B BOYS E B GIRLS SE PREPAREM PARA O SALÃO GOSPEL BREAKING BATTLE

Se você é um B Boy ou uma B Girl, estamos preparando o seu lugar no 5º Salão Internacional Gospel, a feira que representa os evangélicos no Brasil. No dia 16 de Setembro de 2017, no “Espaço Hip Hop” a Academia Fenix Luciana Amancio, de Peruíbe, está realizando o primeiro racha dentro de uma feira evangélica. Os vencedores de cada categoria receberão troféus. Interessados devem acompanhar a abertura das inscrições na fanpage da feira  www.facebook.com/salaogospel

Torakipa Shofars de Israel leva grandes novidades para o 5º Salão Internacional Gospel

A Torakipa, para quem não conhece, é uma loja especializada que comercializa produtos importados de Israel e é um dos expositores confirmados dentro do 5º Salão Internacional Gospel, que acontece de 13 a 16 de Setembro, no São Paulo Expo. Se você vai visitar o Salão Gospel e admira a cultura judaica, não deixe de passar no estande da Torakipa para conhecer o que existe de mais interessante vindo de Israel.

SALÃO INTERNACIONAL GOSPEL RETORNA EM 2017 E CONVOCA A TODOS PARA A MELHOR FEIRA CRISTÃ DE TODOS OS TEMPOS!

Em 2016 a ordem foi parar tudo, os organizadores do Salão Internacional Gospel obedeceram sem questionar e sem planejar mais nada, esperando novo direcionamento do Pai. Passado setembro, outubro, novembro e dezembro o Eterno falou novamente  e foi revelando o que queria: O Salão Gospel nunca foi apenas uma feira, mas um ministério; nunca teve palco, mas altar; nunca teve expositores e visitantes, mas irmãos na fé. Nunca extorquiu ninguém, mas ofereceu oportunidades em todas as edições. O Salão Gospel nunca foi feito por oportunistas mal intencionados e aventureiros, mas por servos de Deus e verdadeiros profissionais. Diante das palavras do Eterno, agora, em 2017, a ordem é voltar, é guerrear, é não permitir o avanço do reino das trevas, é não poupar o lobo e estabelecer para sempre a vontade do Senhor. Assim como a túnica usada por José do Egito, que jamais nenhum dos irmãos pôde vesti-la, pois não cabia neles, ninguém poderá realizar o que foi dado pelo próprio Deus para o Grupo MR1″.

O 5º Salão Internacional Gospel volta com força total de 13 a 16 de setembro de 2017, em São Paulo. Esse ano, o Salão convoca a todos para a melhor feira cristã de todos os tempos! A única feira evangélica que faz parte do Calendário Oficial do Estado de São Paulo (Lei 15.811, de 22/04/2015, de autoria do Deputado Fernando Capez e sancionada pelo Governador Geraldo Alckmin), feita para um público que representa a grande família cristã. Para todos os expositores, como sempre, a melhor exposição na imprensa segmentada e secular, pilotando a comunicação como de costume a jornalista Luciana Mazza, o melhor suporte de marketing feito pelo jornalista, teólogo e publicitário Marcelo Rebello, tudo isso e muito mais pelo menor preço por metro quadrado praticado no mercado e agora com 4 dias de realização, proporcionando a melhor oportunidade para quem quer conhecer ou interagir com este mercado promissor. A feira continua sendo organizada pelo Grupo MR1, agora em parceria com a ABREPE (Associação Brasileira de Empresas e Profissionais Evangélicos), entidade que promove no Brasil o empreendedorismo evangélico com ações sociais integradas, sendo referência e fonte de pesquisa para a grande imprensa quando o assunto é mercado evangélico.

A última edição do Salão Internacional Gospel contabilizou mais de 30.000 visitantes em 3 dias de feira, foram mais de 250 marcas representando vários setores como turismo, tecnologia, moda, acessórios, música, livros, mobiliário, games, esportes, consórcio, construção civil, ministérios e organizações sociais, compondo o mais variado mix de produtos e serviços para cristãos, consolidando o evento como a mais importante feira cristã da América Latina.

E então, vem conosco? Acompanhe a nossa feira nas redes sociais! Nas próximas semanas mais novidades! A Deus toda honra e toda glória, sempre!

 

Grupo MR1/ABREPE

Mr1assessoriadeimprensa@gmail.com

013 974135841

Pastor

site_sou_pastor

 

 

 

 

 

O pastor é profeta, porta-voz de Deus. “Não havendo profecia o povo se corrompe…” Pv 29:18. Nunca duvide, porque Deus mostra mais coisas ao pastor do que se imagina… Ele tem informações privilegiadas, vindas do céu, no tempo e no espaço. ”Ele é o anjo da igreja” Ap 2:8. “Com certeza o Senhor Deus não fará nada, sem antes revelar o seu segredo aos seus servos, os profetas” (Amós 3:7). O profeta Jeremias diz que “É Deus quem dá pastores ao povo”. O pastor não é um empregado da Igreja; é um servo exercendo o ministério recebido do céu, convocado por Deus. “E vos darei pastores segundo o meu coração, que vos apascentem com ciência e com inteligência” Jr 3:15. O dinheiro que gera o salário do pastor é de Deus, fruto do dízimo que as pessoas devolvem à Igreja. O patrão é o Senhor. É com o dinheiro dele que se sustenta a obra. A Igreja apenas administra e obedece ao que lhe foi ordenado: “Digno é o obreiro do seu salário”. Lc 10:7.

O pastor é sentinela da verdade. Doa a quem doer, se Deus mandar o pastor tem que pregar o que lhe foi ordenado. “Jamais deixei de anunciar todo o desígnio de Deus” At 20:27.

O pastor é um guardião do Evangelho e das doutrinas: “Porventura, procuro eu, agora, o favor dos homens ou o de Deus? Ou procuro agradar a homens? Se agradasse ainda a homens, não seria servo de Cristo” Gl 1:10.

O pastor é mensageiro de Deus, conselheiro, irmão na fé, porém, não é super-homem. É humilde servo do Senhor, chamado para o cumprimento da missão. Ele precisa do apoio, das orações, de cooperação para não fraquejar nem esmorecer nas tentações. É um ser solitário na dimensão humana. Mesmo casado, não pode desabafar com a esposa, por misericórdia, as experiências dolorosas e agruras que sofre. Ora e chora aos pés do Senhor.

O pastor precisa preparar, por ano, mais de cento e cinquenta mensagens só para o púlpito, e mais, muito mais ainda, para os cultos e eventos fora da Igreja, para as  emergências, aconselhamentos. Ele precisa ler e se atualizar sempre para não ficar repetitivo; a sua aparência deve estar ótima, distintamente vestido como requer sua opção pastoral, o humor em nível altíssimo, a paciência deve ser inesgotável. Se errar dificilmente será perdoado por seus pares.  Com missão tão gloriosa e árdua a cumprir os pastores se esforçam para agradar, e sofrem quando percebem que não são amados na mesma proporção que amam.

Quando se lê na Bíblia a vida e a obra dos servos de Deus; as falhas; os pecados; as fraquezas e retumbantes vitórias, está tudo detalhadamente descrito para que ninguém tenha dúvida de que o pastor é um homem comum. Ele está sujeito a erros, mas, com uma diferença: é um ser humano que ouviu a chamada divina,  obedeceu, está disponível para a obra de Deus. “Obedecei a vossos pastores, e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossas almas, como aqueles que hão de dar conta delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil” Hb 13:17.

Ivone Boechat

Jornalista Luciana Mazza lança livro para mães e pais de UTI

Lá dentro, dois corações batem no mesmo ritmo e no mesmo compasso e, então, chega a notícia:

 É preciso um milagre…

 

O caminho natural das coisas é que a mãe, após dar a luz, receba seu bebê nos braços o quanto antes, a partir deste instante começa a jornada da transformação da mulher em mãe. Mas nem sempre a história segue essa ordem… Em todo o mundo, por dia, 41.095 bebês nascem antes de completar 37 semanas de gestação, estima a Organização Mundial da Saúde (OMS). Um estudo da Warren Alpert Medical School, da Universidade de Brown, nos Estados Unidos, aponta para o impacto do parto antecipado nas mães. Segundo pesquisa divulgada na última edição do The Journal of Pediatrics, a incidência da depressão pós-parto nessas mulheres é grande chega a ser o dobro da registrada entre as que chegaram ao fim. Além disso a prematuridade também é responsável por outros problemas como os visuais, auditivos e neurológicos. No Brasil, segundo estudos da Fiocruz, 10% das gestantes recebem o bebê bem antes da data esperada, o que era para ser um momento tranquilo e festivo para toda família se torna um turbilhão de sentimentos, novidades, emoções, medos e incertezas, entre fios, oxímetros, aparelhos barulhentos e muitas vezes diagnósticos assustadores… Diante disso tudo duas realidades: filho e mãe precisam se recuperar. No caso da mãe, a situação se torna traumática pois todo o foco está na recuperação do bebê e ela, por ter que cuidar do próprio filho mesmo estando em recuperação, na maioria das vezes fica esquecida. Quem cuida das mães de UTI? Existe uma recuperação física e também emocional que precisa acontecer! Do outro lado, o bebê é cuidado por toda uma equipe multidisciplinar de médicos que não podem “antecipar as coisas”, cada dia deve ser vivido de uma vez, sem pressa… Então, quando esse processo demora além do imaginado: Socorro!

Uma mãe se torna “mãe de UTI” quando recebe a informação que seu filho não pode ir para o quarto e que terá que visitá-lo numa Unidade Intensiva Neo Natal. O recém-nascido, que naturalmente seria cuidado pela nova família, passa a ser tratado por uma equipe de médicos e enfermeiros, dentro de um ambiente na maioria das vezes frio e com ares de hostilidade. “Não há dúvidas de que ser mãe de um bebê prematuro é muito dolorido, traumático, necessitando dos pais uma força emocional porque não dizer espiritual e psíquica tremenda, a passagem por uma UTI Neo Natal é comparada por alguns estudiosos como um trauma similar ao vivido em guerras.  Essa comparação se dá em grande parte pelo fato de não se saber o que vai acontecer e quem vai sobreviver”, relata a jornalista Luciana Mazza, que acabou de escrever o livro “Gerando Milagres”, onde conta a história de sua filha Chaya Gabor, que além de ser prematura extrema, nasceu com apneia da prematuridade. “Ela simplesmente esquecia de respirar e tinha que ser estimulada constantemente, senão morria”, lembra a autora. E ainda recorda: “o pior momento foi se deparar pela primeira vez com minha filha dentro de uma incubadora, cheia de fios, no balão de oxigênio, com a mãozinha roxa de tantas agulhadas e sem a tão sonhada previsão de alta! Isso é algo que choca, simplesmente aterrorizante, que marca pelo resto da vida qualquer mãe ou pai”, explana. Por isso que se fala que ser mãe ou pai de UTI é ser mãe e pais duas vezes.

Chaya Gabor hoje tem 6 anos, é uma criança totalmente saudável, sem sequela nenhuma, mas sua mãe afirma que até hoje a atenção com ela é redobrada e que quando fecha os olhos consegue ainda ouvir o barulho do oxímetro do hospital no subconsciente. Sem dúvida foi uma batalha dentro de uma guerra!

Pensando em tudo que passou e na intenção de ajudar outras mães e pais de UTI, Mazza, autora do livro, fala sobre sua obra: “por várias vezes fui indagada por pessoas que se identificavam com a minha história sobre quando essa experiência se tornaria um livro… E por muito tempo pensei em como fazê-lo, sim, porque não queria que fosse algo frio, distante da realidade do leitor, cheio de palavras e com ausência de sentimentos, sem nenhuma aplicação real, como muitos que existem por aí a serem arrumados e esquecidos numa estante. Quando sentei na frente do meu computador decidida a escrever essa história, pensei numa conversa sincera e franca com cada mãe ou pai que está passando pelas dificuldades que passei e procurando palavras sinceras de encorajamento nesse delicado momento! Um livro vivo, de vários donos, que forma uma grande corrente de amor, onde um vai indicando ao outro: quero te desafiar a começar a acreditar em milagres! Pois eu tenho muitos na minha vida! Mas o maior de todos se chama Chaya Gabor. Meu desejo é oferecer folha a folha, por meio da minha história e da Chaya, as respostas para a maioria das perguntas que se passam na cabeça de um pai ou de uma mãe que já sofreram ou ainda passam seus dias numa UTI ou, ainda, para pessoas que precisem de inspiração e motivação para enfrentar os desafios e lutas da vida. Nem todo o começo acontece da forma que planejamos, mas ainda assim podemos aproveitar o acaso, as vias paralelas e o inesperado, para nos prepararmos para o melhor de nossas vidas nos finais surpreendentes que o maior de todos os médicos nos reserva”, finaliza ela.

O livro “Gerando Milagres” chega ao mercado essa semana com ótimas expectativas, lembrando que no próximo mês, no dia 17 de novembro é comemorado o “Dia Mundial da Prematuridade”. Esse livro é um manual para mães e pais de UTI, um amigo inseparável, certo nas horas incertas, se tornando um livro de bolsa, de carro ou de cabeceira indispensável para todos os momentos de quem vive ou já viveu essa realidade. “Gerando Milagres” poderá ser comprado no formato impresso ou em e-book. Interessados já podem fazer a compra pelo site http://www.perse.com.br/novoprojetoper…/WF1_ShopWindows.aspx

Grupo MR1

https://www.facebook.com/GerandoMilagres/

mr1assessoriadeimprensa@gmail.com

O valor da família

A família é resultado do projeto divino.

Todavia, a história de inúmeras famílias descrita no livro sagrado desaponta pelo retumbante fracasso, não do modelo traçado por Deus, mas, sim, pelo homem desobediente à orientação do Criador.

Num dos episódios da vida de Abraão, “pai da fé”, Deus recomendou:

“Sai-te da tua parentela”. Como não houve obediência, as conseqüências foram terríveis.

Abraão, não ouviu o que Deus determinou e “resolveu” dar uma carona ao sobrinho, Ló, e o resto da história é o resumo da história de muitas famílias, que têm a mania de, indiscriminadamente, carregar a parentada no banco de traz e na maioria das vezes, no banco da frente.

No casamento os noivos assumem o compromisso no altar de sustento mútuo, mas é comum encontrar um kit completo esperando por eles lá do lado de fora! Inúmeras vezes, do lado de dentro e o novo casal vai morar junto… E se encosta!

Na arca de Noé, quem entrou? Sua família.

Por que será que conviver com parentes é tão complicado assim? É diferente de viver em família: pai, mãe, filhos. Parentes são tios, sobrinhos, primos, cunhado, nora, genro, sogra…encostos… E a sogra, campeã de perseguições, vem carregando uma carga negativa de antipatia, rejeição, discriminação. Geralmente a sogra sofre injustiças, principalmente, com as pesadas malas deixadas por irresponsáveis nas costas dela. O sujeito se encosta na sogra e reclama de invasão de privacidade!

Um dos mais poderosos mísseis lançados no espaço familiar vem dos maus parentes agregados à família, e muitos nem disfarçam, chegam de olho nos “erros”, nas “falhas”, na herança, nas benesses. Nenhum esforço fizeram para se apossarem das vantagens conseguidas com suor e sangue dos outros e ainda julgam que têm pouco, são parentes… e aí…querem mais. Há parentes que colam na árvore genealógica  como planta daninha e querem derrubar o mito de uma família feliz e daqueles que se esforçaram para exercer o amor e a responsabilidade mútua.

A prioridade da família é a família. Não significa fechar os olhos ou encolher os braços para negar socorro. Pronto socorro é uma coisa, exploração perpétua é outra. O sujeito finge doença, pobreza e pasmem…feiúra! Até cirurgia plástica é cobrada por parentes!!

Jesus estava numa festa de família em Betânia e os olhudos estavam do lado de fora. Críticas não faltaram nem ao Mestre. Judas disse mais ou menos assim:“Com tanto pobre lá fora e você permitindo que se derrame sobre os seus pés um perfume tão caro?” E a resposta perfeita não faltou: “Pobres, sempre os tereis convosco”.

Esse “pobre que sempre tereis convosco” é aquele que bisbilhota a festa dos outros, os bens do outro, querem tirar proveito na sombra.  Querem comer e beber de graça! Ficam na espreita, com uma língua afiada desse tamanho!

Não precisa generalizar, na parentela, há pessoas grandiosas, muito especiais, mas “pobre sempre tereis convosco”: braços cruzados, preguiçosos, folgados, invejosos, exploradores, prontos pra achar que o seu perfume é caro, o carro do ano é luxo (enchem a paciência se vão de carona) para esses tudo está errado, tudo é desperdício: a casa na praia, o sítio, enfim, ao invés de irem à luta, não, ficam espionando o progresso do parente, do lado de fora, pior que a maioria fica dentro mesmo!

Ivone Boechat

O homem de Deus

O homem criado por Deus, à sua imagem e semelhança, vem ao longo de toda a história da humanidade, mostrando-se digno, eficaz e respeitável, sempre que se colocou, como servo do Senhor, pronto a ouvir o chamamento divino.

A Bíblia registra a biografia de homens extraordinários, que entraram para a história, como heróis da fé.

Enoque, homem que andou tão perto de Deus que Deus para si o tomou (Gn 5:24).

Noé, o engenheiro do Senhor, pai da ecologia, designado para iniciar o novo projeto de civilização (Gn 6 a 9).

Abraão, pai da fé, amigo de Deus (Gn 12 e Tg 2:23).

José, o jovem sonhador, homem que dignificou e traçou o perfil do político que governa e honra o cargo que exerce (Gn 41).

Moisés, líder fantástico, homem que teve a honra de marcar o limite ao redor do monte, estabelecendo o território que lhe foi ordenado por Deus para a santificação. Recebeu de Deus Os Dez Mandamentos (Ex 20).

Jetro, o sacerdote de Midiã, assessor respeitável que soube desempenhar o importante papel de conselheiro e amigo na obra santa (Ex 18:19).

Josué, o general de exército que, corajosamente, entrou na Terra Prometida com o povo de Deus (Js 3).

Gideão, o homem de Deus que com apenas 300 soldados obedeceu à voz do Senhor e venceu a dura batalha (Jz 7).

Samuel, último juiz e profeta de Israel que iniciou uma nova ordem social e espiritual, norteando o povo de Deus pelas veredas santas (I Sm 3).

Davi, rei, poeta, escritor, homem “segundo o coração de Deus” (At 13:22).

Salomão, o homem mais sábio da antiguidade, poeta, escritor (II Cr 1:7-12).

Elias e Eliseu, corajosos profetas do Senhor que enfrentaram reis maus e corruptos para levarem a mensagem do Senhor (I Rs 17 a II Rs 8).

Isaías, profeta messiânico, consultor, escritor notável, e cientista que durante sessenta anos de sua vida, assessorou reis e poderosos, porque seu nome foi e é respeitável.

Jeremias, profeta que viveu na época em que o povo Deus foi levado ao cativeiro. Mesmo no calabouço, nunca se calou, com firmeza, enfrentou perseguições e tortura.

Neemias, o assessor do rei, homem de confiança, prestigiado, autorizado e credenciado pelo rei Artaxerxes a partir para reconstruir os muros de Jerusalém (Ne 1).

Daniel, profeta, homem dedicado à oração, temente a Deus e não perdeu a fé, ao ser lançado na cova dos leões.

No Novo Testamento, há uma galeria de servos do Senhor que honraram a participação do homem, desde a preparação do nascimento de Jesus, até os últimos versos do Apocalipse.

Como Maria, mãe de Jesus, poderia submeter-se, plenamente, à vontade de Deus, se não tivesse ao seu lado, José, “homem justo?”

Registram-se profetas, sacerdotes, reis, escritores, mártires, apóstolos, discípulos, missionários, homens que se colocaram nas mãos do Senhor, como vasos de bênçãos, prontos a darem suas vidas, sacrificando-se para a honra e a glória de Deus.

Uma homenagem aos homens, que formam as fileiras do exército do Senhor, atuais heróis proclamados ou anônimos, pelo seu desempenho nas múltiplas funções no processo de transformação da sociedade atual.

 

Ivone Boechat

O trem da vida

Quando você chegar

à presença de Deus

que relatório você tem

de sua viagem à terra,

em missão especial?

Você vai dizer que

buscou a paz ?

que o tempo todo

se desviou do mal,

que pediu perdão pela guerra,

que fez o bem

sem olhar a quem ?

Fazer isto é obrigação,

o Senhor se agrada, sim,

quando você se aproxima de alguém,

socorre a casa do aflito,

ameniza a dor

de quem você nem conhece,

sem compensação!

Você viajou como servo à terra,

mas o trem de sua vida

pára na estação dos clamores,

você não desce,

só compõe o cenário…

O que você tem feito,

antes de sua despedida,

como obreiro do Senhor,

está na ala de quem faz

ou de quem só cobra?

apenas um adereço?

nem vê que há plano e sonhos

com a sua vida

para a expansão da obra ?

você não veio à terra passear,

como “visionário”,

seu bilhete de viagem foi pago

por alto preço

na classe especial de missionário.

Ivone Boechat

CONFERÊNCIA UNIDOS NO SALÃO GOSPEL REÚNE GRANDES NOMES DA MÚSICA EVANGÉLICA EM SETEMBRO

unidos salão gospel 20

Quem gosta de participar de conferências não pode ficar de fora do “Unidos no Salão Gospel”, que acontece de 7 a 10 de setembro, no Expo Center Norte, em São Paulo. Durante os quatro dias de feira, shows de André Valadão, DJ Alpiste, Davi Sacer, Marquinhos Gomes, Oficina G3, Renascer Praise, Daniela Araújo, entre outros, que vão abrilhantar ainda mais as noites da feira gospel paulista. A ideia foi do Bispo Rodrigo Santinelli, que ano passado participou do Salão Gospel e que esse ano, junto com Marcelo Rebello, organizador da feira e que trouxe consigo o apoio da empresa Experiência de Sucesso, resolveram inovar fazendo uma grande conferência a preço popular, algo inédito no circuito de eventos evangélicos.

Outro grande momento da conferência será o retorno da Banda Rebanhão, que surgiu no início dos anos 80, junto com uma renovação na música cristã, da qual foi uma das pioneiras, sendo a banda evangélica mais conhecida dentro e fora das igrejas pelo “ba-fa-fá” criado no início daquela década. O motivo eram as composições sutis e bem-humoradas da banda, que marcaram época e deixaram muita saudade. Quem viveu esses anos de ouro da música não pode perder a chance de participar da conferência que acontece dentro da feira que representa o setor evangélico.

 

Serviço:

CONFERÊNCIA UNIDOS NO SALÃO GOSPEL 2016

 

Local:

5º SALÃO INTERNACIONAL GOSPEL – EXPO CULTURA CRISTÃ

EXPO CENTER NORTE – PAVILHÃO AMARELO

  1. OTTO BAUMGART, 1.100 – TRANSPORTE GRÁTIS METRÔ TIETÊ

 

Horário:

Feira: Dias 7 a 9 das 14 às 21h – Dia 10/09 das 10h às 21h

Conferência: Das 20h às 22h30

 

Ingressos:

Individual por Dia: R$ 19.90

Passaporte 4 Dias: R$ 49,90

Venda: www.salaointernacionalgospel.com.br
Em todos os dias haverá a Ministração da Palavra com o Bispo Rodrigo Santinelli

Luciana Mazza

5º Salão Internacional Gospel

mr1assessoriadeimprensa@gmail.com

013974135841

É tempo de planejar a vida

Vá pelo caminho que conduz à paz! Não se deixe abater por sentimentos falsos de tristeza, nem se demore na curva das promessas vãs. Estende a mão a quem procura abrigo. Ajude sem cobrar. Nunca ajude listando pré-requisitos; não exija que o necessitado preencha um questionário de perguntas humilhantes.

Não espere reconhecimento ou recompensa.

Ajude!

A estrada da vida é sua, estreita ou larga, escura, iluminada, cheia de buracos, reta ou sinuosa, mas é sua.  Não importa. Você iniciou a viagem que se comanda pelo controle remoto divino.

Seus passos não têm cadência igual a de ninguém, ninguém poderá imitar seu ritmo, é seu. Quando as pessoas o rodeiam com ameaças de impedir-lhe a viagem, quem decide é você.

Se há alguém sofrendo na beira da estrada, ajude, sem parar a caminhada: segue em frente, leve-o consigo, se for possível.

Não se atrase, reclamando do destino, tire os espinhos.

Não derrape os olhos no defeito alheio, olhe em sentido contrário, freando a língua.

Na subida, engrene a marcha do soldado idealista, vista a farda do “bom combate”. Na revisão geral da bateria da alma, quando a luz vermelha se acender, em sinal de perigo, quando as forças descarregarem a sua energia e os passos começarem a vagar ao léu, faça contatos imediatos com a UTI da misericórdia do céu.

Ivone Boechat