PROMOÇÃO DIA DAS MÃES: ALMOCE COM A EYSHILA!

Garanta o presente da sua mãe participando da promoção da Rádio Melodia FM A Rádio Melodia FM, do Rio de Janeiro, está realizando uma promoção especial para o Dia das mães. Durante a programação, ela sorteará três mães para almoçar com a Eyshila no dia 9 de maio, num super-restaurante, e poderá levar um(a) acompanhante. Cada uma ainda levará para casa um kit da Central Gospel com vários brindes, entre eles, o CD Jesus, o Brasil te adora, uma camiseta personalizada da cantora e uma Bíblia da Mulher Vitoriosa. E tudo isso, com direito a carro e motorista na porta de casa.

Para concorrer, é preciso ficar ligado na vinheta da música Eu me arrependo, que pode aparecer a qualquer momento na programação da Melodia. Quando você ouvir, ligue na hora para o número (21) 3325-0097. Aí é só torcer para que sua mãe seja uma das contempladas!

Fonte: Jornal Gospel News

Livraria Jerusalém apresenta seu novo site

Com uma trajetória de 17 anos de sucesso no coração do Brasil, Goiânia – Goiás, a Livraria Jerusalém conta com “3” lojas para melhor atender o público goianiense. Especializada em artigos evangélicos, a livraria se destaca pela variedade de itens disponíveis á população local além do atendimento personalizado.

Durante estes anos, diversos foram os prêmios recebidos por editoras e gravadoras pelo destaque em vendas, conquistas que remete á credibilidade e satisfação de seus clientes.

Essa história foi sonhada e idealizada por um casal, Jairo Gomes Ribeiro e Voni Ana Pedroso, que muito mais que uma livraria, proporcionou a comunidade local um lugar onde se faz amigos.

Para ampliar ainda mais o alcance e atender outros Estados, a Livraria investiu em um novo site. Clean, de fácil acesso e com muitas novidades, o site entra no ar recheado de promoções.

Acesse agora o novo site e conheça as novidades que a Livraria Jerusalém preparou: www.livrariajerusalem.com

Acompanhe a Livraria Jerusalém nos canais:

Twitter: @Casa_Da_Paz

Facebook: JerusalemLivrariaEvangelica

Instagram: LivrariaJerusalem

Youtube: LivrariaJerusalem

 

Assessoria de Comunicação Livraria Jerusalém

Agência LiveCom

liveassessoria@gmail.com

(62) 3999 -0964

 

 

 

 

 

FILHOS OBEDIENTES, SEGUROS, PRÓSPEROS E QUE HONRE OS PAIS, QUEM QUER?!

filhos e igrejaO que desejamos que Deus, Pai, nos dê, é isso que temos que dar aos nossos filhos! Afinal somos filhos de Deus! Nossos pedidos de filho são os mesmos desejos de nossos filhos a nós, pais! Deus nos deu potencial para isso (Gn 1:28-a).
A Bíblia trata em mais de 4.000 oportunidades sobre filhos. Eles são herança e recompensa de Deus (Sl 127:3)!
Precisamos consagrá-los a Deus, assim como Jesus foi (Lc 2:21-23). Dar testemunho correto (Pv 20:7). Nós, os pais, somos a glória deles (Pv 17:6).
Devemos ensinar a Palavra de Deus para eles (Dt 6:5-7). Isso exige tempo! O melhor presente para um filho é a presença de seus pais! Isso trará a obediência por princípio e não por ordem! O amor que atrai é muito melhor e maior que a lei que exige!
Temos que discipliná-los (Pv 13:24), nós, só os pais temos este direito. Isso não é agredir, causar mágoa. Corrigir, obviamente só depois de ensiná-los e se formos desobedecidos. Depois disso, conversar, mostrar o erro, falar do arrependimento e do perdão! O Senhor nos disciplina (Hb 12:5-11).
Ainda que o tempo tenha passado, e seu filho não seja mais uma criança, há tempo! O que acertamos, agradecemos a Deus. O que erramos, vamos consertar com nossos filhos e receber de forma plena este presente maravilhoso que Deus nos deu!

Novidades da 10ª Marcha para Jesus serão anunciadas em Café de Lançamento

Mais de 100 mil marcham para Jesus em Guarulhos neste sábadoMarcha para Jesus Guarulhos 2013 será em agosto. Novidades serão apresentadas no Café de Lançamento

No próximo sábado, dia 6 de abril, a organização da Marcha para Jesus de Guarulhos divulgará todas as novidades da 10ª edição do evento em um café da manhã para pastores, lideranças evangélicas, autoridades e convidados no Teatro Adamastor Centro, a partir das 8 horas. São esperadas cerca de 500 pessoas, com entrada gratuita. Na ocasião, a organização do evento anunciará as principais atrações da Marcha, que ocorrerá em agosto, as promoções e campanhas.

O encontro neste sábado terá a participação especial da premiada cantora Soraya Moraes, que já conquistou quatro Grammys Latino,e fará um momento especial de louvor e ministração. O Café de Lançamento da Marcha também contará com a apresentação do Coral Cristolândia, formado por ex-dependentes químicos, resgatados por meio do Ministério Missão Batista Cristolândia de São Paulo.

A Marcha conta com o apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Cultura. O secretário da pasta, Edmilson Souza, foi um dos pioneiros na realização do evento na cidade e, agora, estará à frente das comemorações de uma década: “A cada ano, temos visto um grande crescimento da Marcha, considerando que nas últimas edições tivemos, em média, mais de 100 mil pessoas. É uma clara manifestação da força da música gospel e da grande expressividade do público evangélico. Temos muito a celebrar neste ano”, destacou o secretário.

Além de louvores, adoração e orações, a edição, que marca os 10 anos da Marcha, vai engajar o público na campanha “Guarulhos diz não às drogas”, com o objetivo de mobilizar os cristãos no combate ao uso de entorpecentes e, principalmente, em iniciativas voltadas à reabilitação de dependentes químicos. A participação do Coral Cristolândia no Café de Lançamento marcará a divulgação desta iniciativa. O coral foi formado em 2009 e é dirigido pelo missionário Gerson Machado.

A proposta de envolver os evangélicos nesta luta tem o apoio das lideranças de Guarulhos: “É muito importante a preocupação que a Marcha tem com o aspecto social. Como cristãos devemos estar na vanguarda quando o assunto é o bem-estar da sociedade. Nós temos o  papel de mostrar um novo rumo, por meio de uma vida com Cristo, e a igreja deve anunciar a mensagem de esperança”, destacou o pastor  Edmilson Marques Dias, presidente do Conselho de Pastores e Ministros Evangélicos de Guarulhos (COMEG), que está entre os realizadores do evento ao lado da Confederação das Igrejas Evangélicas Apostólicas do Brasil (CIEAB).

Para bispo Julio Savani, presidente da CIEAB, a Marcha de Guarulhos, a segunda maior do Estado de São Paulo, representa a expansão dos evangélicos no Brasil: “Um evento como a Marcha para Jesus indica o avanço de um País, o avanço de um povo que ama a Deus”.

Exibir Comunicação – Assessoria de Imprensa
Miliane de Moraes – Jornalista Responsável

Fonte: Jornal Gospel News

Páscoa, Peixes e Chocolates

O que contamina o homem não é o que entra na boca, mas o que sai da boca, isso é o que contamina o homem”. (Mt. 15:11)
Esse fim de semana, Páscoa, é um daqueles em que as pessoas tentam se santificar por si mesmas. Para isso, a lenda de que comer peixes santifica e comer carnes contamina é disseminada em muitos lugares…
Outra lenda que tem sido repassada às gerações é a de que comer chocolates nesses dias de páscoa, é lei!
Conversando eu com alguns amigos nutricionistas, descobri que os peixes são muito bons para a saúde do ser humano, pois há nos peixes uma propriedade muito importante para o controle do colesterol ruim, o ômega3, que também saudável para o cérebro. Quanto ao chocolate, quanto mais amargo mais saudável é…
Nessa nossa geração, vemos as pessoas enlouquecidamente buscando o que comer sem ser contaminado pelo consumo das muitas calorias de muitas gorduras vegetais e animais, etc. A preocupação com a saúde física, a qualquer preço, é absolutamente visível! O culto ao corpo vem sendo a cada dia uma constante em nossos dias.
Não se mede esforços para buscar o corpo perfeito.  Academias de ginástica, indústrias de cosméticos, dentre outros produtos de beleza tem sido prioridades máximas no bolso de muita gente.
Mas, essa prática, não nasceu nesse tempo, remonta de 2.500 a.C. na Grécia, com a tão famosa frase “mens sana, incorpore sano”.  Mente saudável em corpo são.  Isso, quando não exagerado é bom. Contudo, particularmente, penso, que, desde lá já esqueciam eles da valorização do espírito do homem a ser salvo do pecado pelo temor a Lei de Deus, e, logo após pela graça de Cristo, quando zerou a história, pascoando isso para uma nova história da humanidade.
Na Páscoa, aqui no Brasil, infelizmente, inventaram o logro de que comer animais na semana santa pode contaminar a alma. Nesse sentido, o impuro é aquele que come carne e puro é aquele que come peixes.  Comer chocolates, então, é obedecer à tradição do antigo império de Roma, sem ao menos se questionar se o coelho põe ovos ou não põe ovos.  Não importa! Segundo a lenda, comer ovos de páscoa, portanto, não contamina o corpo, nem a alma, desde que o consumo extremo de chocolates seja na Páscoa, tudo bem… Mas… Será mesmo?
Entretanto, sobre isso, o nosso Cordeiro Pascal (JESUS) não nos deixou dúvidas ou engano. Disse Ele:
“O que contamina o homem não é o que entra na boca, mas o que sai da boca, isso é o que contamina o homem”. Mt. 15:11
Para nós cristãos, a pureza é muito importante.  Porém, não com peixes, chocolates, água ou lavagem de escadas… Somos puros apenas através do sangue de Cristo, o Cordeiro Santo de Israel. Quando Jesus se entregou na cruz para limpar para sempre a sujeira dos pecados da humanidade, foi morto por nós ali, e, no terceiro dia ressuscitou, ele é a verdadeira passagem  (páscoa) da terra para o céu para todos aqueles que Nele crerem.
Não se engane: O coelhinho é lindo, mas não põe ovos. O chocolate é gostoso, mas nada tem a ver com a travessia do Mar Vermelho. A água pura é boa para a saúde, mas não purifica o espírito.  A tradição é boa, mas não pode salvar a nossa alma. A semana pode até ser santa, mas a santidade é um estilo de vida para sempre! Hoje a páscoa é representada pela Cruz. sem a cruz de Cristo não há (páscoa) passagem para a vida eterna!!
NADA SUBSTITUI A CRUZ DE CRISTO!!
Feliz Páscoa de verdade para você e sua família!
Até uma próxima!…
Por: Pr. Claudinho
Conheça nosso Colunista
Confira mais artigos do nosso Colunista

Fonte: Jornal Gospel News

A VIDA DE JESUS CRISTO

JesusCristo (2)O Novo Testamento conduz-nos ao clímax da obra redentora de Deus, porque nos apresenta o Messias, Jesus Cristo, e nos fala  do começo da sua igreja. Os escritos de Mateus, Marcos, Lucas e João falam-nos do ministério de Jesus. Esses escritores foram testemunhas oculares da vida do Mestre, ou registraram o que testemunhas oculares lhes contaram, todavia não escreveram dele uma biografia completa. Tudo quanto registraram, realmente aconteceu, porém concentraram-se no ministério de Jesus, e deixaram aqui e acolá algumas lacunas na história da vida do Divino Mestre. Os homens que escreveram os evangelhos tinham em mira explicar a pessoa e a obra  de Jesus, registrando o  que ele fez e disse. E cada autor apresenta uma perspectiva ligeiramente diferente acerca de Jesus e de suas obras. Os autores dos Evangelhos não tentaram relatar todos os eventos da meninice de Jesus, porque não era esse o motivo de escreverem. Não procuraram dar-nos, tampouco, registro da vida cotidiana. Eles se ativeram ao que é pertinente à salvação e ao discipulado.
O NT é a única fonte de informação substancial do primeiro século que temos a respeito da vida de Jesus. A literatura judaica ou romana daquele tempo quase não o menciona. Flávio Josefo, historiador judeu do primeiro século, escreveu um livro sobre a história do judaísmo, procurando mostrar aos romanos e gregos que essa religião não não se distanciava muito do estilo de vida deles.  Disse ele:  “Ora, havia por esse tempo Jesus, um homem sábio, se for legítimo chamá-lo de homem, pois ele era um operador de obras maravilhosas, um mestre de quem os homens recebem a verdade com prazer. Atraiu para si muitos dos judeus e muitos dos gentios, ele era [o] Cristo. E quando Pilatos, por sugestão dos principais homens entre nós, condenou-o à cruz, os que o amavam a princípio não o abandonaram; pois ele apareceu-lhes vivo de novo no terceiro dia; conforme haviam predito os profetas divinos essas e dez mil outras coisas maravilhosas concernentes a ele. E o grupo de cristão assim chamado em virtude de seu nome, não se extinguiu até hoje.”  ( Flavius Josephus, Antiquities of the Jews,  Livro XVIII, cap. iii, Sec 3.)
Os judeus dos dias de Jesus viviam na expectativa de grandes acontecimentos. Os romanos os oprimiam, mas eles estavam seguramente convictos de que o Messias viria em breve. Os variados grupos retratavam diferentemente o Messias, mas seria difícil, naquele tempo, encontrar um judeu que vivesse sem alguma forma de esperança. Alguns tinham a verdadeira fé e aguardavam ansiosos a vinda de um Messias que seria seu Salvador espiritual.
Por volta do ano 6 aC, o sacerdote Zacarias oficiava no templo em Jerusalém. Queimava incenso no altar durante a oração vespertina quando lhe apareceu um anjo anunciando para breve o nascimento do primeiro descendente do sacerdote, um menino. Esse filho prepararia o caminho para o Messias; o espírito e o poder de Elias repousariam sobre ele (Lc3.3-6). Seus pais deviam chamar-lhe João. Zacarias era um homem verdadeiramente piedoso, mas foi difícil crer no que ouvira; como conseqüência, ficou mudo até que Isabel (sua esposa) deu à luz. Nasceu o filho, foi circuncidado, e recebeu o nome segundo as instruções de Deus. Depois disso Zacarias readquiriu a voz e louvor ao Senhor.
Três meses antes do nascimento de João, o mesmo anjo (Gabriel) apareceu a Maria. Esta jovem era noiva de José, carpinteiro descendente de Davi (Is 11.1). O anjo disse a Maria que ela conceberia um filho por obra do ES, e que ela daria ao menino o nome de Jesus (Lc 1.32-35; Mt 1.21). Ela aceitou a mensagem com grande mansidão, contente por estar vivendo na vontade de Deus (Lc 1.38).
Gabriel também lhe disse que sua prima Isabel estava grávida, e Maria apressou-se a partilhar o júbilo mútuo. Ao encontrarem-se, Isabel saudou a Maria como a mãe de seu Senhor (Lc 1.39-45). Maria irrompeu num cântico de louvor (Lc 1.46-56), ela ficou três meses com Isabel.
José, o marido prometido a Maria, ficou totalmente chocado com o que parecia ser fruto de um terrível pecado (Mt 1.19) e resolveu abandoná-la secretamente. Então, em sonho, um anjo lhe explicou a situação, e instruiu-o a casar-se com Maria, sua pretendida esposa, como planejado.
Herodes o Grande reinava na Judéia quando Jesus nasceu (Mt 2.1).  Em suas Antigüidades,  Josefo escreve que houve um eclipse da lua pouco antes da morte de Herodes (Livro XVII, cap xiii, Séc. 2). Esse eclipse poderia ser qualquer um dos três ocorridos nos anos de 5 e 4 aC; mas provável alternativa é 12 de março de 4 aC. Além do mais, o historiador judeu declara que o rei morreu pouco antes da Páscoa (Livro XVII, cap vi, Séc. 4) e a Páscoa ocorreu no dia 11 de abril do ano 4 aC. Assim, devemos concluir que Herodes morreu nos primeiros dias de Abril deste ano.
Os magos do Oriente vieram adorar o Messias de Deus, mas uma vez que voltaram sem dar informação alguma a Herodes, ele mandou que seus soldados matassem todos os meninos de Belém de dois anos para baixo (Mt 2.16).  Isto quer dizer que Jesus nasceu no ano 6 ou 5 aC, e foi levado para o Egito no ano 4 aC.
Não sabemos com exatidão em que mês e dia Jesus nasceu. A data 25 de dezembro não é muito provável. A igreja de Roma escolheu esse dia para celebrar o nascimento de Cristo, já no segundo ou terceiro século, a fim de obscurecer um dia santo de origem pagã, comemorado tradicionalmente neste dia. Anteriormente, a igreja Ortodoxa Oriental decidira honrar o nascimento de Cristo no dia 6 de janeiro, a epifania. Mas por estabelecer a data no inverno? As probabilidades de que os pastores cuidassem de seus rebanhos à noite, nas colinas, são mínimas. É mais provável que Jesus tenha nascido no outono ou na primavera.
Conhecemos cinco eventos da infância de Jesus, são eles:
1) Circuncisão – De acordo com a lei judaica, ele foi circuncidado ao oitavo dia e recebeu o nome de Jesus (Lc 2.21).
2) Apresentado no templo – Ele foi apresentado no templo para selar a circuncisão e também foi “redimido” pelo pagamento dos cinco ciclos. Para efeito de sua purificação, Maria fez a oferta dos pobres (Lv 12.8; Lc 2.24).
3) Visita dos Magos – Um grupo de “sábios” apareceu em Jerusalém, inquirindo acerca do nascimento de um “rei dos judeus”. (Mt 2.2).
4) Fuga para o Egito – Deus disse a José que fugisse para o Egito com toda a família. Após a morte de Herodes, José voltou, e fixou residência em Nazaré.
5) Visita ao Templo – Quando tinha aproximadamente 12 anos (Lc 2.41-52) foi com os pais ao templo em  Jerusalém e oferecer  sacrifício. Enquanto estava ali, Jesus conversou com os dirigentes religiosos sobre a fé judaica. Ele revelou extraordinária compreensão do verdadeiro Deus, e suas respostas deixaram-nos admirados. Mais tarde, de volta para casa, os pais de Jesus notaram a sua ausência. Encontraram-no no templo, ainda conversando com os especialistas judaicos.
A Bíblia cala-se até ao ponto em que nos apresenta os acontecimentos que deram início ao ministério de Jesus, tendo ele cerca de trinta anos. Primeiro vemos João Batista deixando o deserto e pregando nas cidades ao longo do rio Jordão, instando com o povo a que se preparasse para receber o Messias (Lc 3.3-9). João nasceu no seio de uma família piedosa e cresceu para amar e servir fielmente a Deus. Deus falava por meio de João, e multidões acudiam para ouvi-lo pregar. Dizia-lhes que se voltassem para Deus e começassem a obedecer-lhe. Ao ver Jesus, ele anunciou que este homem era o “…Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo” (Jo 1.29). João batizou a Jesus; e ao sair Jesus das águas, Deus enviou o Espírito Santo em forma de pomba, que pousou sobre ele.
O ES guiou Jesus ao deserto, e aí ele permaneceu sem alimentar-se durante quarenta dias. Enquanto ele se encontrava nessa situação de enfraquecimento, o diabo veio e procurou tentá-lo  de vários modos. Jesus recusou as propostas do diabo e ordenou que ele se retirasse. Então vieram anjos que o alimentaram e confortaram.
A princípio Jesus tinha a estima do povo. Na região do mar da Galiléia ele foi a uma festa de casamento e transformou água em vinho. este foi o primeiro de seus milagres que a Bíblia menciona. Este milagre,  da mesma forma que os últimos, demonstrou que ele era verdadeiramente Deus. Da Galiléia ele foi para Jerusalém onde expulsou do templo um grupo de religiosos vendedores ambulantes. Pela primeira vez ele asseverou de público sua autoridade sobre a vida religiosa do povo, o que fez que muitos dirigentes religiosos se voltasse contra ele.
Um desses dirigentes, Nicodemos, viu que Jesus ensinava a verdade acerca de Deus. Certa noite ele foi ter com Jesus e lhe perguntou como poderia entrar no reino de Deus, que é o reino de redenção e salvação. (Jo 3.3)
Quando João Batista começou a pregar e atrair grandes multidões na Judéia, Jesus voltou para a Galiléia. Aí ele operou muitos milagres e grandes multidões o cercavam. Infelizmente, as multidões estavam mais interessadas nos seus milagres do que nos seus ensinos.
Não obstante, Jesus continuou ensinando. Ele entrava nos lares, participava das festas públicas, e adorava com os outros judeus em suas sinagogas. Denunciou os dirigentes religiosos do seu tempo porque exibiam uma fé hipócrita. Ele não rejeitou a religião formal deles; pelo contrário, Jesus  respeitava o templo e a adoração que aí se prestava (Mt 5.17-18). Mas os fariseus e outros dirigentes não viram nele o Messias e não cuidaram de ser salvos do pecado. Além do mais, não satisfeitos com o que Deus lhes revelara no AT, continuaram fazendo-lhe acréscimos e revisando-o. Acreditavam que sua versão das Escrituras, examinada nos seus mínimos detalhes, dava-lhes a única religião verdadeira. Jesus chamou-os de volta às primitivas palavras de Deus. Ele era cuidadoso na sua forma de citar as Escrituras, e incitava seus seguidores a entendê-las melhor. Ensinava que o conhecimento básico das Escrituras mostraria que a vontade de Deus era que as pessoas fosse salvas mediante a fé nele.
Perto da Galiléia, Jesus operou seu mais surpreendente milagre até então. Tomou sete pães e dois peixes, abençoou-os e partiu-os em pedaços suficientes para alimentar quatro mil pessoas! Mas este milagre não atraiu mais gente à fé em Jesus; na verdade, as pessoas se retiraram porque não podiam imaginar por que e como ele queria que elas “comessem” seu corpo e “bebessem” seu sangue ( Jo 6.52-66).
Os doze discípulos, porém, permaneceram fiéis, e ele começou a concentrar seus esforços em prepará-los. Cada vez mais ensinava-lhes acerca de sua futura morte e ressurreição, explicando-lhes que eles também sofreriam a morte se continuassem a segui-lo.
Esta atitude de Jesus o leva ao fim da sua vida na terra. Judas Iscariotes, um dos doze, traiu-o, entregando-o aos líderes de Jerusalém, que lhe eram hostis, e eles pregaram Jesus numa cruz de madeira entre criminosos comuns. Mas ele ressuscitou e apareceu a muitos de seus seguidores, exatamente como havia prometido, e deu instruções finais aos seus discípulos mais íntimos. Enquanto o observavam subir ao céu, apareceu um anjo e disse que eles os veriam voltar do mesmo modo. Em outras palavras, ele voltaria de modo visível e em seu corpo físico.

Fonte: O Mundo do Novo Testamento – Editora Vida / Jornal Gospel News

O MUNDO ENCANTADO DE ILANA E A BANDA DOS BICHOS

Por Alessandra Tolc - 2012www.Photolc.com.brConheça o trabalho da nova estrela da música cristã infantil

Nascida no Rio de Janeiro, formada em Pedagogia e estudante de Comunicação Social, Ilana Vieira é especializada em comunicação infantil. No ano de 2002, sua vida mudou totalmente. A partir dai a menina que então já trabalhava na área de comunicação largou tudo para se dedicar totalmente as múltiplas formas de levar a palavra de Deus aos pequeninos.

Com esse sonho batendo forte em seu coração, Ilana resolveu estudar canto e teatro para que pudesse dar o seu melhor aos projetos que começavam a brotar dentro de si. Foram 10 anos se dedicando a teorias de Theodor Adorno e Jean Piaget que hoje influenciam diretamente em seus projetos.

Uma história que ensina sobre fé, amor e coragem que é contada em CD, DVD, show musical e teatro. Em 2012, Ilana lançou seu primeiro trabalho infantil “Um convite Especial”. Um cd com 14 canções, 100% pedagógicas e muito divertidas para aproximar a criança do amor do seu Criador, com uma linguagem própria para ela. Um cd com canções que trazem a sofisticação sonora de uma orquestra, sons de brinquedos, da natureza e do dia a dia. Através dos diversos gêneros musicais, riquezas poéticas e conteúdos próprios para a infância.

 Além de todo repertório montado pela própria cantora o show pode ficar ainda mais completo com os espetáculos musicais: “Ilana e a Banda dos Bichos em Um Convite Especial” e “Vem Brincar de Ilana e a Banda dos Bichos”. Um espetáculo completo com cenários e show de iluminação que vai tocar o coração de toda família.

 Na história, Ilana é uma jovem que sonha ter uma banda de bichos. Certa manhã, ela recebe um convite para cantar em uma festa no céu. É o início de uma grande aventura. Sua produção conta não só com instrumentos tradicionais. Com o propósito de compreender o desenvolvimento da criança e sua psique, Ilana tem como principal objetivo desenvolver maneiras apropriadas de passar conhecimento e valores éticos para as crianças.

Conheça nosso site: www.ilanaeabandadosbichos.com.br

Facebook: /ilanaeabandadosbichos

Twitter: ilanaebanda

Po: Fabiana Leme
Assessoria de Comunicação e Imagem

‘A Bíblia’ já é um dos programas mais vistos nos EUA

BibleSeriesDiogo Morgado veste a pele de Jesus Cristo nesta série.
A série, que é protagonizada pelo ator português Diogo Morgado, foi vista por 13,1 milhões de espectadores e chegou mesmo a ultrapassar ‘The Walking Dead’, uma das produções mais populares do momento.
“O sucesso de A Bíblia catapultou o Canal História para uma das marcas mais poderosas no panorama dos meios de comunicação social e não podíamos estar mais entusiasmados”, afirmou Nancy Dubuc, presidente da cadeia A&E, à qual pertence o Canal História.
A série, que narra vários acontecimentos do Antigo e do Novo Testamento, tem um total de dez horas e é produzida por Mark Burnett e pela sua mulher, a atriz Roma Downey.
O português Diogo Morgado veste a pele de Jesus Cristo e admitiu que “ficou assustado” quando soube que iria ter este papel. “O maior desafio neste projeto foi encontrar um equilíbrio entre interpretar uma figura que todos conhecem, mas de uma perspetiva diferente e talvez mais humana”, disse o ator à revista Notícias TV, que sai às sextas com o DN e o JN.
O último episódio de A Bíblia será exibido no dia 31 deste mês nos EUA, que coincide precisamente com o domingo de Páscoa.

Fonte: Noticias Cristãs / Jornal Gospel News

Contação de histórias no Museu da Bíblia

sbbAtividade é realizada toda quarta-feira em dois horários: às 10h e às 15h. Localizado em Barueri (SP), o MuBi tem entrada gratuita.
O Museu da Bíblia (MuBi) acaba de inaugurar mais uma atividade voltada ao público infantil: a contação de histórias. As crianças de 4 a 12 anos são brindadas com as mais belas passagens da Bíblia Sagrada, que vão desde a criação e o dilúvio de Noé, passando por Moisés, Davi, os Livros de Provérbios e Sabedoria, até a vida e milagres de Jesus. As sessões acontecem às quartas-feiras (exceto feriados), às 10 horas e 15 horas, no espaço A Bíblia e a Criança. O MuBi está localizado à Av. Pastor Sebastião Davino dos Reis, 672 – Vila Porto, em Barueri (SP).
Depois de ouvir as histórias, as crianças são convidadas a participar da visita monitorada pelo Mubi, onde serão apresentadas ao universo da Bíblia Sagrada. No local, estão reunidas diferentes traduções bíblicas, edições raras e curiosas do Livro Sagrado, além de objetos que remetem à história da Bíblia, como uma réplica da prensa de Gutenberg e roupas da época do Apóstolo Paulo.
Com equipe treinada para receber diferentes públicos (crianças, jovens, adultos, idosos, pessoas com deficiência visual, entre outros), o MuBi oferece visitas monitoradas para grupos (mínimo de 10 e no máximo 50 pessoas), que devem ser agendadas previamente. As visitas ocorrem todas as quartas-feiras, a partir das 10h30 e 14horas.
O Museu da Bíblia funciona de terça a sexta-feira, das 9 às 17 horas; e sábados, domingos e feriados, das 10 às 16 horas. A entrada é gratuita. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (11) 4168-6225 e 4161-6176 ou pelo e-mail: museu@sbb.org.br.
A SBB e o MuBi – Fundada em 1948, no Rio de Janeiro, a Sociedade Bíblica do Brasil tem a missão de ” promover a difusão da Bíblia e sua mensagem como instrumento de transformação e desenvolvimento integral do ser humano”. É uma organização sem fins lucrativos, de natureza filantrópica, assistencial, educativa e cultural, que se dedica a traduzir, produzir e distribuir a Bíblia.
Em parceria com a Prefeitura Municipal de Barueri, na Grande São Paulo, a SBB inaugurou no final de 2003 o Museu da Bíblia, o primeiro do Brasil e um dos maiores do mundo em sua especialidade, devido à variedade de espaços e de documentos expostos. Instalado numa área de 900 m2, integrada a um Centro de Eventos, o MuBi reúne uma Biblioteca com mais de 17 mil títulos e  um espaço de exposição que conta a história da tradução da Bíblia para a língua portuguesa e a influência da Palavra de Deus na formação da civilização ocidental.
Os visitantes encontram Bíblias e partes do texto bíblico em mais de 1.000 idiomas, destacando-se a Bíblia Vulgata, de 1583; a primeira Bíblia em língua portuguesa em volume único, datada de 1819; várias miniaturas, incluindo o menor livro do mundo. Há também uma réplica da prensa de Gutenberg, que imprimiu a primeira Bíblia da história, por volta de 1450, além de um banco de imagens, diversas porções bíblicas e testamentos datados do século XIX e início do século XX. O público ainda pode conhecer: um conjunto de 144 traduções bíblicas; materiais trazidos de Israel, como o trigo e o joio, água do Rio Jordão, sementes de mostarda, um punhado de terra de Belém e água do Mar Morto; papiros; pergaminhos; a Bíblia impressa numa única página; a Bíblia em braile; e, roupas da época do Apóstolo Paulo.
O objetivo do MuBi é promover o conhecimento da Bíblia, enfatizando seus aspectos culturais, éticos e religiosos. Compreende área de exposição com 450 m2, Biblioteca com 225 m2, auditório para 500 pessoas e estacionamento para 200 veículos. Tem entrada gratuita e assegura total acessibilidade a portadores de deficiências. Seguindo o conceito de arquitetura inclusiva, o projeto aboliu escadas e incluiu rampas de acesso aos ambientes. Os móveis são adequados para usuários de cadeiras de rodas e também foram providenciadas legendas em braile e painéis interativos, garantindo atrações específicas para deficientes visuais. O Museu ainda abriga uma loja de lembranças, como Bíblias e publicações especiais, cuja arrecadação é revertida para manutenção das instalações.
Por: Luciana Garbelini: (11) 99292-2131
Oficina da Palavra – 11 3289-2139

Fonte: Jornal Gospel News

Nasce o Segundo filho do cantor Thiago Ferraz.

Davih Terra Nova Ferraz
Nasceu hoje dia 25 de Fevereiro de 2013 as 09:40h em Belo Horizonte, no Hospital e Maternidade Vila da Serra, o segundo filho do cantor Thiago Ferraz e Silvana Terra Nova Ferraz, com pouco mais de 3 quilos e apenas 46 cm. O filho do casal recebeu o nome de Davih Terra Nova Ferraz.
O casal, já são pais de de Judah Terra Nova Ferraz, seu primogênito.
Thiago Ferraz é cantor e membro da Igreja Batista da Lagoinha em Belo Horizonte.
Maiores informações sobre o ministério do cantor acesse o site oficial: http://ministeriogump.com.br/

Nossos votos de felicitações a família. E muita saúde ao novo guerreiro e profeta do Senhor nessa geração.

Fontes:Assessoria de Imprensa e Comunicação Ministério GuMP
Maiores informações: DM Assessorias
telefone: (31) 9465-4990 / 8916-9121
e-mail: dmassessorias@live.com
twitter: https://twitter.com/dmassessorias