Arqueólogos descobrem templo filisteu na cidade natal de Golias

Arqueólogos em Israel, recentemente, descobriram um templo filisteu no local onde teria sido a cidade natal do gigante guerreiro Golias.
As ruínas do templo estão localizados na antiga cidade de Gate e remonta ao século 10 a.C., de acordo com o Prof. Aren Maeir do Departamento Martin de Estudos e Arqueologia das Terras de Israel da Universidade Bar Illan. O templo descoberto tem uma imagem arquitetônica semelhante ao descrito na história bíblica de Sansão, que derrubou o templo do filisteu Dagon sobre si mesmo.
“Nós não estamos dizendo que este é o mesmo templo onde a história de Sansão ocorreu ou mesmo que a história não ocorreu,” disse Maeir, que dirigiu a escavação no local durante os últimos 13 anos, ao The Jerusalem Post, na semana passada. “Mas isso nos dá uma boa idéia de que a imagem de qualquer um que tenha escrito a história, teria sido de um templo filisteu.”
Este é o primeiro templo filisteu encontrado em Gate.
Além da descoberta do templo, a equipe também encontrou provas de um grande terremoto do século 8 a.C. que poderia ser o terremoto mencionado nos livros de Isaías e Amós.
“Se os sismólogos estão certos, um terremoto de 8 graus na escala Richter teria nivelado uma grande cidade,” disse Maeir. “A intensidade da energia necessária para mover as paredes parecem ter sido de algo muito poderoso.”
“O que temos aqui é uma prova muito forte de um terremoto dramático, um acontecimento natural, que deixou uma impressão muito significativa sobre os profetas bíblicos do tempo.”
Maeir e sua equipe internacional descobriram no templo na antiga ruína, montagens de Tel Tzafit National Park, na planície costeira do sul.

Via O Verbo

Feliz é a nação cujo Deus é o Senhor

A felicidade de qualquer nação depende, fundamentalmente, do reconhecimento da soberania de Deus e a influência que Ele passa a exercer sobre as pessoas, sobre as famílias e todas as instituições. Quando se buscam deuses falsos ou quando não se cultua a nenhum deus, quando a Palavra de Deus e as suas Leis não têm lugar de adoração e destaque na vida da sociedade, ela perece entregue aos vícios, à depressão, à infelicidade.
Uma nação se constrói no alicerce da fé. Cada cidadão bem orientado, com uma base sólida de educação, vai ajoelhar-se, aos pés de Cristo, buscando a comunhão com Deus. Porque “Os céus manifestam a glória de Deus, e o firmamento anuncia a obra de suas mãos” (Sl 19:1). Ninguém é insensível à majestade divina, quando lhe apontam para a grandeza do Seu poder.
Feliz é a nação que “instrui ao menino no caminho em que deve andar” (Pv 22:6).
Feliz é a nação, onde a juventude “Lembra-se do Seu criador nos dias da sua mocidade” (Ec 12:1).
Feliz é a nação, onde os “príncipes ensinam aos anciãos a sabedoria…” (Sl105:22).
Feliz é a nação que atende aos profetas de Deus, pois suas palavras são “…como uma candeia que alumia em lugar escuro, até que o dia amanheça e a estrela da alva surja em vossos corações” (II Pe 1:19).
Feliz é o cidadão que reclina sua fronte nas sagradas escrituras, porque “seca-se a erva e murcha a flor, mas a palavra de nosso Deus subsiste eternamente” (Is 40:8).
Feliz é o homem que “anda pelo caminho da retidão, no meio das veredas da justiça” (Pv 8:20).
A humanidade clama pela presença do Deus vivo, fiel, justo, capaz de transformar as tristezas desta civilização decadente numa geração eleita, confiante. Cada família pode se apresentar como agência do bem, responsável por seus filhos, vigilantes da paz.
O homem foi criado para viver feliz, serenamente, entre as flores do imenso jardim do Universo – único verso divino, ritmado na cadência de vozes angelicais e nas bênçãos que o Pai das luzes derrama sobre seus filhos.
Feliz é a nação que se esforça para caminhar debaixo da potente mão do Senhor e reconhecer que, desde a antiguidade, “O povo que andava em trevas viu uma grande luz; e sobre os que habitavam na terra de profunda escuridão resplandeceu a luz” (Is 9:2).

Por: Ivone Boechat

Conheça nossa Colunista
Confira mais artigos da nossa Colunista

http://ivoneboechat.blogspot.com/

MARCHANDO COM SAÚDE PARA JESUS

Todos os anos ocorrem nas cidades brasileiras a Marcha para Jesus e no dia 18 de setembro ocorrerá em Florianópolis-SC. Por se tratar de um evento que dura o dia todo e a alegria do Senhor é o que mais contagia, porque não marcharmos juntos, mas cuidando da nossa saúde, principalmente da saúde da voz? Com a marcha se aproximando aumentam as rotinas de ensaios para os grupos que se apresentarão e com isso o cuidado deve ser redobrado. Portanto, seguem algumas dicas para manter a voz em dia: sempre faça exercícios de relaxamento, aquecimento e desaquecimento vocal logo após o uso prolongado da voz. Muito importante é beber água constantemente para hidratar todo o trato vocal. Para a o dia da marcha, usar roupas confortáveis, proteção devido ao calor e água devem ser nossos acompanhantes. Após a marcha, aquela alegria contagiante continua, mas é hora de repousar. Alimentação leve e repouso vocal são requisitos imprescindíveis para que a voz não fique prejudicada no outro dia. Desse modo, continuaremos marchando para Jesus e com saúde.

Bruna de Mello dos Santos
Acadêmica do curso de Fonoaudiologia da UNIVALI
Orientada pela Profª e Fga. Neusa A.F. Machado

Atendimento Psicológico Gratuito, a Construção de Novas Possibilidades.

Associação Instituto Movimento (ASSIM) tem como objetivo realizar atendimento psicológico gratuito com crianças, adolescentes, adultos, casais e famílias sem condições financeiras para pagar um tratamento psicológico (avaliação realizada pela instituição).
A ASSIM é uma organização sem fins lucrativos, fundada a partir do Movimento Instituto de Formação Sistêmica de Florianópolis Ltda. (Movimento).
Em 2007 ao perceber a crescente demanda de pessoas que necessitam do atendimento psicológico, mas que não podem pagar por ele, os profissionais formados pelo Curso de Formação em Terapia Sistêmica do Movimento agiram com responsabilidade social, não ignorando esta realidade, fundando a ASSIM.
Os profissionais que prestam os atendimentos são todos formados em psicologia.
No ano de 2008 a ASSIM atendeu 714 famílias, sendo todas encaminhadas para atendimento psicológico.
Entre as famílias atendidas, 43,2% possuem uma renda mensal de menos de dois salários mínimos.
Segundo Andréia Chagas Pereira, psicóloga e coordenadora da ASSIM, “todo o empenho e dedicação que a equipe ASSIM coloca em suas atividades são porque temos a convicção de que o trabalho que realizamos vem auxiliando inúmeras famílias a despertar sua capacidade de transformar sofrimento em aprendizado, de transformar os desafios em contextos de crescimento e desenvolvimento de autonomia. Contribuindo assim, para a construção da resiliência familiar e a formação de pessoas conscientes de suas potencialidades, não medindo esforços para construção de um ambiente familiar e social mais saudável”.
Para maiores informações, formas de colaboração e encaminhamentos liguem para (48) 3322-4683ou acesse:
www.sistemica.com.br