Conheça a Brodr, um marketplace para compra e venda de ativos musicais

No primeiro semestre de 2020, chegou ao Brasil a plataforma Brodr (https://brodr.com). Um marketplace para compra e venda de ativos musicais regularmente constituídos nos termos da Lei 9.610/1998 – Lei de Direitos Autorais. Os idealizadores desta startup são, Ricardo Capucio (Naples, EUA), advogado especialista em Direitos Autorais e das Tecnologias, e Ricardo Drummond (Vancouver, Canadá), investidor do mercado financeiro. Embora seja recente no Brasil, seu business design já vinha sendo formatado há algum tempo.

Foto/Karolyne Fernandes. O advogado Guilherme Franco, representante da Brodr no Brasil.

O cantor, compositor e advogado Guilherme Franco (foto), conheceu os serviços da Brodr por indicação de amigos artistas. Hoje ele é hunter da empresa, um dos representantes da Brodr no Brasil e entusiasta da ideia. Ele acredita que, após o surgimento das plataformas digitais, essa será a próxima revolução do mercado fonográfico. “Buscando conhecimento, acabei encontrando o material do Ricardo Capucio e comecei a acompanhá-lo em lives. Senti-me encorajado e enviei um e-mail à BRODR contando minha história. Disso, tornei-me aluno do curso que o Capucio oferecia sobre carreira artística e estratégias, envolvendo direitos autorais. Ali, em meados de 2020, começava uma parceria frutífera”, conta Guilherme.

Guilherme Franco, 35 anos, é natural de Jataí (GO), filho de um advogado e uma artista (Ana Lúcia, da dupla Irmãs Freitas – 16 discos gravados, ganhadoras de Disco de Ouro nos anos 1980). Ele cresceu cercado por instrumentos musicais e livros, o que o que o impulsionou à profissão de advogado, mas sempre amando muito a música. “Minha proximidade com as palavras fez com que a composição se tornasse um hábito. Em 2017, já contava com o acervo de 250 composições, algumas já gravadas por artistas do meio cristão, como Gabriela Rocha, Leonardo Gonçalves, DJ PV, Julia Vitória, Bruna Karla, Weslei Santos, entre outros”, conta.

Guilherme explica que a plataforma Brodr consiste em uma ‘Bolsa de Valores’ da música. Porém, em vez de empresas, temos geradores de conteúdo: direitos autorais (ligados à composição de uma obra lítero-musical) e direitos conexos (ligados ao fonograma e videofonograma). E, em vez de ações, temos as obras ou os fonogramas em questão”.

O hunter da Brodr diz que, com o surgimento das plataformas digitais, a música deixou de ser um produto a ser vendido para se tornar um serviço a ser fidelizado. Com o crescimento dos serviços de streaming, bem como do seu engajamento e monetização, o cenário atual vem surpreendendo as melhores previsões do setor. “Grandes majors e outros players têm batido recordes de arrecadação, com previsão de que, até 2030, esse mercado cresça a dois dígitos, vertiginosamente. Vários investidores têm apontado a música como um mercado que ‘se valoriza mais do que o ouro e o petróleo’ a longo prazo”, ressalta.

Guilherme foi o primeiro compositor independente do gênero e estilo musical no Brasil, a negociar um acervo musical com a plataforma: “Quando o pessoal da Brodr analisou meus ganhos e meu acervo, decidiram me dar essa oportunidade. Então, foram meses de reuniões com a minha associação ABRAMUS (Associação Brasileira de Música e Artes) e com a minha editora Sony ATV, alinhando contratos e definindo as diretrizes do negócio. Fiz um projeto arrojado para chamar a atenção dos investidores. E meu nome foi escrito na história da música brasileira como o primeiro compositor do Brasil a negociar ativos musicais. Dia 19 de outubro deste ano, fui convidado para palestrar na Trends Brasil Conference, ao lado de Marcelo Buzelin, do Jota Quest, do DJ LOthief (autor de ‘sunshine’ do Cat Dealers, tem músicas com Alok e outros grandes nomes da música eletrônica, possuindo quase um milhão de ouvintes mensais apenas no Spotify) e do Nelson Tristão, Diretor da Onimusic. Nada mau para aquele jovem sonhador do interior de Goiás, não é mesmo?”, brinca.

Guilherme diz que esse tipo de negócio, ligando o investidor ao artista, “é o grito de independência que todos do segmento esperavam ouvir”. Ele explica que é uma independência saudável, que vai dar a todos condições de fomentar a sua carreira com ou sem gravadoras e selos.

Depois da criação desta plataforma, já existem outros projetos da empresa brodr.com em vista. De acordo com Guilherme, em 2021, será aberto o mercado secundário, ou seja, aquele investidor que comprou uma cota a um valor ‘X’ poderá vender e comprar, de acordo com as regras normais de mercado, assim como funciona no mercado de ações. “Existem outros grandes projetos vindo aí. Em breve vamos divulgar”, antecipa Guilherme.

O representante da Brodr no Brasil deixa uma mensagem ao público sobre a importância desse e-commerce e sua usabilidade: “Conheça, leia sobre ativos musicais e se informe! Eu nunca me interessei por mercado financeiro, por considerar de difícil entendimento, e investir onde não entendo nunca foi um bom negócio aos meus olhos. Mas, modéstia à parte, do mundo da música eu conheço bem. E quando ouvi pela primeira vez essa ideia totalmente inovadora, pensei: ‘meu Deus, que sacada!’. Realmente, fiquei muito empolgado, mas pensando que era muito bom para ser verdade, que estava fácil demais. Mas, ao longo do tempo, vi que não era fácil, mas sim, perfeitamente possível. Houve muito desafio em nossa legislação (a plataforma é regida nos termos da Lei 9.610/98 – Direitos Autorais – e pela Coryright Law – EUA), como também em mostrar solidez e lastro para as entidades brasileiras, por vezes muito conservadoras, e com razão. Porém, ao ver a reação de pessoas com mais de 30 anos de carreira no cenário comemorando a chegada dessa prática no Brasil (o que já é uma realidade lá fora) minhas expectativas aumentaram. Hoje, vejo a Brodr como uma injeção otimizada de investimentos em nosso setor. Agora, além de ser objeto de investimentos, posso também investir em um mercado mais tranquilo, que não se desestabiliza por declarações de autoridades ou por situações políticas. Pode ser considerado um investimento conservador, porém, com uma rentabilidade muito maior do que as opções de renda fixa existentes. Isso, aos ouvidos dos investidores, ‘soa como música’.

Para mais informações, acesse: www.brodr.com. Envie um e-mail para: guilhermefranco81@gmail.com ou envie uma mensagem para o WhatsApp: (62) 9.9807-0491 (Guilherme).

Brodr: https://brodr.com/assets/?assetline=3%2CGS%2CGF%2CCAT
Instagram: https://www.instagram.com/guilhermefrancooficial

Por Ana Paula Costa
Jornalista – Assessoria de Imprensa Cantor Guilherme Franco
anacostacomunicacao@gmail.com

 

 

Lançamento: CRISTIANISMO PÓS-PANDEMIA – Impacto e oportunidades

Arquivo Pessoal

Obra organizada por Neriel Lopez, especialista em comunicação, analisa o impacto da pandemia na igreja, o que de útil pode ser aprendido com esta situação e apresenta ferramentas práticas para o cumprimento do propósito da Igreja nesta era digital.

 

CRISTIANISMO PÓS-PANDEMIA
Impacto e oportunidades

O planeta Terra parou por conta de uma epidemia de nível mundial em 2020. Tudo parou, desde a correria das grandes avenidas das megalópoles até as reuniões presenciais das menores igrejas.

Cristianismo pós-pandemia, lançado pela Editora Vida, é uma reflexão sobre diversos temas que auxiliarão a liderança e os cristãos em geral a repensarem e se adaptarem à nova realidade do cristianismo pós-pandemia de Covid-19. Em cada capítulo, o leitor terá um artigo independente sobre um tema específico, com uma abordagem prática para aplicação no seu dia a dia.

Selecionados e organizados por Neriel Lopez, publicitário especialista em comunicação para igrejas, os articulistas e temas apresentam capítulos sobre confinamento, comunicação, técnicas para transmissão ao vivo, novos rumos da pregação, cuidado com a imagem, virtualização do sagrado e até mesmo uma visão sobre o Apocalipse.

Sobre a obra
Esta obra não tem a pretensão de ser conclusiva, mas busca oferecer elementos para que o público encontre, com sua equipe, as melhores soluções para viver o cristianismo de forma real e evangelística neste novo tempo da humanidade.

Composta de estilos textuais variados, Cristianismo pós-pandemia, leva a questionamentos da realidade de forma leve e poética. Todas as ferramentas aqui reunidas fazem desta obra um recurso indispensável para estudo e consulta diários, composta com leveza, reflexão e insights sobre o futuro e sobre um bom uso da tecnologia para a propagação do Reino.

Uma nova Igreja está surgindo. Mais forte. Mais abrangente. Com maior alcance. A Igreja digital!

Acesse e confira esta obra: https://editoravida.net.br/novo/produto/cristianismo-pos-pandemia

LANÇAMENTO PELO YOUTUBE DA EDITORA VIDA COM TODOS OS AUTORES: www.youtube.com/editoravidaoficial
Data: 12 de junho às 17h

Especificações
Organizador: Neriel Lopez
Capa: Brochura
Páginas: 176
Preto e branco
Medida: 14 x 21 cm
ISBN: 978-65-5584-006-3
Preço: R$ 39,00
Disponível também em e-book: R$ 29,90
Site: www.editoravida.com.br

Sumário

Introdução
Neriel Lopez

A igreja digital: a era dos podcasts, lives e perfis em mídias digitais
Fabiano Pereira

Tempo para leitura e a escrita
Sandro Bier

Novos desafios com a virtualização do sagrado
Lourenço Stelio Rega

Confinamento é viver em uma nova velha sociedade
Atilano Muradas

Corona Antivírus: antídoto vital para proteger seus pensamentos e sentimentos
Mario K. Simões

A mobilização de recursos e a nova Igreja
Rafael Bandeira

De portas fechadas, igrejas abertas
Magno Paganelli

A importância da imagem: cuidando do exterior e do interior
Décio Figueiredo

Comunicando o Reino durante e após a quarentena
Elis Amâncio

Os novos rumos na pregação do evangelho
Jairo de Oliveira

Um peregrino na pandemia
Atilano Muradas

É o fim? Uma análise dos acontecimentos atuais e o Apocalipse
Magno Paganelli

Conclusão: Planeje, planeje, planeje!
Neriel Lopez 

Por Ana Paula Costa
Jornalista e Assessora de Imprensa Neriel Lopez
anacostacomunicacao@gmail.com

Cantora Alice Melody fala sobre novo single na Rede Aleluia em Volta Redonda.

      A cantora Alice Melody estará neste sábado (16) no programa ConeXão Jovem da Rádio 101.5 FM Rede Aleluia em Volta Redonda, às 9hs. A cantora vai dá uma entrevista exclusiva ao Pr João Neto e contar tudo sobre seu mais novo single Além da superfície e Amor Real), trata-se de uma versão ,atendendo os pedidos de seus fãs no YouTube.
Alice fala também um pouco mais sobre sua “Tour Big Dream”e vai responder as perguntas da galera que estará no estúdio da emissora e também as que chegarem por whatsapp.
Por: Gledson Vidal.

Lugar Secreto

Depois de dar um boxe na tristeza , dor e dúvidas , o cantor Bruno Lee entra no Lugar Secreto,
Bruno Lee assinou a pouco contrato com a gravadora Central Gospel Music e já nos dá uma prévia dessa parceria de sucesso promissor, a música Lugar Secreto é título do novo álbum produzido por Wagner Carvalho no Rio de Janeiro, a canção retrata um momento de intimidade com Deus composta por Bruno em momento especial de sua vida;
Bruno Lee que já está no terceiro álbum da carreira vive uma intensa maratona de trabalho , casado e pai de duas meninas está sempre acompanhando da família nos cumprimento de agendas e nos momentos de buscar forças espiritual em sua congregação ,Igreja Evangelica Projeto Vida ;
Em Outubro esteve divulgando o novo projeto em Angola África do Sul, além de rádios , TVs e outras mídias em diversos estados brasileiros;
Bruno Lee presenteia seus fãs e amigos no dia 1° de Dezembro com o lançamento do novo álbum nas plataformas digitais , no YouTube o clip da música Lugar Secreto e o DVD Vou dar um Box produzidos pela Central Gospel Music , as fotos e filmagens foram feitas pela Line Filmes, tudo preparado com muito carinho para prestigiar o público que acompanha a trajetória do jovem cantor.
Acompanhe as notícias, agendas e toda novidade da carreira de Bruno Lee em suas redes sociais

http://brunoleeoficial.com.br

Email:brunolee@brunolee.com.br

contato@brunolee.com.br

 

Por:Gledson Vidal

  1. Assessor de Marketing

 

 

Alice Melody “Meus 15 anos”

Meus 15 anos!
Não é um filme, mas parecia um conto de fadas no país das maravilhas, o aniversário de 15 anos da cantora Alice Melody teve comemoração pra lá de especial, no domingo dia 29 de Outubro Alice realizou mais um Grande Sonho; reunir os amigos e familiares para festejar essa data querida;
Cada detalhe sonhado e planejado pela aniversariante, o ponto alto da festa foi o momento da valsa com o príncipe , enquanto os convidados aguardavam ansiosos a entrada do misterioso príncipe de Alice Melody, a menina fazia uma belíssima declaração de amor por aquele com quem ela dançaria a primeira valsa, e para surpresa de todos Alice anuncia o Rei Jesus com quem dançou a música only hop causando muita emoção aos convidados, em seguida dançou com o avô sr Antonio e com seu pai Gledson Vidal, Alice foi homenageada por amigos que não puderam comparecer através de vídeos no telão, além de clipes dos melhores momentos da sua vida, o restante da festa foi de muita alegria ao lado dos amigos na pista de dança.
Alice resume esse momento de sua vida com uma passagem bíblica;
“Até aqui me ajudou o Senhor”.

 

Fonte : assessoria da cantora

Fotos: João Paulo Fontes Siqueira

 

Alice Melody prepara novidades para os dez anos de ministério.

Neste  sábado (16/09), Alice Melody estará na Rádio Líder, participando do programa Garagem Líder.

A cantora irá falar sobre seu ministério, sua trajetória marcante na música gospel, além de cantar sucessos do  CD Um Grande Sonho. O programa é comandado pelo comunicador Ricardo Feres. você não pode perder! Sintonize seu rádio na 105,5FM ou ouça online pelo site  http://www.radiolider90.com O programa começa às 14h e tem participação dos ouvintes por telefone 24 3025-2905 ou whatsapp:24 998796538. Acompanhe Alice Melody nas redes sociais.

Por:Gledson Vidal

Alice Melody na Rede TV

Com seu carisma e simplicidade Alice Melody vem se destacando a ganhando espaço na mídia; desde o lançamento do álbum “Um grande Sonho” às notícias desse pequeno grande talento não param, recentemente Alice viajou à capital paulista para gravação do programa Berenice e Você que é exibido na tardes de domingo da Rede TV, a participação da cantora vai ao ar no dia 25/06 às 15 para todo Brasil.
“Uma experiência excepcional” , costumo dizer que o céu é o limite para quem crer no Deus dos impossíveis! Declarou a jovem cantora,
Na ocasião com tema “Não à violência infantil” Alice Melody dá seu parecer a respeito do assunto, e passa uma belíssima mensagem ao telespectador através das canções do novo CD.
Confira as novidades da carreira de Alice e agenda da cantora através das redes sociais…

Por: Gledson Vidal

DJ Henrique Vieira fala sobre o novo single em parceria com Marcos Nunes – Mais que vencedor

Quando pesquisamos por missionário, encontramos por definição que “é toda pessoa que está empenhada com o anúncio do evangelho”. Em nossa mente com certeza vem a ideia dos profetas e apóstolos que saem de cidade em cidade, pelas praças, proclamando a palavra. Sim, é uma idéia correta, mas ser missionário também inclui a evangelização pela música.

Com as mudanças temporais vimos que os cânticos “antigos” já não evangelizavam os jovens. Por isso novas estratégias de evangelismos começaram a surgir para alcançar ainda mais almas.

Um exemplo dessa ‘nova geração’ de missionários é o DJ Henrique Vieira, que usa a música eletrônica como principal ferramenta de evangelismo. Em seus mais de 8 anos de carreira Henrique recebeu convite para os maiores eventos de Goiás e do Brasil, como Terra Santa Festival, Nação Beats Festival, Holy Fest, Radicais Brasil, Tribal Generation, entre outros, dividindo palco com os mais consagrados nomes da música cristã Nacional e Internacional. Switchfoot, Pregador Luo, Thalles Roberto, Heloísa Rosa, Henrique Cerqueira, Aline Barros, André Valadão, Oficina G3, Ao Cubo, Fernandinho, Banda Khrous são alguns.

Suas produções próprias, que desde o início de sua carreira se destacam, mostram a faceta autoral do músico, que a cada ano segue lançando novos trabalhos.

Recentemente o DJ lançou seu mais novo single, intitulado ‘Mais Que Vencedor’ em parceria com o cantor Marcos Nunes (Som Livre), e aqui com certeza tem destaque.

E agora você confere uma entrevista exclusiva com o DJ Henrique Vieira:

Henrique, como surgiu à moção de ser um DJ Cristão? Conta pra gente um pouco dessa história.

Bom, eu sou músico desde pequeno… tocava no louvor da igreja, e em algumas bandas. Quando eu tinha 18 anos conheci a música eletrônica através de alguns amigos, e me envolvi desde então. A idéia de transformar isso em um ministério veio pouco tempo depois em uma reunião de oração, quando Deus falou muito forte ao meu coração a respeito disso: levar o evangelho pelo mundo através da música.

E essa trajetória, como foi? Fale-nos quais os maiores desafios que enfrentou e ainda enfrenta.

Nunca é fácil, né? A palavra fala que quem quer seguir a Jesus deve negar a si mesmo, tomar a cruz e ir… Enfrentamos dificuldades com aceitação no início… as pessoas não entendiam o propósito, e em muitos momentos se negavam a aceitar que um DJ tocasse em suas igrejas. Graças a Deus esse tabu tem caído, as pessoas têm percebido que o objetivo é ganhar almas. Ainda temos um caminho longo pra trilhar, mas Deus tem nos abençoado e honrado a cada dia.

Sobre o novo trabalho, como surgiu a idéia? Como foi o processo de criação?

A idéia do single ‘Mais que Vencedor’ veio lendo a passagem de Gálatas 2 (e não mais vivo eu, mas Cristo vive em mim). Eu senti um desejo enorme de repassar essa verdade em uma música. Como o Marcos Nunes e eu já queríamos fazer um projeto juntos, eu optei pelo ritmo mais sertanejo e envolvente. Primeiro eu fiz a idéia da melodia e enviei pra nossa compositora Laís Lima, que também compôs o single Livre Sou que faz parte do meu CD. Todo esse processo, entre a idéia inicial e o lançamento da música levou menos de um mês.

Ao longo da sua carreira o que mais te marcou?

Foram várias experiências, entre confirmações do Senhor, livramentos, e tudo mais. Mas em 2011, eu recebi uma mensagem no meu perfil em uma rede social de um rapaz que disse que se converteu ouvindo a minha ministração no Terra Santa Festival daquele ano, e contou seu testemunho. Me tocou muito, porque era um momento que eu estava bastante desanimado e pensando em desistir. Isso foi um presente de Deus pra mostrar que valia a pena continuar pra alcançar mais pessoas.

Fale um pouco sobre as renúncias e os frutos do seu trabalho.

Nós abrimos mão de muita coisa. Desde momentos de descanso, e lazer com a família, comunhão com os amigos, cultos de jovens das nossas igrejas locais e tal. Em compensação temos o prazer de conhecer inúmeras cidades, e fazer muitas amizades preciosas pelo país inteiro. Saber que as músicas que foram criadas em horas de dedicação estão chegando a lugares que nós nem podemos imaginar, e tocando vidas que talvez nós nunca vamos sequer conhecer, mas que estão tendo encontros com Deus e sendo restaurada, essa eu acho que seria a maior recompensa de ser um músico Cristão.

Deixe uma mensagem para nossos internautas.

Bom galera, que Deus abençoe a vida de vocês. Que, assim como está escrito em Romanos 8:37, que vocês possam ser Mais que Vencedores em tudo, por meio daquele que nos amou, e nos ama!

No momento é isso galera e claro não deixe de conferir seu novo trabalho;

https://www.youtube.com/watch?v=gdjBNgT7X2s

Redes Sociais:
Músicas: soundcloud.com/djhenriquevieira
Facebook: facebook.com/djhenriquevieira
Instagram: www.instagram.com/djhenriquevieira
Twitter: twitter.com/djhenriquev

Por: Assessoria de Imprensa DJ Henrique Vieira / JovemX.com
Foto: Divulgação

Primeiro CD da dupla Rayssa e Ravel já está no estoque da Graça Music e single foi lançado na Deezer com exclusividade

O CD Feliz demais, o primeiro da dupla Rayssa e Ravel pela Graça Music, chegou da fábrica nesta sexta-feira, dia 31/3. No mesmo dia, o single De bem com a vida, que é o carro-chefe do projeto, foi lançado no canal de streaming Deezer com exclusividade. Essa é a primeira vez que um lançamento da gravadora é disponibilizado, simultaneamente, nos formatos físico e digital.

O álbum foi produzido em duas etapas: na primeira, Marcelo Rodriguez, produtor musical de Goiânia, inovou ao dar um toque sertanejo universitário a três faixas do projeto; na segunda, Melk Carvalhedo deu a forma pentecostal ao disco, além de uma pitada congregacional.

Feliz demais resgata a essência do sertanejo, estilo que projetou a dupla Rayssa e Ravel no mercado gospel há quase 30 anos. No total, são 12 faixas, incluindo a romântica 15 de maio. “Trata-se de um CD bem eclético, que promete agradar a diversos públicos, mas o que predomina é o sertanejo. Nele, o público poderá ver Rayssa e Ravel como eram antes, porém com algumas novidades. O Marcelo, por exemplo, trouxe algo bem próximo ao que estamos vendo no sertanejo dos dias atuais. Além disso, voltamos a trabalhar com o Melk, depois de tantos anos, e também gravamos uma música romântica, estilo que não entrava nos repertórios dos nossos CDs ministeriais há bastante tempo”, explica Rayssa.

A sessão de fotos para o projeto gráfico do disco foi realizada no Centro Europeu de Curitiba, e o projeto gráfico ficou por conta da empresa Observ Design. Quanto ao título do álbum, bem sugestivo, a dupla explica: “Estamos felizes demais porque cantamos o que gostamos, como gostamos e com quem gostaríamos de produzir. Além disso, estamos em uma gravadora que prima pelo Evangelho e cremos que este CD alcançará muitas vidas. Como vivemos pela fé, já somos gratos a Deus porque Ele fará coisas que olhos não viram, ouvidos não ouviram e que jamais penetraram no coração humano”.

Clique aqui para ouvir o single De bem com a vida na Deezer:  www.deezer.com/album/15803404

“Deus faz além”, novo CD da Bruna Olly pela Graça Music

Na Graça Music desde 2006, Bruna Olly já lançou quatro projetos: Te adorar, Mais perto de Deus, Feliz pra sempre e Minhas canções. Em todos apresentou impecável interpretação e qualidade musical, mas, agora, em Deus faz além, conseguiu retratar como nunca seu amadurecimento e experiência musical.
Com formação em música e líder do ministério de louvor de sua igreja, a Assembleia de Deus Ministério Vida Abundante, em Cariacica (ES), a cantora tem se dedicado mais ao estilo congregacional, sem perder, claro, a característica pop que sempre esteve presente em seus trabalhos.
No repertório, quatro versões e 10 faixas inéditas. A produção musical foi dividida entre Dedy Coutinho, que assina 10 faixas, e Hananiel Eduardo, que ficou responsável por dar forma às outras quatro músicas.  As canções retratam temas comuns ao cotidiano das igrejas, como: o senhorio do Senhor Jesus, sacrifício, louvor, adoração, vida com Deus, devoção e transformação.
“A concepção do disco é baseada no pop, sem se tornar refém de algum tipo de instrumentação característica do estilo, e baseada, quase que totalmente, na música congregacional”, destaca Dedy Coutinho.
Com o objetivo de retratar o clima congregacional das igrejas, a produção inclui alguns registros ao vivo, realizados no Espírito Santo, com membros da Igreja da Graça e da AD Vida Abundante. Um dos objetivos do disco é ser parte da “voz das igrejas” e, por isso, alguns critérios especiais foram adotados.
“Entendemos que, para cumprir essa tarefa, instrumentos como piano, teclados, baixo, moog bass, cello, guitarras, violões e vocais precisavam ser adicionados de forma cautelosa, para que não exigissem de algum possível executante um nível técnico muito alto para ministrar as canções”, explica Dedy.
O projeto gráfico ficou por conta da Agência Petra, de São Paulo. Já os registros fotográficos foram feitos pelo fotógrafo Alex Mendes, que já assinou o projeto gráfico de outros dois discos da artista: “Mais perto de Deus” e “Minhas canções”.
O clima da sessão de fotos foi preparado para que Bruna pudesse relembrar toda a unção e a emoção que marcaram a gravação de voz do CD. “Como fotografamos no mesmo local em que coloquei voz, utilizamos o próprio CD como fundo musical e pude entrar no clima do projeto. Fiquei muito à vontade, bem natural, sem precisar encenar”, conta Bruna.
Deus faz além conta com a participação especial do cantor Anderson Freire, na faixa Sinceramente, e tem uma característica peculiar: ter sido o primeiro CD gravado no estúdio de áudio da gravadora, o Graça Estúdio. O local conta com uma megaestrutura, no Rio de Janeiro, com suporte técnico para projetos de alto nível musical.

Alessandra Lemos