguma proteção, livramento e outros milhares de casos impossíveis. Mas você já viu alguma corrente de oração para restaurar um amputado, cego de nascença, mudo ou tetraplégico, ou mesmo pela ressurreição de um corpo que está sendo velado? Seja honesto, isso simplesmente não acontece! Deus pode curar o corpo de qualquer enfermidade convencional, pode curar a alma através da conversão, libertação ou restaurar um casamento falido; Sua Providência pode livrar da morte em acidentes que seriam fatais, como conhecemos tantos casos. Sim, Ele cura e Sua Providência é ativa, mas não faz o milagre de restaurar um amputado ou deficiente físico ou mental. Você já viu alguém que foi curado 100% da síndrome de Down ou um paraplégico que voltou a andar? É porque não temos fé? Não. É porque o poder de Deus é limitado? Também não; Ele faz se desejar, tanto que quando Jesus esteve entre nós, Ele realizou milhares de milagres, e continua sendo o mesmo hoje e eternamente. Então, por que Ele não realiza mais tais milagres em nossos dias? Não sei. É um mistério que não nos compete, mas tenho algumas considerações interessantes a fazer. Penso que para evitar a idolatria a um humano, Deus não delegou esse poder a um homem. Agora, pense um pouco, isso é importante: Atualmente Deus cura o que causa a dor e a morte, porque o Seu objetivo é preservar a vida, visto que cada novo dia é uma oportunidade de salvação. Mesmo o coma profundo, pode ser a última oportunidade do Espírito Santo em apelar a um coração moribundo. Agora, preste muita atenção: perceba que Deus mudou a estratégia do milagre. Isso aconteceu porque o inimigo usurpou desse meio para desviar os homens do assunto da salvação. Veja que existem centenas de religiões em nossos dias que exploram os milagres(falsos) e a prosperidade(falsa), desviando a atenção do principal objetivo do evangelho que é o reino de Deus e a salvação da alma – simplesmente não pregam a salvação! Veja que no Seu próprio tempo, Jesus Cristo chegou a irritar-se com a imensa multidão de interesseiros que O seguia, mesmo os discípulos, até então, eram meros interesseiros(veja o contexto de João 6:68). O povo ia em busca dos Seus milagres e ao conseguirem o que queriam, sumiam, à semelhança dos nove leprosos curados. Hoje Deus mudou de estratégia. Mas veja que interessante: todos os que foram diretamente beneficiados pelos milagres de Jesus, morreram, inclusive o ressuscitado Lázaro. Mas no final de todas as coisas,  Deus promete uma restauração total, não somente temporária, mas para a eternidade. O texto a seguir é de extrema importância: “Eis que vos digo um mistério: nem todos dormiremos, mas TRANSFORMADOS seremos TODOS,  num abrir e fechar de olhos, ao ressoar da última trombeta. A trombeta soará, os mortos ressuscitarão INCORRUPTÍVEIS(perfeitos), e nós seremos TRANSFORMADOS…” I Cor. 15:51-55. E o texto segue falando sobre essa transformação, onde todos os que obedeceram a luz de Deus que tinham e morreram com alguma deformação, defeito físico ou mental já irão ressuscitar PERFEITOS para receberem a eternidade. Aqueles que nessa ocasião estiverem vivos, com alguma deformação física ou mental, serão transformados, “num abrir e fechar de olhos” em perfeição total para entrarem na eternidade. Gente, que consolo!!! Aí está o sonho de Deus. Ele Se importa com sua felicidade na terra, mas está muito mais interessado na sua salvação, com a sua felicidade eterna, ainda que passe pelo sofrimento temporário que o maligno impõe. O apóstolo Paulo tinha um “espinho na carne”, algo que o incomodava; então ele orou três vezes pedindo pela remoção. Deus atendeu, negando o seu pedido ao dizer: “a Minha graça te basta porque o Meu poder se aperfeiçoa na sua fraqueza.” Posteriormente o apóstolo percebeu que a salvação dele dependia daquele “espinho”; aceitou humildemente e morreu na esperança do milagre da ressurreição. Não que Deus fez parceria com o maligno, mas que o tiro saiu pela culatra do inimigo ao tentar destruir o servo de Deus.

Amigo, se você tem um filho ou amigo que é especial, seja mental ou físico, tenha a certeza de que os dias com essa limitação estão chegando ao fim. Breve todos seremos transformados para vivermos em perfeita e eterna felicidade ao lado do nosso Criador. Amém!

“E lhes enxugará dos olhos toda lágrima, e a morte já não existirá, já não haverá mais luto, nem pranto nem dor, porque as primeiras coisas passaram.” Apoc. 21:4

Por: Rubens Silva

Teen Connections: um projeto cultural da SBB para conectar o jovem com Deus e com a Bíblia Sagrada

images (7)Além de se dedicar ao estudo das Sagradas Escrituras, grupo será alvo de programação turística. A viagem-piloto será para Orlando, Estados Unidos, incluindo visita ao Holy Land Experience, que tem a Bíblia como tema, além dos famosos parques temáticos da região.

 

A Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), por meio do Ministério com Brasileiros, está lançando o projeto “Teen Connections”, especialmente desenvolvido para adolescentes com até 18 anos de idade. Seu objetivo é conectar a nova geração com Deus, oferecendo programações interativas e adequadas ao perfil desse público. Para isso, é baseado em pacotes de viagens que promovem o intercâmbio de jovens com diferentes culturas, mas especialmente com o universo da Bíblia Sagrada.

 

O projeto-piloto será voltado a jovens brasileiros e prevê uma viagem de nove dias tendo como destino a cidade de Orlando, na Flórida (EUA). Desenvolvido em parceria com a agência Universal Travel, a programação acontecerá entre os dias 25 de fevereiro e 5 de março de 2014, período do Carnaval, e mescla palestras sobre a Bíblia e visita ao The Holy Land Experience, parque temático sobre o Livro Sagrado, com visitas aos principais parques da região.

 

“Numa programação dinâmica e criativa, os adolescentes terão, ao mesmo tempo, o aprendizado das Sagradas Escrituras e diversão”, sintetiza o gerente do Ministério com Brasileiros, Lécio Dornas.

 

Os adolescentes receberão um kit contendo bolsa, camiseta, edição da Bíblia de Estudos, bloco de anotações e caneta, além de um diploma, que será entregue ao final do programa. Parte da arrecadação obtida com o programa será doada à Causa da Bíblia.

 

O pacote pode ser adquirido a partir de US$ 2.870,00 por pessoa, em acomodação quádrupla. Mais informações podem ser obtidas com a Universal Travel (e-mail:info@universaltravel.com.br, site: www.universaltravel.com.br, telefones: (21) 3958-0818 e (11) 3711-9174).

 

Serviço

Ø   Projeto Teen Connections

Data da viagem-piloto: de 26 de fevereiro de 2014 a 5 de março de 2014 (somente para adolescentes até 18 anos)
Investimento: a partir de US$ 
2.870,00, em acomodação quádrupla (Parte desse valor será doado para a Causa da Bíblia no Brasil)

Inscrições: (21) 3958-0818 ou (11) 3711-9174 / info@universaltravel.com.br / www.universaltravel.com.br

 

 

SBB e o Ministério Brasileiro – A Sociedade Bíblica do Brasil é uma organização sem fins lucrativos, de natureza filantrópica, assistencial, educativa e cultural. Sua finalidade é traduzir, produzir e distribuir a Bíblia Sagrada, um verdadeiro manual para a vida, que promove o desenvolvimento espiritual, cultural e social do ser humano, provocando, assim, a transformação daquele que com ela entra em contato. Para cumprir a missão de distribuir, de forma relevante, a Bíblia a todas as pessoas desenvolve programas de assistência social em todo o País. Fundada em 1948, construiu sua trajetória com base na missão de “promover a difusão da Bíblia e sua mensagem como instrumento de transformação e desenvolvimento integral do ser humano”.

 

Lançado em 2012, o Ministério Brasileiro é um programa especial da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), em parceria com a Sociedade Bíblica Americana (SBA). Tem por objetivo disponibilizar as Escrituras Sagradas em português para os brasileiros que residem nos Estados Unidos – uma população estimada em 2 milhões de pessoas. Lécio Dornas, escolhido pelas organizações dos dois países para gerenciar o programa, visita as comunidades brasileiras naquele país para verificar as necessidades de Escrituras que devem ser supridas. 

 

Informações para a Imprensa:

Por: Luciana Garbelini

Ânimo! traz palavras de alívio ao sofrimento

SBBA Sociedade Bíblica do Brasil está lançando Ânimo!, um livrete com breves mensagens e reflexões que abordam os sentimentos e conflitos vividos pelo ser humano, oferecendo uma palavra de esperança e alívio em meio ao sofrimento. De autoria da capelã hospitalar Eleny Vassão de Paula Aitken, a publicação contém uma seleção de textos bíblicos, além de orações, que destacam que Deus está sempre presente, especialmente em meio a situações difíceis. E, por meio de sua Palavra, é possível receber ânimo, esperança e força para enfrentar todos os desafios da vida. Com formato prático e texto bíblico na Nova Tradução na Linguagem de Hoje, tem linguagem de fácil compreensão.

 

Recursos

·            Reflexões com passagens bíblicas, que servem de auxílio para momentos difíceis

·           Oração a cada final de capítulo

·           Texto bíblico em destaque

 

 

Descrição do produto

Título: Ânimo!

Categoria: Porção

Código: NTLH580P5

Formato: 9,0 x 15,5 cm

Nº Páginas: 64

Encadernação: brochura ilustrada

Preço: R$ 2,00

 

Informações sobre pontos de venda podem ser obtidas pelo 0800-727-8888

 

Por: Luciana Garbelini

CUIDADO COM A VITÓRIA!

arrogante 2Fui terrivelmente tentado mas não caí. Amém! Fui terrivelmente tentado e caí, arrependi-me, pedi perdão e levantei-me. Amém! Existe uma tendência de se julgar, condenar, rotular e colocar no inferno pessoas que erraram ou que lutam para vencer algum pecado que os escraviza. Toda vez que censuro meu irmão, estou me colocando acima dele e no lugar de Deus. Se a admoestação não for motivada por amor, não tenho o direito e nem a autoridade para dirigir-me a qualquer errante sofredor. A intolerância religiosa e a má interpretação do texto sagrado tem sido uma triste realidade em algumas comunidades cristãs e feito um grande “gol-contra” o evangelho. O pecado é injustificável, porém Deus ama o pecador e nenhum pecado é grande demais que Ele não possa perdoar. Da mesma forma, nenhum pecado é pequeno demais que não necessite do perdão de Deus. Tanto uma “inocente” fofoca como um escandaloso adultério são igualmente ofensivos diante de Deus. Talvez você não cometa o “grande” pecado que o seu irmão andou cometendo, mas aquele “pecadinho” que só você sabe, não passará batido diante do Juiz de toda terra no dia final de ajuste de contas. Essa visão honesta e cristã nos livra da arrogância espiritual e nos mantém compassivos e misericordiosos para com os “mais fracos” na fé. O homem não peca porque ama o pecado e sim porque é pecador. O salmista já dizia: “Eis que em iniquidade fui formado, e em pecado me concebeu minha mãe.” Salmos 51:5. Mesmo o apóstolo Paulo lutava contra suas inclinações naturais. O que transforma vidas é o testemunho de alguém que teve a coragem de admitir que foi alcançado pelo evangelho após uma vida de quedas… e quem não as tem?! O próprio Deus não teve “vergonha” de deixar relatada em Sua Palavra a vida pregressa dos grandes personagens bíblicos, porque sabia que essa seria a  forma eficaz de fazer valer a cruz de Cristo e levar esperança ao pecador. Tenha muito cuidado ao contar suas vitórias para que esta não se transforme em velada vaidade pessoal, o que irá anular sua vitória. Depois da grande vitória do Carmelo, o profeta Elias precisou curvar-se e colocar a cabeça entre o joelhos sete vezes para que sua oração fosse atendida. Isso porque o orgulho pela vitória alcançou o coração do profeta. E Deus não o atendeu enquanto não despiu-se de toda vanglória e soberba(I Reis 18). Evite o exibicionismo espiritual e seja honesto no seu testemunho pessoal. Entenda humildemente que mesmo após uma grande vitória, é possível nova queda. Abandone o falso moralismo, admita que é pecador e que depende da graça de Deus para suas vitórias. Perfeito diante de Deus não é aquele que jamais peca e sim aquele que está perdoado.

Por: Rubens Silva

O FIM DA MORTE

morteUm jovem cursava seu último ano de Medicina quando alguém lhe perguntou: o que você vai fazer depois que terminar a Residência? Todo empolgado, foi logo respondendo: vou ser o melhor neurocirurgião do mundo; e depois? – vou me casar com a mais linda artista plástica do mundo; e depois? – vou ter os filhos mais inteligentes e lindos do mundo; e depois? – vou ficar milionário e ter muitos bens; e depois? – vou curtir minha generosa aposentadoria; e depois? – bem, depois… o jovem abaixou a cabeça e já não disse mais nada.
Você sabe para onde vai o homem depois que morre? A resposta é boa e ruim ao mesmo tempo, servindo para todos, sem exceção. Imediatamente após a morte, uma pessoa não vai para o inferno, por pior que tenha sido o seu comportamento e também não vai para o céu, por maior que tenha sido a sua fé.
Então, para onde vão os que morrem? Ecles.12:7  responde claramente a esta pergunta: “O pó volte a terra, de onde veio, e o espírito volte a Deus que o deu.”  Aqui está se referindo ao estado do homem quando morre. A palavra “espírito” vem de um termo Hebraico ruash, que representa a energia divina, ou princípio vital, que anima os seres humanos, fôlego. Traduzindo esse texto: o corpo ou matéria, volta ao pó, de onde veio, e o espírito, a energia divina, o fôlego de vida, volta para Deus que o deu. Não existe consciência à parte do corpo, e em parte alguma as Escrituras indicam que por ocasião da morte a alma sobrevive como entidade consciente. Então, quando alguém morre, não significa que vai diretamente para o céu ou para inferno ou que o espírito fica vagando por aí, como muitos acreditam. Isso definitivamente não tem respaldo bíblico. A palavra de Deus afirma que “Os mortos não sabem coisa alguma” (Ecles. 9:5); “sai-lhes o espírito e eles retornam ao pó; nesse mesmo dia perecem todos os seus desígnios” (Sal. 146:4); “No além, para onde tu vais, não há obra, nem projetos, nem conhecimento, nem sabedoria alguma” (Ecles. 9:10). Esse é o estado da morte – inconsciência total. Interessante que a Bíblia compara a morte a um sono. Há boas razões para isso, porque vai chegar o dia em que todos irão “acordar”, ou seja, irão ressuscitar, por ocasião da segunda vinda de Jesus(Leia I Tess.4:16,17). Nessa ocasião, todos os casos dos homens já estarão decididos diante de Deus e agora sim, será o momento de irem ou para o céu ou para o inferno(sepultura permanente ou queima até a extinção), de acordo com as escolhas que cada um fez(leia Apoc.21:7,8).
A boa notícia é que a morte já foi derrotada na cruz do calvário. Você e eu ainda sofremos seus resultados porque, embora vencida, ela ainda não foi destruída. Mas rapidamente está se aproximando o dia em que a morte será totalmente aniquilada para nunca mais voltar a existir(Leia Apoc.20:14), e os mortos serão ressuscitados, onde “Num momento, num abrir e fechar de olhos, ao ressoar da última trombeta. A trombeta soará, os mortos ressuscitarão incorruptíveis… então se cumprirá a palavra que está escrita: Tragada foi a morte pela vitória. Onde está, ó morte, a tua vitória? Onde está, ó morte, o teu aguilhão?” I Cor. 15:50-55. Será esse o extraordinário
desfecho do grande conflito entre o bem e o mal com o fim da morte e a destruição do pecado.  Apoc. 21:4 diz: “E lhes enxugará dos olhos toda lágrima, e a morte já não existirá, já não haverá luto, nem pranto nem dor, porque as primeiras coisas passaram.” Existe consolo maior do que este? Este é o real consolo bíblico com relação a morte, onde teremos o privilégio de reencontrar nossos queridos que se foram, onde nunca mais haverá  separação.  Antes de subir ao céu, Jesus deixou a promessa que se encontra em S.João 14:1-3 “Não fiquem aflitos. Creiam em Deus e creiam também em Mim. Na casa de Meu Pai há muitas moradas, e Eu vou preparar um lugar para vocês. Se não fosse assim Eu já lhes teria dito. E depois que Eu for e preparar um lugar para vocês, voltarei e os levarei comigo para que onde Eu estiver vocês estejam também.”  Jesus deixou essa promessa e irá cumprir porque na cruz do calvário Ele declarou que é apaixonado pela humanidade. Não bastando Sua promessa, Ele deixou dicas claras com relação à proximidade de Sua volta(Leia Mateus 24).  Basta ouvir os noticiários e confrontá-los com os sinais que Ele deixou para perceber a exatidão do seu cumprimento, mostrando que Deus não está de brincadeira com o ser humano. Amigo,  a morte é a única certeza que temos na vida, mas não é aí que devemos concentrar nossa atenção. Segundo a palavra de Deus, para quem morre, a distância entre a morte e a ressurreição é inexistente. Então você pode viver o dia de hoje, já tendo  uma intuição de vida eterna. Isso torna a vida mais feliz e abundante. Jamais permita que as vaidades da vida te roubem o amor por esta bendita esperança. Não negocie sua salvação. Mantenha sempre o foco nas coisas de valores eternos.

Por: Rubens Silva

 

INSHA’ALLAH

where_to_beginINSHALLAH – Aprendi essa palavra com uma amiga árabe, que quer dizer “se Deus quiser” (إن شاء الل). Geralmente respondemos “E Ele quer”. Mas nem sempre Ele quer como desejamos, ainda que pareça óbvia a resposta. A tendência de alguns é colocar a culpa em Deus quando tudo vai mal, mas curiosamente não se lembram Dele quando tudo está bem. Então, quando algo dá errado, sempre surge um amigo com o santo consolo: não se preocupe que tudo vai terminar bem, se Deus quiser… e Ele sempre quer. E então continuamos andando na contramão dos caminhos de Deus. O fato é que a proposta de Deus é sempre de felicidade, mas é preciso colaborar com Ele para que o Seu querer se cumpra nos eventos da vida. É preciso entender que o inimigo sempre busca apresentar uma sutil contra-proposta, especialmente quando somos resistentes aos apelos de Deus ou insistimos em fazer apenas aquilo que queremos ou achamos conveniente. Para que andemos no caminho certo é preciso cooperar com Deus, e aí está o grande problema, porque cooperar com Ele implica em fazer apenas a Sua vontade. Entender que Sua vontade é melhor do que a nossa, é uma questão de fé. É necessário fazer a vontade de Deus, porque somente Sua onisciência permite saber o que é melhor para Seus filhos. Precisamos entender que Deus não pede nada pelo mero capricho de ser Deus, portanto, devemos obedecê-Lo sem questionar o Seus atos, por mais que nos pareçam inconvencionais. Logo, o segredo de se viver bem consiste numa vida de incondicional obediência a Deus, na certeza de que Ele está constantemente agindo a nosso favor e para o nosso bem. Como saber a vontade de Deus é o grande desafio da vida. Orar e descruzar os braços continua sendo a melhor forma de saber Sua vontade. Colabore com Deus mas não tente ajudá-Lo. Aceite os Seus “nãos” e aprenda a esperar com paciência. Cuidado com sonhos, testes, palpites e evite a presunção; deixe o abstrato de lado e fique atento às portas que se abrem à sua frente, quer sejam através de evidências, um bom amigo cristão, um texto bíblico, situações interessantes, impressões ou insights. Ciente disso, mantenha uma postura serena e tranquila, na certeza de que Deus está agindo nos bastidores da sua vida. De repente… Ele te surpreenderá de forma inexplicável e extraordinária! INSHA’ALLAH!

Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós. 1 Pedro 5:7

Por: Rubens Silva

 

O PRIVILÉGIO DA PRECE

Praying WomanAntigamente a comunicação à distância era feita através de cartas enviadas por mensageiros em lombos de animais. A tecnologia foi avançando, logo surgiram o telegrafo, o rádio e a TV. Hoje, tudo acontece assim, num estalar de dedos. Sabe-se que basta um “clic” para que notícias se espalhem no mundo todo. Temos à disposição uma parafernália de opções de comunicação simultânea, individual ou coletiva, a partir de fibras óticas, satélites, ondas e outros recursos que configuram a poderosa net, onde a mania é ser online; e a cada dia novos recursos são descobertos. Assim transformamo-nos num minúsculo planeta onde somos todos quase que “vizinhos”. Como diz o adágio popular, “quem não se comunica se estrumbica”. Especialistas chegaram a conclusão de que a falta de comunicação é uma das maiores causas de divórcios nos Estados Unidos. A falta de comunicação tem sido também a maior causa de divórcio do homem com Deus.
Estranhamente, o homem tem se utilizado de recursos de sistemas de ondas e outros sofisticados aparelhos de escuta na tentativa da busca por sons de Deus pelo universo. Mal sabe o homem que para comunicar-se com Deus não há necessidade de toda essa parafernália da comunicação. Na oração não há ruídos, não há sinal de ocupado, não há trotes, não há vírus, não há quedas de sinal, não precisamos de satélite ou qualquer outro aparelho eletrônico e nem mesmo precisamos emitir qualquer som vocal. A oração nos aproxima do nosso Criador, o Ser soberano do universo. Uma inspirada escritora norte-americana disse: “nunca estamos tão próximos de Deus do que quando ajoelhados”. A mesma escritora disse: “A oração é o abrir do coração a Deus como a um amigo”. É através da oração que mantemos acesa a chama de nossa amizade com Deus.
A oração tem poder terapêutico, curativo e transformador. A Palavra de Deus diz: “e orai uns pelos outros, para que sareis. A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos.” Tiago 5: 16. Mas a oração transcende nossas necessidades. Ela nos aproxima de Deus fazendo-nos dependentes Dele. Quando oramos, estamos expulsando o inimigo e mostrando ao universo de que lado estamos no grande conflito entre o bem e o mal. Neste mundo atribulado em que vivemos, onde a correria pela vida absorve nossa atenção, somos por vezes levados a nos esquecer de Deus. Como é gratificante saber que podemos separar diariamente um momento especial para dedicarmos à comunhão com o nosso Criador em gratidão e reconhecimento de que tudo o que temos e somos vem Dele.
Devemos  aproveitar esse privilégio, porque nem sempre foi assim tão fácil. Com a entrada do pecado, o homem tinha acesso a Deus somente mediante a intercessão de um sacerdote humano, que oferecia o sacrifício de um cordeiro para o perdão dos pecados.
Hoje, pelo sangue de Jesus, esse ritual tornou-se desnecessário. Podemos falar diretamente com Deus através da oração, em nome de Jesus. Que privilégio! Lancemos mão dessa imensa oportunidade de, em qualquer momento e de qualquer lugar, podermos falar diretamente com o Onipotente Criador do universo.

Por:  Rubens Silva

Barco da Bíblia inicia nova viagem à região amazônica

BARCO DA B+ìBLIA 001Até novembro, a maior livraria flutuante de literatura bíblica da Amazônia visitará oito cidades ribeirinhas dos estados do Amazonas e Pará, oferecendo publicações a preços acessíveis e informações culturais, com o espaço do Museu da Bíblia.

 

Sempre disposta a tornar a Bíblia acessível a todas as pessoas, a Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) dará início a uma nova viagem do Luz na Amazônia II – Barco da Bíblia. Totalmente remodelada, no ano passado, a embarcação reúne uma área de livraria mais ampla e moderna, que enfatiza o atendimento ao público, além de um espaço cultural, batizado de Museu da Bíblia. A iniciativa está inserida no programa Luz na Amazônia e tem como objetivo atender a regiões que não têm fácil acesso às Escrituras Sagradas. Criado para levar conhecimento e literatura bíblica à população que vive na Região Norte do País, o Barco da Bíblia partiu em 16 de setembro da capital Belém para a cidade de Itaituba, também no Pará, onde prestará atendimento entre os dias 21 e 27 do mesmo mês, encerrando as atividades da temporada de 75 dias de viagem entre 22 e 27 de novembro, quando estará em Santarém (PA). Confira, a seguir, o trajeto que será percorrido pela livraria flutuante:

 

Setembro

         §            16: Saída de Belém (PA) para Itaituba (PA)

         §            21 a 27: Itaituba

 

Outubro

         §            6 a 12: Tefé (AM)

         §            14 a 20: Coari (AM)

         §            23 a 25: Codajás (AM)

 

Novembro

         §            30/10 a 03/11: Itacoatiara (AM)

         §            6 a 11: Parintins (AM)

         §            14 e 19: Oriximiná (PA)

         §            22 e 27: Santarém (PA)

A principal finalidade do Barco da Bíblia é oferecer Escrituras a um valor acessível, facilitando sua aquisição por pessoas que vivem nos diversos contextos geográficos da Amazônia, que, em geral, não têm acesso a outras livrarias. O espaço do Museu da Bíblia, que integra a embarcação, contribui para disseminar ainda mais a Palavra de Deus entre as comunidades da região, ao permitir que a população conheça curiosidades e objetos relacionados ao livro mais lido e distribuído de todos os tempos.

A SBB o programa Luz na Amazônia – A Sociedade Bíblica do Brasil é uma organização sem fins lucrativos, de natureza filantrópica, assistencial, educativa e cultural. Sua finalidade é traduzir, produzir e distribuir a Bíblia Sagrada, um verdadeiro manual para a vida, que promove o desenvolvimento espiritual, cultural e social do ser humano, provocando, assim, a transformação daquele que com ela entra em contato. Para cumprir a missão de distribuir, de forma relevante, a Bíblia a todas as pessoas, desenvolve programas de assistência social e espiritual em todo o País. Fundada em 1948, construiu sua trajetória com base na missão de “promover a difusão da Bíblia e sua mensagem como instrumento de transformação e desenvolvimento integral do ser humano”.

Mantido pela SBB há mais de 50 anos, o Luz na Amazônia – no qual está inserido o Barco da Bíblia – tem o objetivo de levar atendimento médico, social e espiritual a comunidades ribeirinhas da região amazônica. As viagens são feitas no barco-hospital Luz na Amazônia III, construído especialmente para viabilizar o atendimento nessa região. A embarcação é equipada com enfermaria, consultórios médico e odontológico, farmácia e laboratório de análises clínicas. O barco realiza viagens periódicas, alcançando preferencialmente comunidades mais isoladas, distantes dos centros urbanos. O Barco da Bíblia – Luz na Amazônia II, utilizado anteriormente nos atendimentos, abriga livraria e espaço cultural, complementando as ações sociais voltadas para a região.

Os impactos positivos alcançados com o programa Luz na Amazônia motivaram a SBB a ampliar sua abrangência e a replicar em outras regiões a experiência bem-sucedida, com a criação do Luz no Brasil, em 2008. Este programa tem como linhas de atuação o desenvolvimento espiritual e a promoção da saúde, educação, cultura e cidadania. Atualmente, a iniciativa engloba três outros projetos igualmente importantes: o Luz no Sul e o Luz no Sudeste, que contam com ônibus ambulatório para os atendimentos, e o Luz no Nordeste, que utiliza um caminhão ambulatório para percorrer a região. 

Por: Luciana Garbelini

Léo Brandão lança clipe “Teu amor não tem fim”

frameclipe_

Após 10 mil plays na canção no soundcloud, o clipe é liberado

Léo Brandão lançou recentemente o single “Teu amor não tem fim”, canção escolhida do novo CD, “Infinito Amor”, para ser a primeira música de trabalho. A canção foi lançada no soundcloud, uma plataforma online de publicação de áudio que permite mostrar os arquivos enviados em widgets que simulam um diagrama de espectro, abaixo do qual os usuários podem postar seus comentários sobre a música, além de compartilhar em suas redes.

Um desafio foi lançado pelo cantor aos internautas, assim que a canção alcançasse 10 mil plays no soundcloud, o videoclipe também seria divulgado.  O desafio foi um sucesso, poucas semanas após Léo Brandão citar em seu instagram em forma de vídeo sobre a novidade, a canção ultrapassou os 10 mil plays e conforme prometido, o clipe foi lançado nessa sexta-feira (13).

Dirigido por Bruno Fioravanti, profissional de destaque que também já comandou clipes e DVD’s de artistas como Cassiane, Aline Barros, Irmão Lázaro, Jotta A entre outros, o clipe de “Teu amor não tem fim” foi gravado em dois ambientes na cidade de Brasília; no Parque Ecológico Ermida Dom Bosco e no Parque da Cidade, o maior parque urbano do mundo.

Segundo Vanessa Aniceto, parte integrante da produção, o diferencial neste clipe foram as cenas gravadas com uma GoPro, câmera considerada sensação entre os maiores esportistas e televisões do mundo devido sua versatilidade.

Este é o primeiro videoclipe profissional de Léo Brandão e segundo o cantor, a experiência não poderia ter sido melhor. Para Léo, as cenas gravadas ao anoitecer são as mais emocionantes, “espero que vocês gostem, entendam a proposta e sintam a presença de Deus através deste clipe.” Completou Léo Brandão.

Clique aqui e confira o clipe “Teu amor não tem fim”, #CompartilheEsseAmor

Ficha Técnica

Direção: Bruno Fioravanti

Ass. Direção/ Edição: Tikkho Maciel

Imagens: Bruno Fioravanti, Edu Lauton, Tikkho Maciel

Produção: Vanessa Aniceto, Karlla Karize, Janaína Rocha

Figurantes: Raphaella Almeida, Helena Albernaz, Andreza Lourenço, Eliane Paula, Filipe Rafael, Cleiton Moraes e Gabriel Magalhães.

 

Por Agência LiveCom – Assessoria de Comunicação Léo Brandão

ADMINISTRADORES DE DEUS

church-moneyO assunto do sermão era sobre a multiplicação dos pães. Ao todo eram mais de dez mil pessoas famintas, quando  um garoto foi apontado por ter um lanche, a saber, cinco pães amanhecidos e dois peixinhos. Era tudo o que ele tinha naquele momento. E como resultado do desprendimento desse garoto, Jesus fez um milagre maravilhoso, alimentando aquela imensa multidão a partir daquela humilde merendinha. Na aplicação, o pastor disse: você tem pouco? Dê tudo para Jesus! Ouvi mais um pouco para certificar-me da direção que levaria essa aplicação, levantei-me discretamente e voltei para casa.
Amigo, o evangelho de Jesus Cristo é razoável. Ele não precisa do que você tem e sim da sua disponibilidade – por um simples motivo: tudo o que temos e somos já pertencem a Deus. Somos apenas Seus administradores. Não caia na inconsequência de dar tudo o que você tem para uma igreja ou para um pastor na esperança de receber o dobro em troca ou outro benefício qualquer. A tônica do evangelho é o reino de Deus e não a prosperidade material. Jesus nunca cobrou por Seus milagres e Sua salvação está disponível de forma gratuita. Entenda que oferecer tudo a Deus não significa dar à igreja todo o seu patrimônio. Deus não pede isso. É claro que não há inconveniência se alguém de são juízo oferecer voluntariamente para a causa de Deus o que o coração desejar, mas não utilize um lindo texto bíblico para forçar uma aplicação à uma conveniência corporativa. Lembre-se que um texto fora de contexto gera pretexto. Deus sabiamente já estabeleceu o dízimo e a oferta proporcional voluntária justamente para evitar qualquer risco de exploração denominacional, e ao mesmo tempo para suprir, de forma organizada, as necessidades de Sua Casa e dos obreiros que vivem do evangelho. Dar tudo a Deus significa administrar a vida; gerenciar aquilo que Ele confiou graciosamente a cada um, através do sábio uso de nosso tempo, talento, corpo e patrimônio. Quando dedicamos essas áreas da vida a Deus, direcionando-as para o benefício do próximo, estamos sendo bons dispenseiros da causa do Mestre e ao mesmo tempo cumprindo a lei do amor a Deus, desenvolvendo um amor próprio saudável e o amor ao próximo na proporção correta. Não há como complicar o que Deus já deixou orientado de forma tão clara em Sua palavra. Quando amamos a Deus de coração, a obediência à Sua palava vem como resultado, e servir a Deus passa a ser um estilo de vida contínuo e prazeroso. Esquadrinhemos a Palavra de Deus além da superfície e sob a guia e discernimento do Espírito Santo de Deus, a fim de extrairmos Suas maravilhosas verdades dentro de uma  perspectiva correta. Obrigado Senhor por confiar-nos essa sublime responsabilidade que é administrar aquilo que é Teu.

“Porque tudo vem de ti, e do que é teu to damos.” 1 Crônicas 29:14

Por: Rubens Silva