Thalles Roberto participa do Programa do Jô

programa_joNesta quarta-feira (30), será transmitido pela Rede Globo e Rádio CBN, a entrevista que Thalles Roberto gravou há poucos dias para o Programa do Jô. O programa, que inicia com a apresentação da música “Sejam Cheios do Espírito Santo”, teve como abordagem principal a evolução artística do cantor – desde o início de sua carreira na banda Jota Quest, até a fase atual – focando, principalmente, manias, situações engraçadas de seu cotidiano e histórias ainda não conhecidas pelo grande público.

Thalles foi apresentado à plateia como um dos cantores da música brasileira que mais leva público em seus shows. Na sequência, Jô Soares afirmou que o artista excede a fronteira do segmento religioso e que para ele não existe cantor de “música gospel ou secular”, existe apenas cantor.

“Participar deste programa foi a concretização de um desejo que eu tinha havia muito tempo. Não fui convidado a pregar ou falar de religião, mas felizmente, nosso testemunho de fé, grita sem precisar utilizar palavras” ressalta o cantor.

Em tom descontraído, Thalles contou manias, como a de morder tampinhas de garrafas e várias histórias de sua vida, como a vez em que, ao realizar um show numa cidade, falou ao público que “era preciso colocar o capiroto para correr e que era necessário enfrentá-lo”. Para sua surpresa, o apelido do prefeito da cidade era “Capiroto”, o que de certa forma, o colocou numa situação constrangedora.

A entrevista teve duração de 15 minutos e também contou com palhinhas das músicas “Arde Outra Vez” e uma outra canção que ele compôs para sua esposa, presente na plateia. Ao final, Jô agradeceu ao entrevistado e elogiou a qualidade artística de seu novo álbum. Além da exibição nesta quarta, o Programa do Jô será reapresentado dia 03/11 pelo canal GNT, na TV à cabo.

TENHA FÉ!NÃO DESISTA, OLHE PARA O ALTO CREIA MAIS E MAIS EM DEUS ELE NÃO FALHARÁ NUNCA, TENHA FÉ!

adoniram-judsonSE VOCÊ PUDER INVESTIR SEU TEMPO LENDO ESTE TESTEMUNHO EU CREIO QUE SERÁ EDIFICADO,QUE DEUS LHE ABENÇOE!

ADONIRAM JUDSON

Adoniram Judson tornou-se famoso pela sua declaração muito citada:  ” A perspectiva é tão brilhante quanto as promessas
de Deus.” Ele escreveu também: “Se perguntarem: Quais são as probabilidades de sucesso?, diga: Tantas quantas existe um Deus
Todo-Poderoso que irá cumprir as suas promessas”.
Foi essa fé que manteve a ele e a Ann, sua primeira esposa, trabalhando durante sete anos antes de batizarem seu primeiro convertido, e depois de doze anos só tinham dezoito. Foi essa fé que o sustentou quando seu primeiro filho morreu, fé que o manteve trabalhando até escrever uma gramática e um dicionário no idioma birmanês e depois de dez anos completar  um Novo Testamento nessa língua. Apesar dos repetidos ataques de  febre e disenteria, Judson continuou firme  em sua fé. Quando os amigos que o sustentavam decidiram que ele não era digno da sua ajuda por mostrar tão pouco fruto, ele não desanimou, mas escreveu:” É necessário muito mais tempo do que o que passei aqui para causar impacto num povo pagão…se vivermos mais vinte ou trinta anos, eles talvez ouçam falar de mim outra vez”. Depois de onze anos não desanimou , o tirânico  imperador da Birmânia o prendeu durante onze meses numa cela de condenados `a morte. Algumas vezes lhe coloram grilhões com três pares de ferros nas pernas, outras vezes cinco pares. Ele foi levado descalço para andar sobre a areia escaldante do meio-dia durante  vários quilômetros , até que seus pés se enchessem de bolhas, rachassem e deixassem um rastro sangrento a cada passo que dava na areia. Seus pés eram, então colocados no cepo e levantados acima de sua cabeça. O chão estava coalhado de insetos. Mesmo nas ocasiões em que Satanás o atormentava com a ideia das fracas possibilidades existentes de estabelecer a igreja em Cristo na Birmânia, Judson se mantinha apegado ás promessas de Deus. Quando sua mulher ficou tão doente que já não podia amamentar o filho, Judson conseguiu finalmente subornar o carcereiro para soltá-lo todas as noites a fim de levar seu bebê  desnutrido de porta em porta, pedindo às mães birmaneses que dessem um pouco de leite para a criança. Mesmo assim eles continuaram crendo em Deus. Sua mulher morreu e seu segundo filho seguiu-se a ela. Depois de algum tempo ela também morreu. Adversidades insuperáveis, sofrimento indescritível, impossibilidade após impossibilidade, solidão, e apesar de tudo isso Judson continuou crendo e avançando até que morreu no mar quando voltava para casa. Até o fim ele creu e se firmou nas promessas de Deus. Durante sua únicas férias nos EUA, crianças de rua, sentindo a presença de Deus em sua face enquanto ele andava pela rua segurando as mãos de seus dois filhos sobreviventes, o chamaram de sr. rosto glorioso. Quando ele morreu, deixou atrás de si centenas de túmulos de crentes no solo birmanês, sessenta e três igrejas, sete mil crentes batizados, e cento e sessenta e três  missionários e colaboradores  birmaneses. Existe hoje uma igreja de cerca de dois milhões de birmaneses que chamam Jesus de Senhor. Não há fé maior do que aquela que continua viva quando toda esperança parece ter-se desvanecido. 
 Deus nos ajude a ser mais apegados a Ele a cada dia e firmes no Senhor por que se Ele nos fez uma promessa Ele irá cumprir, porém devemos PERMANECER!

Por: Prª Larissa de Abreu

Renato Pelado, ex-baterista do Charlie Brown Jr., lamenta a morte de Champignon: “Acho que faltava Deus na vida dele”

hqdefaultA morte do músico Champignon, ex-integrante da banda Charlie Brown Jr foi muito lamentada por artistas e colegas de profissão, que publicaram mensagens de condolência e desejos de consolo da parte de Deus para a família dele.

No entanto, um destes colegas, o baterista Renato Pelado, que fez parte da formação original do Charlie Brown Jr ao lado de Champignon e Chorão (vocalista da banda morto em março deste ano) e tocou com o baixista por treze anos, concedeu uma entrevista ao G1 dizendo que sentia que havia faltado Deus na vida do amigo.

Pelado comentou que a postura de Champignon, mesmo quando se distanciaram, foi de amizade: “A última vez que eu vi ele, por incrível que pareça, foi no enterro do Chorão. O que nos separou foi a banda, eu segui outro caminho, segui o caminho de Deus. Ele me apoiou, nunca ficou me pressionando, respeitou minha escolha. É lamentável, estou muito surpreso”.

Segundo Renato Pelado, ele tentou agendar um encontro com o amigo na última vez que conversaram por telefone: “A gente era amigo, eu liguei para ele e pedi para que quando estivesse em Santos me encontrar”.

O baterista, que atualmente é membro da igreja Bola de Neve, lamentou o ocorrido e a falta de Deus na vida do amigo: “Ele deixou alegria, a técnica, a lembrança ficará sempre no coração. Uma pena que tudo afetou ele. Eu chego a conclusão de que o sucesso não é isso, sucesso é outra coisa. É um engano, você acha que está fazendo sucesso, mas no fundo está vazio, eu acho que faltava Deus na vida dele. Eu fujo do tumulto, achei minha paz”.

Por Tiago Chagas, para o Gospel Mais

Caçadores de Bons exemplos: O casal que percorre o mundo em busca de ações transformadoras

cacadores-de-bons-exemplos-em-A-vida-e-uma-viagem-588x391Eles poderiam perguntar coisas do tipo: Onde esta o posto mais próximo ou onde fica o hotel da cidade? Mas a pergunta que fazem ao chegar em novos lugares define bem o objetivo do casal que desapegou de tudo o que tinha e caiu na estrada em busca de algo além de ganhar dinheiro, adquirir bens e cuidar da família somente. A pergunta é: Quem faz a diferença nesta cidade?

Caçadores de Bons Exemplos é o nome adotado por Iara e Eduardo Xavier quando começaram a viagem pelo Brasil em janeiro de 2011. “Somos um casal cansado de ouvir notícias ruins. Acreditamos que existem muito mais pessoas do bem do que ações negativas no mundo”, afirmam.

Eles contam que sentiam necessidade de fazer algo maior pelas pessoas, mas não sabiam o que e nem como suprir essa vontade. Então decidiram viajar por cinco anos para conhecer e conviver com exemplos que fazem a diferença pelo Brasil e no exterior. “Precisávamos conviver com pessoas que já fazem isso. Pessoas que pararam de olhar apenas para ‘seu próprio umbigo’ e olham para um todo”.

O carro transformou-se na casa de Iara e Eduardo.

O sonho antigo não precisou de muito planejamento, foram se permitindo e quando viram já estavam na estrada rumo a Minas Gerais, onde encontraram o primeiro bom exemplo e a certeza de que estavam no caminho. “Planejamos muitas coisas para fazer nestes cinco anos, mas o tempo foi modulando e deixando o que realmente importa. Hoje está acontecendo o que precisava acontecer, o resto ficou pelo caminho”, explicam.

O objetivo é percorrer todo o país e o exterior encontrando gente e instituições que fazem o bem e trazem melhorias para a vida das pessoas por meio de ações.  Não estão preocupados em acarretar resultados ou promover grandes transformações e sim se emocionarem a cada encontro e poder compartilhar essa experiência do bem com o mundo.

A VIDA É UMA VIAGEM

“A vida passa rápido, como uma viagem e devemos ficar com as boas lembranças do caminho. Carregar em nossa bagagem não só roupas e matéria, mas sim o que fizemos com o próximo e pelo próximo. Nossa bagagem deve ter muitas fotografias de bons momentos e do bem que fizemos”,explica os Caçadores de Bons exemplos sobre o nome da expedição “A vida é uma viagem” que se tornou filosofia e os acompanham.

Para o casal, bons exemplos são aqueles que transformam. “Bom exemplo para nós é sinônimo de transformação. É aquele que faz algo a mais pela comunidade em que vive. É ir além do limite da comodidade e ‘botar a mão na massa’ para realmente resolver problemas sociais do país.”

Na estrada descobriram que o povo brasileiro é caridoso e também acredita na mudança, diferente do que mostra os jornais. “Precisam apenas direcionar a solidariedade para ações menos assistencialistas e mais transformadoras”, dizem.

Para começar a praticar o bem o casal explica que não precisa ir muito longe, basta contribuir com aquilo que estiver ao seu alcance. “Ajude o próximo que está próximo de você! Não estamos falando de assistencialismo, mas sim de transformação de vidas! Coisas ruins sempre irão acontecer, mas, podemos neutralizá-las com ações positivas.”

COMO SE FAZ O BEM

A única regra seguida pelo casal é não pesquisar na internet sobre projetos. As ações são indicadas pelas pessoas que encontram no caminho. Estão certos de que tudo pode acontecer em um dia. Não há horários para refeições, locais para banhos e nem para o repouso. “A única certeza é que no fim de semana postamos no nosso blog os projetos que encontramos pelo caminho”.

O carro se transformou em morada e foi adaptado a suprir algumas necessidades como panelas e frigobar para as refeições e uma barraca automotiva para repouso quando não são convidados a dormir na casa de algum morador.

O casal fala sobre o que os move a permanecer na estrada durante tanto tempo: “Acreditamos que todo mundo tem o bem no coração. Divulgando estas ações positivas e estes bons exemplos, as pessoas podem fazer o mesmo em suas cidades, transformando-se em multiplicadores ou podem ajudar aqueles que já fazem estas ações.”

A maior dificuldade encontrada pelo casal é a falta de patrocínio e não possuir um banheiro.

A única coisa que realmente acham necessária para realizar uma ação como essa é a vontade de fazer acontecer. “É necessário apenas a força de vontade e acreditar no sonho. O resto é detalhe”.

Muitas são as dificuldades encontradas no caminho, pois apesar de terem vendido tudo que tinham não eram ricos e a falta de apoio e patrocínio tem trazido alguns obstáculos superados com amor e perseverança por eles.  A falta de banheiro também é um das grandes dificuldades encontradas por Iara e Eduardo. “Foi uma mudança radical em nossas vidas”, diz eles.

A SEMENTE NO CAMINHO

Até o momento já registraram mais 600 boas ações em 133.855 km percorridos por terra, mar e ar, passando pelos estados de Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí, Maranhão, Tocantins, Pará e Amapá. “O que nos importa é a ação positiva que as pessoas realizam. Não importa o foco ou religião, o importante é fazer a diferença naquela comunidade”.

O pagamento pela atitude do casal vem em forma de histórias como a de uma senhora que após ler as ações encontradas por eles entrou em contato e disse que se sentia mal por nunca ter feito algo por alguém. Mas que a partir daquele dia confeccionaria enxovais para grávidas carentes. “Quantas pessoas leram sobre os bons exemplos e estão agindo? Talvez nunca iremos saber à proporção que alcançaremos, mas saberemos que a visão de alguns perante o mundo foi mudada”, dizem.

Iara e Eduardo Xavier, os Caçadores de Bons Exemplos.

O sonho do casal é fazer uma revista ou livro de cada estado percorrido para catalogar as ações encontradas e distribuir as publicações gratuitamente para motivar mais pessoas a fazer o bem. “Fazer um intercâmbio de idéias positivas entre as regiões. Assim, podemos formar multiplicadores de ações sociais”, dizem.

Quando indagados se uma ação como a deles poderia mudar o mundo a resposta vem com um sorriso. “Sim! Tudo o que o ser humano faz pode mudar o mundo. Então, por que não tentar? Talvez não mudaremos todo o planeta Terra, mas pelo menos “mudamos” o mundo das pessoas que conhecemos pelo caminho. Sabe como? Fazendo com que elas reflitam sobre suas vidas” conclui o casal.

www.cacadoresdebonsexemplos.com.br

 Fonte: Agencia de Notícias do Terceiro Setor

Movimento contra corrupção Exposed 2013 é lançado no Brasil

anajureLançamento oficial da campanha é feito na Igreja Congregacional Zona Sul, em Campina Grande (PB), onde cristãos são exortados a viverem a prática de atitudes honestas em seu dia-dia.

campanha Exposed 2013 foi oficialmente lançada no Brasil, no último sábado (15), durante culto especial realizado na Igreja Congregacional Zona Sul, em Campina Grande, no estado da Paraíba. A cidade e o Estado foram escolhidos propositalmente pela organização do evento por ser a região Nordeste do Brasil uma das mais vitimadas pela corrupção. Na ocasião, foi explicitado o objetivo da mobilização de colocar em prática atitudes concretas contra a corrupção e exortar o povo cristão para que vivam a prática de atitudes honestas em seu dia-dia.

Coordenada no Brasil pela Associação Nacional de Juristas Evangélicos – ANAJURE -, a mobilização tem caráter global, sendo conduzida em diversos países por organizações cristãs que trabalham simultaneamente para levar adiante ações em favor desse tema tão atual e urgente.

Com a presença de membros de mais de seis denominações evangélicas, a programação incluiu a representação de uma grande multidão clamando em favor de atitudes concretas contra a corrupção e a favor da honestidade. A campanha se baseou na mensagem do livro de Isaías 54:1: “A minha justiça será luz para as nações”.

O preletor convidado, pastor Jorge Noda, fez exemplificações esclarecedoras relacionadas ao tema ‘corrupção’ e enfatizou como os cristãos devem distanciar-se dela. “Esse tema deve ser trabalhado e vivido em nossas igrejas e lares, pois se não for assim, quando os cristãos saírem para cobrar honestidade e transparência dos governantes, a mídia terá tudo documentado e vai dizer que a igreja é falsa e hipócrita, pois cobra da sociedade, o que ainda não vive”, disse Noda, durante reflexão.

Um dos instrumentos utilizados na campanha foi o  abaixo-assinado, que pretende reunir um milhão de assinaturas, além ações em redes sociais e divulgações por toda a internet, iniciadas antes mesmo do lançamento oficial.

A ANAJURE realizou ainda na sexta-feira (14) um ato simbólico em frente o Fórum Afonso Campos de Campina Grande, onde foi realizada uma oração em favor da classe política brasileira, em favor dos cristãos no mundo e para que a campanha alcance seus objetivos.

A Campanha Exposed 2013 foi tema de uma edição especial do Programa de Rádio da ANAJURE, quando uma das líderes do movimento no mundo, Amanda Jackson, falou  diretamente de Sidney – Austrália para os ouvintes brasileiros. “Não é só no Brasil que pessoas são acusadas e condenadas por causa da corrupção. Queremos conscientizar a população que precisamos mudar o cenário e elas não podem corroborar com suborno e evasão de divisas. A corrupção está em todo lugar e em todas as nações e muito dinheiro é desperdiçado com ela. Dinheiro que poderia ser investido em alimentação, educação e  serviços básicos para a população”, disse Amanda. Acompanhe a entrevista completa no texto anexo ou ouça o programa na íntegra.

Números da Corrupção

A corrupção não envolve apenas perdas monetárias: ela é responsável por inúmeras mortes de cidadãos em todo o mundo, direta ou indiretamente afetados pelo problema. Estima-se que, entre os anos 2000 e 2015, somente por causa da sonegação de impostos, poderá haver a morte de 5,6 milhões de crianças nos países em desenvolvimento.

Sobre a Exposed 2013

A Exposed é um movimento contra a corrupção pessoal e institucional levado a cabo por entidades cristãs de todo o mundo e que pretende ser a voz do clamor da população global contra líderes e governantes que não administram em favor do bem comum.  O slogan da campanha é “Corrupção Mata! Exponha-a! Denuncie! Ponha um foco de luz na Corrupção”.

O movimento, encabeçado por cristãos, tem como objetivo gerar atitudes de não conformidade com a continuidade de ações corruptas, seja no meio governamental e institucional, seja através das diversas outras formas de corrupção existentes na sociedade, incluindo o próprio meio eclesiástico cristão.

As assinaturas recolhidas no abaixo-assinado serão apresentadas aos líderes das maiores economias do mundo para que entendam que pessoas em todo o mundo desejam maior transparência e honestidades nas ações de sua liderança.

Sobre a ANAJURE

A Associação Nacional dos Juristas Evangélicos – ANAJURE foi fundada com a missão de constituir-se uma entidade de promoção e defesa das liberdades civis fundamentais – em especial a liberdade religiosa e de expressão. Empenhada na defesa dos deveres e direitos humanos fundamentais, em especial o princípio da dignidade da pessoa humana, sua atuação está pautada nos pilares do Cristianismo e do Estado Democrático de Direito.

Em seu corpo diretivo constam nomes do mais alto gabarito da cena jurídica nacional. Cada região brasileira está representada por meio de juristas, procuradores, juízes e desembargadores, entre outros, que integram o Conselho Diretivo e Consultivo da associação.

Com domicílio na cidade de Campina Grande, Paraíba, possui seu escritório de representação em Brasília – DF.

 ANAJURE Rádio entrevista líder da Exposed na Inglaterra

Antes mesmo do lançamento oficial do Exposed no Brasil, a ANAJURE entrevistou  a Líder do Micah Challenge International, Amanda Jackson, que é uma das grandes cabeças da campanha no mundo.

Amanda é professora e escritora, treina e encoraja campanhas em mais de 40 países. Durante a entrevista, realizada durante o programa de Rádio da ANAJURE, abordou o tema da corrupção, objetivos da campanha Exposed 2013, como também, os cristãos podem fazer a diferença em relação a esse tema.

Acompanhe abaixo a entrevista com a líder.

ANAJURE: O que é o Exposed e de onde surgiu a idéia de unir pessoas cristãs em todo o mundo em torno deste projeto?

Amanda Jackson: Pensamos acerca da corrupção e da pobreza, e como cristãos começamos a entender que a pobreza é causada em grande parte pela corrupção, +

mas, poucas pessoas querem discutir acerca desta questão. Acreditamos que devemos estar conscientes de qual é a nossa responsabilidade e como estamos envolvidos com a corrupção.

Vejo que muitas pessoas olham para o assunto e se perguntam: O que eu posso fazer a esse respeito? Esse projeto envolve vários grupos que decidiram fazer algumas coisa, entre eles estão a ANAJURE, Aliança Global Cristã, World Evangelical Alliance (WEA), Bible Society e outras entidades.

Não é só no Brasil que pessoas são acusadas e condenadas por este motivo. Queremos conscientizar a população que precisamos mudar o cenário e elas não podem corroborar com suborno e evasão de divisas. A corrupção está em todo lugar e em todas as nações e muito dinheiro é desperdiçado com ela. Dinheiro que poderia ser investido em alimentação, educação e  serviços básicos para a população.

A: Porque a igreja tem se envolvido em tantos escândalos e o que ela deve fazer para evitar isso,  além do arrependimento pelos pecados?

AJ: A igreja deve se arrepender dos atos corruptos e examinar-se para depois poder pregar sobre isso ou apontar o dedo para outras pessoas e pedir integridade. O Exposed convoca a todas as pessoas a avaliarem como agem nas organizações cristãs, como elas gastam o seu dinheiro, como se envolvem com partidos políticos e como agem diante de outras áreas onde há corrupção.

Em muitos países o nosso foco será orientar as pessoas para que elas não recebam, nem paguem suborno e a igreja não deve receber recursos de nenhum político para depois não ficar refém dele e se calar diante de erros que ele venha a cometer. Ela não pode aceitar valores que a impeça de falar a verdade.

Como cristãos transformados por Deus, muitas vezes vivemos uma vida que não se diferencia de quem vive fora dos caminhos cristãos e essa campanha serve para  que a pessoa possa assumir um compromisso pessoal de ser mais honesto e agir justamente em suas atitudes.

A: Quais as ferramentas que estão sendo utilizadas na campanha Exposed 2013?

 AJ: A primeira ferramenta é a oração pois, como cristãos, devemos estimular outras pessoas a pedir a Deus para trabalhar essa questão em nossa sociedade e também, estimular as igrejas a debater o assunto, e para isso temos materiais de auxílio.

Sabemos que, em alguns lugares é perigoso fazer culto em público, então pedimos que as pessoas trabalhem a questão da corrupção com sabedoria, e nós vamos realizar cultos especiais e exibir vídeos em lugares públicos para atingir a conscientização e dar um basta na corrupção e engano. Para isso, conclamamos cristãos em todo o mundo para juntar as suas vozes e impactar os líderes das economias mais poderosas do mundo que estarão reunidos no próximo encontro do G20, o qual o Brasil faz parte, para que os líderes parem com atitudes de roubarem recursos dos mais pobres em favor dos mais ricos.

Pedimos que as pessoas assinem o que chamamos de ‘Chamado Global’ contra a corrupção para que consigamos o número de assinaturas necessárias.

A: Como o abaixo assinado poderia impactar o grupo de líderes no G20?

AJ: É necessário que se tenha leis e regulamentação em um nível mais elevado, para que pessoas comuns coloquem essas leis em prática para que tanto pessoas de alto nível, quanto pessoas simples entendam que a corrupção é algo inaceitável.

Os líderes vão tomar decisões por seus próprios países e irão trabalhar a conscientização acerca de práticas menos corruptas. O objetivo é que haja um impacto mais do que na legislação, queremos que haja um impacto moral em toda a sociedade.

Se conseguirmos, apenas no Brasil, uma média de 50 mil assinaturas, será mais fácil pressionar os líderes à uma mudança, mostrando que a população não está satisfeita e essa visão deve ser levada a todos os países onde a Exposed puder chegar.

A: O tema é favorável neste momento em que o Brasil está prestes a sediar dois grandes eventos esportivos. O que podemos fazer para ficarmos mais atentos ao uso do dinheiro com relação às obras que devem ser feitas para esses eventos?

AJ: Em eventos de grande magnitude, é comum essa questão da corrupção, mas cabe a igreja e a ANAJURE pressionar a mídia para que as ações do governo sejam as mais limpas e transparentes possíveis, principalmente no que se relaciona às licitações e contratos ligados ao evento.

O Brasil é um dos países com maior número de cristãos no mundo e é possível ser  encarado com clareza e dispor de eventos livres de tanta corrupção.

Mais informações:

Jussara TeixeiraAssessora de Imprensa – (11) 9 5256-6182 / imprensa@anajure.com.br

Angélica BritoInternational Press Officer / press.officer@anajure.org.br – (83) 8758-4988

Wanda Galvão – Secretária Administrativa – (83) 8899-3771 / secretaria@anajure.org.br

Curta a fanpage da ANAJURE e acompanhe o desenvolvimento dos trabalhos

https://www.facebook.com/anajure.oficial?ref=ts&fref=ts

Siga-nos no Twitter: @anajure_oficial

Fonte: Jornal Gospel News

Pastor Antônio Cirilo prepara novo álbum

IMG_6333Em entrevista exclusiva, o líder do Santa Geração fala da produção do 26º álbum da carreira – Canção da Eternidade

O pastor Antônio Cirilo, líder do Ministério Santa Geração, está na fase inicial de produção do seu mais novo álbum que terá como título “Canção da Eternidade”. O processo de gravação está sendo realizado no Estúdio Ultra, em Belo Horizonte (MG). Neste novo projeto o pastor assina a produção: “Volto à ativa coordenando talentos”, brinca.

Ao longo de mais de dez anos, o pastor, cantor e compositor Antônio Cirilo tem construído sua história na música evangélica nacional com canções que falam do amor de Cristo, levando o público a uma profunda comunhão com Deus, por meio da adoração e do ensino da Palavra de Deus falada e cantada.

E não será diferente com este novo álbum que contará, como sempre, com a participação especial de alguns ministros de louvor. Confira mais novidades deste próximo trabalho que terá o selo da gravadora Graça Music.

Santa Geração: O que o público pode esperar do álbum “Canção da Eternidade”?
Pastor Antônio Cirilo:
Trata-se de um álbum com 15 canções. Um álbum é como um livro no qual cada canção é um capítulo. Embora cada música seja trabalhada individualmente, o resultado global estará muito bem definido. A ideia é contar uma história linda a respeito do Senhor Jesus, do Espírito Santo e da obra que Ele realizou para nos abençoar com salvação e outros benefícios. O álbum é equilibrado de uma forma que quando a pessoa terminar de ouvir tudo ela dará um suspiro, ela vai se achegar mais a Deus, como diz o Salmo 42: “Como suspira a corça pelas correntes de água, assim a minha alma suspira por Ti, ó Deus.” Para isso, planejo resgatar neste disco a essência do chamado de Deus em minha vida. Há 12 anos, Deus usou uma mulher como profetiza e me deu a seguinte palavra: “Deus está me revelando que Ele te escolheu e te usará para gravar CDs. Ele te dará canções que mudarão o coração, a mente e o comportamento da Igreja no Brasil e no mundo.” Duas semanas depois dessa palavra eu sonhei com a primeira canção e desde então tenho gravado aquilo que o Senhor tem me dado. Nesses 12 anos de caminhada fiz muitos amigos preciosos; alguns deles estarão participando comigo neste novo projeto que será gravado em estúdio, mas com a participação da igreja também. Peço a oração da Igreja para que este projeto possa sair segundo o coração e a direção de Deus.

Santa Geração: O que tem pensado em relação a este novo álbum?
Pastor Antônio Cirilo: Ele será mais um utensílio na Igreja de Deus para ser usado na adoração ao Senhor. Uma ferramenta para nos ajudar a andar mais pertinho de Deus!

Santa Geração: Terá participações de outros cantores?
Pastor Antônio Cirilo: Sim, teremos algumas participações das quais duas já estão confirmadas, mas isso só será divulgado na medida em que o projeto for caminhando.

Santa Geração: Quem será o produtor?
Pastor Antônio Cirilo: Na verdade, o álbum “Deus é Glorioso” (lançado em novembro de 2011) foi nosso único disco produzido por um profissional da área, o Ruben di Souza, amigo muito querido e um dos melhores produtores que conheço. Os demais todos foram produzidos por mim mesmo. Sempre com a preciosa ajuda de todos ao redor – músicos, técnicos, arranjadores etc. Neste novo trabalho eu volto à ativa coordenando talentos. Ninguém faz nada sozinho. Um grande projeto é resultado do trabalho de muitos. Vou trabalhar com todo mundo, porém, vou pilotar mais uma vez!

Santa Geração: Qual a previsão de lançamento?
Pastor Antônio Cirilo: A primavera em nosso hemisfério começa em setembro, ela fala de reflorescimento, de novidade, é a primeira verdade do campo. Junto à primavera, vai chegar o nosso mais novo álbum “Canção da Eternidade”. Aguardem!

IMG_6341

Aguarde! Em breve, para todo o Brasil e para as nações o mais novo trabalho do pastor Antônio Cirilo – o álbum “Canção da Eternidade”.

Assessoria Santa Geração
Por Ana Paula Costa

Fonte: Jornal Gospel News

Uma historia que vai impactar a sua vida.

dan_daniel_4 

Dan Marinho conta sua trajetória de vida e carreira.

Integrante da dupla Dan e Daniel (Dan Marinho e Daniel Faria), cantor relata sua  trajetória de vida, perda de seu primo em um acidente, restruturação e  retomada       de carreira.

O cantor relatou todo seu depoimento em vídeo, onde vocês poderão conferir agora:   Com produção de BHFILMES, direção geral de  Lucas Nepomuceno direção fotográfica: Hércio Rodrigues, câmeras: Lucas Nepomuceno,Pedro Diego e Hércio Rodrigues e com apoio Som Livre.

 

Acesse o link e confira:

http://www.youtube.com/watch?gl=BR&hl=pt&client=mv-google&v=YBgG4leGL28&nomobile=1

Interaja com a Dupla Dan e Daniel em suas redes sociais:

site: http://www.danedaniel.com.br/

fanpage: https://www.facebook.com/danedanieloficial

Twitter: https://twitter.com/duplaDaneDaniel

Instagram: http://instagram.com/dupladanedaniel/

Matéria: Dionei Max | Assessoria de Imprensa

 

LANÇAMENTO CD WAGUINHO – EX-PAGODEIRO DO GRUPO “OS MORENOS”

WaguinhoSINÔNIMO DE FÉ E SUPERAÇÃO ESTE É WAGNER DIAS, CONHECIDO POR TODOS COMO “WAGUINHO”, EX-PAGODEIRO DO GRUPO “OS MORENOS” QUE TEVE SUA VIDA REESCRITA POR DEUS, E QUE OSTENTA HOJE, O MAIOR TÍTULO QUE UM HOMEM PODE ALMEJAR – SERVO DO DEUS ALTÍSSIMO…

É POR DEUS E PARA DEUS, QUE CANTA E COMPÕE, PARA QUE ATRAVÉS DA MÚSICA, VIDAS SEJAM LIBERTAS DA ESCRAVIDÃO DE TANTOS MALES QUE ASSOLAM A SOCIEDADE.
E EM PROL DESTA SOCIEDADE, POR ACREDITAR QUE É POSSÍVEL VIVERMOS EM UM MUNDO MELHOR, SE CANDIDATOU AO SENADO DO RJ, TENDO APROXIMADAMENTE 1.296.000 VOTOS NA ÚLTIMA ELEIÇÃO.
SUA TRAJETÓRIA TEM SIDO ABENÇOADA E APROVADA POR DEUS, COMO COMPROVA SUA DISCOGRAFIA, QUE CONTÉM 4 ALBUNS QUE SE TORNARAM SUCESSO E TODOS LHE AGRACIARAM COM DISCO DE OURO.:
O PRIMEIRO CD – ” O CHAMADO” – FOI MUITO ESPECIAL, POIS FEZ A CANÇÃO ” DONO DA BOCA” SER SUCESSO EM TODO O BRASIL TANTO NO MEIO ARTÍSTICO EVANGÉLICO COMO SECULAR;
O SEGUNDO CD – “VIDA RENOVADA ” – FALA NO QUE ACREDITA PODER ACONTECER NA VIDA DAQUELE QUE SE RENDE A DEUS;
O TERCEIRO CD – ” BEM MAIS FELIZ ” – QUE RETRATA A SUA VIDA HOJE, E QUE CONTEM A MUSICA QUE COMPÔS PARA SUA ESPOSA – “MULHER SANTA”; O QUARTO CD – ” SAMBA ADORADOR” -RECHEADO DE REGRAVAÇÕES DAS MUSICAS QUE FIZERAM PARTE DA SUA CONVERSÃO.
E AGORA, LANÇANDO O SEU QUINTO CD – “MOMENTOS COM SENHOR” – LOTANDO A CASA DE ESPETÁCULO VIA SHOW, E QUE CONTA COM A PARTICIPAÇÃO DE THALES ROBERTO, EXPOENTE DA MUSICA EVANGÉLICA, QUE COMPÕS E GRAVOU
JUNTO COM WAGUINHO, A MUSICA TÍTULO DO CD; E MAURO DINIZ,FILHO DE MONARCO DA PORTELA, REFERÊNCIA NO MUNDO DO SAMBA E COMPOSITOR DE GRANDES SUCESSOS DA MPB, QUE TEVE PRESENÇA MARCANTE NESTE CD, COMPONDO E GRAVANDO COM WAGUINHO A MUSICA – “MEU REI JESUS”.
FOI DISCIPULADO PELO PR MARCOS PEREIRA, É MEMBRO DA ADUD, DEIXANDO DE CANTAR PARA O MUNDO HÁ 9 (NOVE) ANOS.
PAI DE 5 (CINCO FILHOS) É CASADO COM FABÍOLA BASTOS, UMA SERVA DE DEUS.
SEM DUVIDA….SUA VIDA, SUA TRAJETÓRIA, SUA DISCOGRAFIA, FAZEM DE WAGUINHO, UM HOMEM DE SUCESSO… SUCESSO ESTE ,QUE ELE TRANSFERE A HONRA E A GLÓRIA PARA O DEUS QUE RECONSTRUIU A SUA VIDA E SUA FAMÍLIA…


Por: Mércia Machado

Assessoria de Imprensa e Produção
Tel: 21 – 8282-5881
Msn:
merciamachado@hotmail.com
e-mail: mememachado@gmail.com

Confira nossa entrevista com Leonardo Duarte que falou sobre seu primeiro CD

leonardo-duarte-fe-em-jesusQuem é Leonardo Duarte? 

Bem, tenho 29 anos e sou carioca da gema. Solteiro (namoro há 1 ano e 9 meses), sou membro da Assembleia de Deus em Bonsucesso, Pastor Jaime Soares e congrego na Filial Ebenézer, pastoreada pelo Alex Soares, aonde atuei como líder de louvor por um tempo e hoje trabalho assiduamente no ministério da igreja. Nas horas vagas gosto de um bom filme, sou apaixonado pela Sétima Arte.

Como foi seu início na música, mais especificamente na área de louvor e adoração?

Aos 14 anos, por necessidade da minha antiga igreja, eu aprendi a tocar teclado pelo fato de não termos músicos suficientes pra dar assistência aos cultos, fui até uma banca de jornal e comprei uma revista de música para aprender teclado, e o mais engraçado que foi tudo muito rápido, com 3 meses já estava tocando na igreja. Com o tempo fui entendendo que o “tocar” na igreja era mais sério do que eu imaginava.

Participei de uma banda chamada Geração de Louvor e o chamado de Deus na minha vida ficou cada vez mais claro, a banda acabou e eu continuei ministrando em algumas igrejas até que resolvi dar ouvidos ao que Deus tinha pra mim. Abri os meus ouvidos para ouvir o apelo do céu e como Isaías 6 eu disse ao senhor: eis me aqui, senhor, envia me a mim!

O que mais marcou você durante a gravação do seu primeiro álbum? 

São tantas que eu poderia listar, mais o que mais me marcou foi o fato de no dia da gravação eu estar com 60% da minha voz comprometida e chegamos a cogitar a cancelar a gravação, graças a Deus que Ele colocou um produtor muito competente na minha vida e sempre me orientando me deu forças e disse que eu conseguiria. Deus fez um milagre e gravamos todas as faixas em menos de 3 horas para a honra e glória de Deus! E como diz meu produtor, Wagner Derek, a gente não termina o disco e sim abandona né rsrsrs Deu tudo certo.

Qual o estilo e a sonoridade do disco?

Meu maior medo era fazer o que todo mundo está fazendo, nós temos muitas referências boas Michael W. Smith, Jeremy Camp, Chris tomlin, Israel Houghton, Fernandinho, Hillsong e Marcos Witt. Só que esse “som” eles já fazem, buscamos um som mais dos anos 80, tem um lance africano muito legal, pads e timbres vintage, muitas guitarras e muito pop rock claro que não podia faltar.

E quanto às canções? Como foi o processo de seleção do repertório?

Difícil, muito difícil. É um CD autoral então fica complicado rs, mas Graças a Deus que tenho uma Igreja maravilhosa e recebo um feed back muito bom. Colocava as canções no momento do louvor e via a reação da igreja e desde muito cedo já ouvia testemunhos lindos e já começava a selecionar na hora e debaixo de oração que é a base de todo aquele que quer ser bem sucedido em qualquer área da sua vida.

Qual ou quais músicas vocês destacam neste trabalho?

A de trabalho “Meu Tudo” e também “Curado eu Serei”. Salmo 121” e “Minha vida é te adorar” e outras que ficaria até difícil dizer.

Qual(is) canção(ões) o público tem se identificado mais? E porque essa identificação ocorre?

Justamente essas que lhe informei. “Meu Tudo” tem sido um mover de Deus. A Sociedade tem sido massacrada na área familiar, então hoje as pessoas chegam na igreja buscando refúgio, abrigo e força principalmente para lidar com essas questões.

Em “Ebenézer” nós temos declarado que a nossa família será curada, transformada e salva e assim como Josué 24:15 declara nós também profetizamos que eu e minha casa serviremos ao senhor. Acredito que essa tem sido umas das nossas bandeiras e por isso a identificação com essas canções. 

Você pretende investir em vídeo clipes? Como você enxerga esta ferramenta dentro do seu ministério?

Já começamos rsrsrs. Tive o prazer de ser dirigido pelo Lucas Storck, uma mente genial que tem feito um trabalho lindo com a gente. Acabamos de lançar o nosso primeiro vídeo clipe “Minha Vida é te Adorar” que já tem tido uma aceitação excelente na web e nas redes sociais. Já iniciamos o segundo clipe com a participação do meu amigo Anderson Freire. 

Como você esta tratando sua identidade visual na web e nos meios de divulgação em geral?

A Agência Excellence, do meu mano David Cerqueira, fez a nossa capa e a logo do Ministério, e já estamos providenciando o nosso site, e eu faço um trabalho junto com o Lucas Storck que me ajuda nas Artes do nosso projeto na web, atualizo o Facebook e o Twitter diariamente com a agenda e a divulgação de vídeos. 

O que você têm ouvido hoje em dia?

Além das referências que falei tenho ouvido demais o CD novo do Anderson Freire, não sai do meu celular: David Cerqueira, Diante do Trono, Fernandinho, Kari Jobe e Davi Sacer. Gosto de louvores que tocam, que mexe com agente.

Qual a sua opinião em relação a esta abertura que a mídia secular está dando para os evangélicos?

Eu tenho uma certa preocupação em relação a isso. Tenho sempre pedido ao senhor orientação do que fazer, do que falar, onde ir e não ir. Acho importante demais as portas quem tem sido abertas para o povo de Deus para a propagação do evangelho, só temos que perceber que porta Deus está abrindo e qual porta NÓS estamos forçando para abrir! Nós somos a influência e não os influenciados. Se Deus está na frente tudo vai dar certo.

A cada dia vemos crescer o uso de meios eletrônicos, como o Twitter, o MySpace, Orkut, Youtube, entre outros, para divulgação do trabalho. O que você acha dessas novas opções de mídia?

Coisa de Deus! Um click pode transformar a vida de uma pessoa, para o bem ou para o mal, agora hoje em dia o independente tem uma arma nas mãos que são as redes sociais, é uma coisa fantástica o que se faz hoje para promover uma música, um vídeo. Mais tem que saber usar!

Qual os seus planos para 2013?

Alcançar o maior número de vidas que eu puder com a minha voz, com meu trabalho, com as canções que Deus me emprestou com o Dom que ele nos deixou. Almas, almas, almas, almas, Fortalecer o Reino de Deus aqui na Terra através da minha vida. Fazer um trabalho forte de divulgação nesse novo caminho que Deus nos permitiu percorrer.

Poderia deixar um recado para nossos leitores?

Deus e seus mistérios. Faz 8 anos que Deus prometeu algo em minha vida, eu não sei há quanto tempo você espera algo da parte de Deus, Abraão esperou até ter 100 anos de idade para receber o filho que o senhor lhe havia prometido. Jó teve que esperar durante agoniados meses de dor e sofrimento sem saber se o senhor o havia ouvido ou se cuidava dele.

Deus não age apressadamente, age no tempo que ele em sua infinita sabedoria determina que seja o melhor. Temos que esperar pacientemente. As palavras de Davi são muito fortes quando ele diz : Bem aventurado o homem que põe a sua esperança e confiança no Senhor! Saiba querido que no tempo de Deus tudo irá tomar suas formas, saiba que o Senhor é aquele que te guarda e tem cuidado dos seus. Fique na paz e agente se esbarra por aí, abração para a minha linda Igreja AD Ebenézer e meu Pastor Alex Soares e para todos do Super Gospel Deus vos abençõe. 

Deixe aqui os seus Contatos:

Nossos contatos são: contatoleonardoduarte@gmail.com
Telefones: (21) 8174-2595 (21) 7470-2909
Facebook: /leonardoduarteoficial
Twitter: @Leo_DuarteRJ

 Fonte: Jornal Gospel News

Entrevista: Carla Santiago – Uma história de amor e milagres

Release Carla A3 frenteNascida numa fazenda no interior de Minas Gerais, a cantora Carla Santiago foi criada em meio à natureza trabalhando na lavoura e ajudando a mãe nas tarefas domésticas. Em meio a essa calmaria do interior, Carla sempre contou com o apoio da família desde quando começou a cantar aos cinco anos em sua igreja localizada em Porteirinha. Entretanto, antes de entrar de cabeça no mundo da música, ainda na adolescência ela realizou trabalhos como modelo e também se formou em Relações Internacionais, com pós-graduação em Política Internacional e Direito Internacional do Comércio. Apesar do grande sonho em ser Diplomata, Carla viu que o chamado de Deus para sua vida falava mais alto e abdicou da carreira diplomática para trabalhar na obra de Deus e levar a mensagem por intermédio da música.

Em 2009, a cantora lançou seu primeiro CD intitulado Soberano, composto por 14 composições de grandes nomes do gospel nacional que evidenciou o estilo sertanejo numa produção de feita pelo maestro Melk Carvalhedo. Um ano depois, chegou o álbum Providência que lhe abriu portas para grandes eventos evangélicos. Agora, ela apresenta o disco Amor & Milagre, produzido novamente por Melk Carvalhedo em parceria com Ronny Barboza, que marca a consolidação de seu ministério que carrega desde o início as marcas da música sertaneja. Membro da Igreja Batista Ebenézer, Carla Santiago é casada com Gilberto Santiago e é mãe do Davi e conversou com o Gospel no Divã onde falou sobre carreira e projetos para o futuro.

1. Quando e como a música entrou na sua vida?

Deus me escolheu desde o ventre da minha mãe. Quando criança, aproximadamente aos cinco anos, comecei a cantar nas igrejas da região da minha cidade natal, no interior de Minas Gerais. Nesse período de descobertas, minha família foi extremamente importante, principalmente no sentido espiritual.

2. Apesar da paixão pela música, o que fez com que se apaixonasse pela vida de modelo e a acadêmica?

Sempre tive uma queda pelo mundo da moda, no sentido passarela. E fui convidada diversas vezes para desfilar, até que aceitei. Fiquei por pouco tempo também. Na vida acadêmica, sou formada em Relações Internacionais, pois amo estudar questões políticas no contexto mundial.

3. De alguma forma, essas experiências ajudaram a moldar a identidade de Carla Santiago?

Sim. O que eu aprendi academicamente me abriu os olhos quanto à situação mundial, pois estudei sobre as políticas dos países de forma geral e isso me deu ainda mais vontade de levar a palavra de Deus ao mundo.

4. Quando resolveu abrir mão do sonho de ser diplomata para fazer a obra de Deus?

 Vi que o meu chamado para fazer a vontade do Pai foi mais forte que meu sonho de ser diplomata e dediquei totalmente ao Governo maior de todos: o Reino de Deus.

5. Como foi ter o primeiro disco em mãos e por que o título Soberano?

Foi a realização de um sonho e o título veio da vontade de dizer ao mundo o quão Soberano é o Senhor. Foi uma forma de adoração.

6. Como foi se apresentar pela primeira vez como uma cantora profissional e com um disco próprio?

Foi gratificante, mais por saber que estava lançando a semente da palavra de Deus do que pelo reconhecimento em si.

7. O repertório contou com composições de grandes nomes da música gospel. Quem seriam eles?

No CD Soberano, os compositores foram: Moisés Cleyton, Daniel e Samuel, Vanderli Macedo, Edson Soares e uma de minha própria autoria. No CD Providência, foram: Agailton Silva, Anderson Freire, Os Nazireus, Edson Soares, Joel e Jânio e Ariney Oliveira. No último CD – Amor & Milagre ­­– temos composições de: Anderson Freire, Lázaro e Eduardo, Cleyton Smith, Damaris Ortiz, Ryldo Lopes e Irmãs Andrads.

8. Chegando agora com o CD Amor & Milagre, por que optou por esse nome e como foram os momentos de produção?

Não existe amor igual a este. Um amor que ultrapassa limites. E, sou milagre de Jesus e amo contar ao mundo sobre os milagres dEle. Os momentos foram de felicidade e também de luta. Glória a Deus por tudo que passei! O resultado foi fantástico!

9. O disco representa a consolidação de várias mudanças em sua vida. Que mudanças foram essas?

Anteriormente usava o nome Geila Carla (meu nome mesmo), mas as pessoas tinham dificuldade de pronunciar, fixar o nome, logo, mudamos para Carla Santiago (meu nome mesmo). E o estilo sertanejo ficou mais evidenciado.

10. E como foi contar com a participação de Damares e como surgiu essa amizade entre vocês duas?

Um dia a Damares estava com uma agenda marcada aqui em Brasília e peguei o telefone liguei para o Aldori (esposo dela) e disse que gostaria de conhecê-la pessoalmente e ofereci se eles não gostariam que eu fosse buscá-los no aeroporto. Foi amor à primeira vista. (Rsrs). Sempre que podemos estamos juntinhas. Ela é uma grande amiga que torce muito por mim e pelo meu ministério. E quando gravei esse disco eu a convidei para participar em uma música e ela aceitou prontamente e carinhosamente. Glória a Deus! Ficou demais! Ela canta muito!

11. E como foi a produção de seu primeiro clipe com direção de Bruno Fioravanti e qual a história da música “Laranjeira” e por que ela foi a escolhida para virar clipe?

Foi muito gratificante. O trabalho da equipe Fioravanti Filmes é muito bom e o Bruno é um mega profissional. Nasci na zona rural e ‘Laranjeira’ tem tudo a ver comigo. Sou simples, romântica e amo músicas neste estilo. A compositora fez esta música exclusivamente para mim.

12. Quais são seus próximos projetos?

O lançamento do meu primeiro DVD. Já gravamos e estamos em fase de finalização da produção. O lançamento deve ocorrer no mês de fevereiro e está ficando lindo demais.

13. Tem algum testemunho que marcou sua vida e poderia contar para nós?

Eu não podia ter filhos e chorei muito com o diagnóstico médico, mas descansei no Senhor. A Bíblia fala que Deus trabalha para aqueles que nEle esperam e, alguns meses depois, o Senhor me curou e fui fazer o exame de sangue e, olha só, estava grávida. Glória a Jesus! Meu filhote precioso está com dois anos. Meu milagre!

14. Qual balanço faz de sua carreira desde quando era uma criança cantando na fazenda até hoje?

Como Deus é fiel. Ele é demais. Ele pega as coisas que não são e confunde as que são. Eu vivia no meio do mato, trabalhava na roça, não tinha perspectiva financeira alguma, mas tinha um chamado, uma convicção e fé. Quando vou ao interior de MG e percorro os caminhos que fazia para ir cantar na igrejinha, atravessava o rio, muitas vezes cheio, para louvar a este Deus e hoje vejo o resultado, é emocionante, choro mesmo de alegria. Eu não mereço nada! Tudo é Dele! Jesus conquistou minha vitória na Cruz. Eu o louvarei eternamente.

Confira o clip oficial

Por: Angelo Luiz

AL Agenciamentos

Fonte: Jornal Gospel News